Sabaticando em Buenos Aires

25 maio

Acabo de voltar de uma temporada de dois meses em Buenos Aires (mais 6 semanas de férias no Brasil). Meu marido, que é professor de inglês, foi fazer uma especialização em ELT (English Language Training) e eu fui acompanhá-lo!

Eu nunca tinha ído à Buenos Aires antes e achei a cidade bem parecida com São Paulo, com torres de prédios altos, trânsito e pessoas por todos os lados, porém muito mais verde que a capital paulista. Porque em BA há parques e praças a cada dois ou três quarteirões.

Agora que voltamos e eu estou revendo as fotos da viagem para fazer esse post, deu uma vontade de ter ficado mais tempo por lá. Espero que um dia eu tenha a oportunidade de voltar para conhecer mais desse país incrível!

Vou contar como foi minha experiência durante esses dois meses e os lugares que mais gostei na capital argentina!

Chegamos em BA na ante-véspera de ano novo e ficamos hospedados as três primeiras noites no hotel Argenta Suites Belgrano

Hotel em Belgrano

O hotel é bem charmoso e o quarto que ficamos (exatamente o da foto acima) era moderno, decorado com bom gosto e muito limpo. O café da manhã simples mas adequado. O ponto alto com certeza era linda piscina!

Piscina hotel em Belgrano

Depois das três primeiras noites nos “mudamos” para um apartamento, também em Belgrano, que alugamos pelo Airbnb. O bairro de Belgrano fica no norte de Buenos Aires, a aproximadamente 13 quilômetros do centro da cidade, no entanto há 3 estações de metrô no bairro (Congresso de Tucumán, Juramento e José Hernández).

Escolhemos Belgrano por ser perto da escola onde meu marido estava estudando e ser uma região agitada, com muitos bares, restaurantes, cinemas e alguns museus.

O que há de legal para conhecer em BA : 

  • Plaza de Mayo 

Praça onde fica localizada a Casa Rosada. O nome dessa praça celebra a revolução de Maio de 1810 que deu início ao processo de independência do país contra a colônia espanhola.

Além da sede do governo federal, vários dos principais monumentos da cidade, como a Catedral  Metropolitana de Buenos Aires e a sede do Banco de la Nación Argetina, encontram-se ao redor da praça.

Às quintas-feiras, à partir das 15:30, é possível observar as mães da Plaza de Mayo circulando pelo local. Elas se reúnem na praça todas as semanas desde de 30 de abril de 1977 .

Elas estão ali em protesto pelos seus filhos mortos ou desaparecidos durante a ditadura militar argentina que durou de 1976 até 1983. Muitas das mulheres que se reúnem ali nunca puderam enterrar os seus filhos. Hoje, já idosas, elas lutam não apenas pela condenação dos torturadores e assassinos de seus filhos, mas também pelos direitos humanos no mundo de forma geral.

IMG_1146.JPG

Esse é o edifício mais famoso de toda a Argentina. Com uma fachada cor de rosa bem peculiar, a sede do governo federal argentino fica localizada no lado norte  da Plaza de Mayo.

Devido à sua importância para o país, a Casa Rosada foi e continua sendo palco de incontáveis protestos populares e manifestações políticas e de discursos famosos, incluíndo o último discurso público de Eva Perón em 1952.

Nos finais de semana e feriados (das 10h às 18h), o palácio abre suas portas ao público para visitas guiadas gratuitas. O edifício também abriga um museu, o Museu da Casa do Governo, que reúne material histórico de todos presidentes do país.

IMG_1157.JPG

Esta imensa feira de antiguidades e artesanato, que hoje toma toda a Plaza Dorrego e desce mais de 1 quilômetro pela Calle Defensa até a Plaza de Mayo, foi  inaugurada em 1970 com apenas 30 vendedores. Os dados atuais contam com 270 expositores e mais de 10 mil visitantes todos os domingos.

A feira é bem bacana tanto para quem está procurando por souvenirs e lembrancinhas para alguém especial quanto para colecionadores em busca de uma peça rara. É possível encontrar desde artigos em prata e bronze (bandejas e talheres, por exemplo ) objetos de porcelana, e cristal (taças, jarras, copos) até quadros, livros, discos de vinyl, mobília e artigos de decoração, além de diversos tipos de artesanato como bolsas e cintos de couro, bijuterias, acessórios para cabelo e camisetas de personalidades latino americanas como Che Guevara e Frida Kahlo.

IMG_1643

Buenos Aires possui uma cena muito forte de street art e grafite. O Graffitimundo é um grupo formado por artistas, jornalistas e outros profissionais para divulgar essas formas de arte na capital portenha.

O grupo organiza 3 tours guiados por diferentes áreas da cidade  Eu escolhi o North City Tour que é o mais popular entre os turistas e visita os murais do bairros Colegiales, Chacarita, Villa Crespo and Palermo.

O tour é conduzido em inglês e é feito parte a pé e parte em um microônibus e custa US$ 30 por pessoa. 

O passeio oferece uma introdução visual ao mundo vibrante da arte urbana em Buenos Aires e explica a ligação direta do movimento artítisco com a história política e cultural do país.

Durante o tour observamos o trabalho de diversos artistas locais e também internacionais, nos mais variados estilos de grafite. O tour termina no Hollywood in Cambodia, uma galeria de arte que abriga um pub no andar inferior.  Excelente programa para fazer com os amigos ou mesmo sozinho!

IMG_1472.JPG

IMG_1448.JPG

Conhecido por ser um dos cemitérios mais visitados do mundo, o cemitério Recoleta impressiona pela beleza arquitetônica que reúne mais de 6.400 lápides, algumas luxuosas e outras em ruínas, que servem como última morada de algumas das famílias mais importantes da Argentina.

A ex-primeira dama Eva Peron e o escritor e jornalista José Hernández são algumas das personalidades que estão enterradas no local. Atualmente, no entanto, devido ao limitado espaço disponível e ao elevado valor do terreno, poucos enterros acontecem ali.

A região no entorno do cemitério também é bastante interessante e concentra diversos restaurantes, cafés, bares e hotéis elegantes. Os preços, no entanto, não são muito atrativos já que se trata de uma das regiões mais nobres da capital argentina.

IMG_1290

IMG_1266

IMG_1233.JPG

  • Caminito

Localizado em La Boca, bairro do internacionalmente famoso time de futebol Boca Juniors, o Caminito é uma das atraões turísticas mais populares da Argentina.

Trata-se de um “museu a céu aberto” de casinhas feitas de chapas de metal super coloridas. Li em algum lugar que as tintas que dão cor às casa eram restos que sobravam das pinturas dos barcos no porto que fica bem perto dalí.

Artistas plásticos expõem suas pinturas e outras obras de arte no meio da rua enquanto “dançarinos” de tango (será que eles sabem mesmo dançar?), posam para fotos e cobram caro pela lembrança. Até Maradona tenta ganhar um graninha no Caminito!

IMG_1582.JPG

IMG_1570.JPG

O que há de bom para comer e beber em BA:

Quem gosta de carne, passa muito bem em Buenos Aires. Os portelhos dominam a arte do churrasco, temos que admitir! Mas nem só de parrillas (churrascarias) vivem os argentinos. Veja só!

  • El Pobre Luis

Considerada uma das melhores parrillas de Buenos Aires, o El Pobre Luis não arrisca muito no cardápio, mantendo apenas as entradas costumeiras (empanadas, chorizo e provoleta) e os cortes de carne tradicionais que satisfazem o apetite dos carnívoros de plantão.

A decoração dessa churrascaria, que na verdade é uruguaia, também chama a atenção dos clientes com suas camisas de times futebol de várias partes do mundo.

creino_elpobreluis

Imagine um bar/restaurante super hipster que além de bar é também estúdio de uma rádio online. Esse é o Al Aire Radio Bar que fica localizado em Belgrano.As hamburguesas (hambugueres) de cerdo (porco), pollo (frango) e ternera (vitela) são os mais pedidos do cardápio. Vale a pena experimentar!

Churrasco com algo mais! Durante os dois meses que passamos em Buenos Aires comemos muita carne, vocês não fazem ideia. Bife de chorizo, ojo de bife, bife ancho, bife uruguayo, bife que não acabava mais! Mas, de todos, o Lomo especial com creme de espinafre do restaurante Solomia, localizado no barrio Núñes, foi o campeão para mim: macio, saboroso, suculento e passado no ponto perfeito! Super recomendo essa parrilla.

Restaurante de comidinhas mexicanas bem simpático! As quesadillas de carne e pollo eram realmente deliciosas. (Eu devia ter ido lá mais vezes!) A margarita frozen  apesar de bonita, deixou a desejar.

Quesadillas no Mole Tacos

Margarita Frozen Mole Tacos.jpg

Uma das maiores redes de sorveterias da capital argentina, a primeira loja da Freddo foi aberta em 1969, no requintado bairro da Recoleta, em Buenos Aires. A textura cremosa e a excelente qualidade dos helados (sovertes) artesanais conquistaram o coração dos portenhos e também o meu. Meus sabores preferidos foram o de maracujá e o de framboesa! 

Hoje a rede tem lojas também em outros países da América do Sul como Paraguai, Bolívia, Chile e também Brasil e UK. E há planos para abertura de uma loja nos EUA.

Freddo

Onde fazer comprinhas em BA: 

Com o Peso visivelmente desvalorizado em relação às moedas fortes, como o Dólar e Euro (em Janeiro 2016, 1 Euro comprava 14 pesos, em março, 1 Euro comprava 17 pesos), fazer compras em Buenos Aires parece bastante atraente.

Infelizmente eu não pude comprar muita coisa pois a minha mala já foi cheia para lá.

  • Calle Florida

Apesar de não oferecer os melhores preços, a Calle Florida é a rua favorita dos turistas para fazer compras. Fica no centro de Buenos Aires (a quatro quarteirões do Obelisco) e há de tudo: roupas, sapatos, artigos esportivos, produtos em couro, cosméticos, etc.

Curiosidade: em 1912, a única unidade fora da Inglatera da  luxuosa loja de departamento Harrods, foi aberta na Calle Florida número 877. Para tristezas dos consumistas como eu, ela está fechada há anos, e só abre, às vezes, para eventos públicos.

A maioria das demais  lojas funcionam de segunda à domingo, das 10 às 20 horas. De qualquer forma é um local legal para passear sem pressa, a qualquer hora do dia.

Trata-se de um shopping center instalado em um magnífico edíficio construído em 1894.

Localizado na esquina da Calle Florida com a Córdoba, o prédio foi declarado marco histórico nacional da Argentina por sua arquitetura de inegável valor artístico e suas pinturas murais impressionantes. Mesmo que você não esteja a fim de fazer compras, vale a visita para admirar a beleza do lugar.

O shopping tem uma área de 11.000 m2 e mais de 150 lojas de grifes famosas, como Chacarel, Lacoste, Nike, L’Occitane e MAC Cosmetics, entre outras, além de uma praça de alimentação com mais de 18 opções de restaurantes.

Galerias Pacifico

  • Calle Murillo

Endereço para comprar artigos de couro (couro verdadeiro!). A Calle Murilo fica em Villa Crespo e reúne mais de 20 lojas que vendem roupas, calçados, acessórios (cintos, carteiras, bolsas,etc.) e até móveis em couro com preço de fábrica (preços bem mais em conta do que na Calle Florida) 

Comprei uma calça feita “sob medida” na loja QIU Urbano, mas a experiência não foi muito boa. A pessoa que tirou minhas medidas fez uma bagunça e a calça ficou muito larga e curta para mim.

Tive que voltar na loja quatro vezes para que eles ajustassem a calça como eu queria, mas no final acabei levando a calça “pula brejo” mesmo, pois não quis emendas no couro. :(

Dica: Se você quiser comprar uma calça sob medida, leve a sua calça jeans sem strech favorita que eles fazem uma igual e você não corre dela ficar curta. 

 

Espero que você tenham gostado desse post! Me digam nos comentários quais os lugares preferidos de vocês em Buenos Aires!

Abraços e até o próximo post!

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: