Empregos para estudantes em Dublin

26 set

Recebo muitos emails de pessoas com expectativas completamente irreais e com conhecimento quase nulo do mercado de trabalho na Irlanda.

Além disso, o post mais lido e mais comentado do blog Sabaticando em Dublin trata exatamente desse assunto. Como o texto é de maio de 2013, acredito que está mais do que na hora de publicar um post atualizado sobre o assunto.

Se você está vindo para a Irlanda com um visto de estudante e um inglês não lá muito bom, as suas chances de conseguir um emprego em áreas como medicina, engenharia, marketing e publicidade, direito, jornalismo, entre outras, são bem exíguas.

Primeiro, porque esse tipo de profissões exigem que você se comunique perfeitamente bem e, segundo, porque quase todas as vagas nessas áreas exigem que o candidato trabalhe full-time (em tempo integral), o que o visto de estudante não permite por mais de dois meses.

No entanto, se você estiver aberto e disposto a aceitar outros tipos de trabalho, há sim bastante vagas disponíveis.

Veja quais as vagas de trabalho mais comuns para o estudante estrangeiro na Irlanda:

  • Au pair – o trabalho da au pair nada mais é do que de tomar conta de crianças. As tarefas mudam de acordo com a idade dos bambinos. Crianças pequenas exigem mais cuidados e atenção, como trocar a fralda, dar mamadeira, entreter a criança com brincadeiras e atividades e colocar para dormir nas horas certas. Se as crianças forem mais velhas, a partir dos 5 ou 6 anos de idade, a au pair talvez tenha que levar e buscá-las na escola, ajudar a fazer a lição de casa ou levar para um passeio no parque. É uma função que exige muita responsabilidade e gosto por crianças.

Alguns pais esperam que a au pair ajude na educação de seus filhos, sempre de acordo com os princípios da família, e até pedem que a au pair ensine algumas palavras sua língua para as crianças. Outras famílias pedem que as au pairs também façam pequenos serviços domésticos, como lavar a louça, aspirar a casa e pirar o pó, por exemplo.

Daniel e eu, meu primeiro emprego em Dublin como Au Pair

Daniel e eu, meu primeiro emprego em Dublin como Au Pair

Aqui na Irlanda, existem duas modalidades de au pair: Live in, quando a au pair mora na casa da família e, por não ter despesas com aluguel, comida e contas de luz e internet, por exemplo, recebe um salário simbólico (€ 100 por semana) e Live out, quando a au pair não mora com a família e por isso recebe um salário um pouco maior.  

A maior vantagem de ser au pair é que as crianças acabam ensinando inglês para suas babás. No entanto, como na Irlanda não há um programa oficial de au pair, não existe qualquer tipo de regulamentação para essa atividade.  Em outras palavras, não existe um piso salarial para essa profissão e as leis trabalhista do país não se aplicam nem beneficiam as pessoas que trabalham como au pair.

Sabendo disso algumas famílias tentam tirar proveito de suas au pairs. Vira e mexe ouve-se relatos de garotas que são obrigadas a trabalhar de finais de semana, sem folga, além de lavar, passar, limpar e cozinhar para famílias por um salário muito baixo. Fique alerta com armadilhas desse tipo!

O salário nessa função varia entre € 100 por semana (live in) e  € 250 por semana (live out).

  • Kitchen porter – o kitchen porter normalmente trabalha em pubs, casas nortunas, restaurantes e hotéis. O trabalho do kitchen porter, como o nome diz, é na cozinha e consiste basicamente em lavar louça, muita louça e limpar a cozinha no final do expediente. Mas não pense que é louça igual a louça da sua casa, não! São panelas grandes, frigideiras e grelhas, travessas pessadas e muitos pratos, copos, taças e talheres. Normalmente essas cozinhas possuem máquinas de lavar louça para os pratos, copos e talheres, mas mesmo assim é um trabalho pesado e bastante cansativo, por isso muitos hotéis e restaurantes preferem homens para essa função.

kitchen porter photo

O kitchen porter também pode acumular as tarefas de ajudar o chefe de cozinha a lavar e picar alimentos, limpar a cozinha depois do turno, entre outras coisas.

Essa função não requer muito conhecimento em inglês, você só precisa entender as ordens que lhe serão passadas.

O salário pago normalmente é o salário mínimo de € 8,65 por hora.

  • Chef assistant/ Commis Chef – esse é o ajudante do chefe de cozinha. Ele é o responsável por ajudar o head chef (o chefe de cozinha) a preparar os pratos em restaurantes, pubs e hotéis. O chefe assistente se ocupa de lavar, descascar e picar alimentos, bem como da produção de pratos mais simples como sopas, sanduíches, omeletes, crepes e saladas. Em restaurantes menores essa função pode ser acumulada pelo kitchen porter.

O salário nessa função varia de €9.50 a €12.00 por hora, dependendo da experiência do candidado (fonte: jobs.ie)

  • Bartender/Barman/Bar staff – Preparar coquetéis, servir bebidas, tirar um chopp perfeito, conhecer pessoas diferentes todos os dias, o trabalho de bartender pode ser agradável e excitante… Por outro lado, estar a serviço enquanto todo mundo se diverte e lidar com clientes embriagados, às vezes pode ser estressante.

Se se tornar um bartender parece interessante para você, saiba que há bastante vagas na Irlanda para quem manja da arte da mixologia. Se você nunca pegou em uma coqueteleira, no entanto, vale a pena pesquisar receitas de drinks, fazer os amigo de cobaia e praticar em casa antes de começar a procurar emprego nessa área.

Photo by Matteo Staltari -https://www.flickr.com/photos/matteostaltari/

Photo by Matteo Staltari – https://www.flickr.com/photos/matteostaltari/

Conseguir preparar pelo menos os coquetéis mais famosos é essencial! Jägerbomb, Cosmopolitan, Dry Martini, Blood Mary, Manhathan, Long Island, Pina Colada, Mojito, Margarita, Caipirinha, Sex on the Beach, são apenas alguns das centenas de coquetéis que podem estar em um cardápio de um bar em Dublin.

Além disso, um candidato a barman poderá  ser requisitado a receber o dinheiro pelas bebidas e a dar trocos, bem como a manter o controle do estoque para o bar.

A maioria dos bartenders ganham apenas o salário mínimo (€8,65 por hora), mas as gorjetas fazem toda a diferença! Bartenders amigáveis, eficientes, carismáticos e que lembram de cor a bebida preferida do cliente mais frequente têm mais probabilidade de receber boas gratificações.

Bartenders podem trabalhar em uma variedade de estabelecimentos, incluindo restaurantes, bares, clubes, hotéis, cassinos e casas de show.

  • Floor Staff/Bar Floor – também conhecidos como barbacks ou bar assistants, o floor staff é o pessoal que trabalha “no chão”, na pista ou no salão, ajudando o pessoal do bar em baladas e pubs.

As funções do floor staff incluem coleta de copos, taças e garrafa vazios, limpar mesas e o chão e  limpeza total do salão ao final do expediente.

O floor staff também precisa conhecer bem o menu e a carta de vinhos para poder sugerir boas opções ou sanar quaisquer dúvidas que os clientes possam ter. Ser especialmente atencioso e gentil com o cliente também é um pré-requisito.

O salário pago para essa função normalmente é € 8.65 a € 9.50 por hora, mas é possível ganhar boas gorjetas.

  • Waiting Staff – Nada mais é do que o trabalho de garçom e garçonete. Você vai tirar pedidos do cliente, servir comidas e bebidas e receber a conta no final.

As principais habilidades exigidas pelos recrutadores para essa função são: ser capaz de trabalhar como parte de uma equipe, ter bom conhecimento de comida e vinhos, ser capaz de trabalhar em ambiente muito movimentado e atender as necessidades dos clientes com rapidez e eficiência, além da disponibilidade para trabalhar em horários flexíveis, incluíndo noites, madrugada e finais de semana.

Waiter Sam - Photo by Alan Light - https://www.flickr.com/photos/alan-light/

Waiter Sam – Photo by Alan Light – https://www.flickr.com/photos/alan-light/

Restaurantes mais renomados em Dublin exigem pelo menos 2 anos de experiência em recinto semelhante. Cuidado: alguns estabelecimentos pedem referência anterior e se você mentir no currículo pode acabar passando vergonha.

O salário nessa função varia de € 8.65 a € 10.00 por hora dependendo da experiência do candidato, mais gorjetas.

* Esse post ficou muito comprido e acabei tendo que dividí-lo em duas partes. Fique ligado que na semana que vem vou postar a segunda parte sobre as seguintes funções:  shop/sales assistant , cleaner, rickshaw, beauty technician e hairdresser.

Gostou desse post? Deixe seu comentário!

Até a próxima!

9 Respostas to “Empregos para estudantes em Dublin”

  1. Daniela Pozzobon outubro 13, 2015 às 1:40 pm #

    Muito legais tuas considerações. Sou professora de inglês há anos e já vi mtos alunos meus indo pra intercâmbios com expectativas irreais tbm… Vou sugerir esse post por aí🙂 Sucesso!

  2. Ana C dezembro 22, 2015 às 4:45 pm #

    Olá, tudo bem? Estou amando o blog. Vi que não posta a algum tempo. Realmente desanimou? =/ auxilia tanto aos futuros intercâmbistas. Estou indo para Irlanda em Agosto deste ano, ainda não nos decidimos por Dublin ou Cork. Estamos indo em 4 pessoas. Temos muita vontade de ir para Dublin, mas estamos com receio do custo de vida devido ao fato de não sabermos como será a questão do emprego. Com relação as expectativas, sei que depende somente de nós e a força de vontade. Mas o mercado em geral para os empregos que vc citou está favorável?

    • Ana Paula Marques dezembro 22, 2015 às 7:11 pm #

      Oi Ana,
      Obrigada pelo seu comentário.

      Não é que eu tenha desanimado. É que não tenho tido muito tempo para escrever mais. A vida não é mais de intercambista, que apenas estuda e tem bastante tempo livre. Agora eu trabalho 40 horas por semana e o trabalho me consome.
      O mercado de trabalho na Irlanda hoje está bem melhor do que qdo eu cheguei. A Irlanda é o pais europeu que mais cresce hoje.
      Então, na minha opinião, está mais fácil arrumar emprego.
      Bom, espero que isso ajude e prometo tentar escrever mais.

      • Ana C dezembro 22, 2015 às 7:18 pm #

        Nossa Ana, não estou nem acreditando que me respondeu. Estou tentando entrar em contato com vários Brasileiros que expõe suas experiências na internet e não obtive resposta alguma, já estou buscando informações a uns 2 meses. Fico extremamente feliz pelo respeito e carinho em ler meu comentário e se dar ao trabalho de tirar um tempinho para me responder. Fico feliz de saber que as coisas melhoraram. Você está em Dublin ou em Cork? Seu visto atual é de trabalho na Irlanda? ou continua como estudante? acha viável Dublin? levando em consideração a quantidade de brasileiros? Penso que seria válido devido ao fato de nos tornarmos todos uma família, mas em contra partida penso que pode dificultar o acesso ao inglês. Muito obrigada novamente pela resposta.

      • Ana Paula Marques dezembro 22, 2015 às 7:29 pm #

        Oi Ana, estou em Dublin. Hoje sou casada com irlandês e meu visto é de trabalho.
        Realmente tem bastante brasileiro aqui em Dublin mas não é difícil de fazer amizades com pessoas de outras nacionalidades. Tem pessoas do mundo todo aqui em Dublin e isso é super legal.
        Em Cork acredito que seja diferente, menos brasileiros mas também menos pessoas de outras partes do mundo. Cork é menor e mais calmo que Dublin. Então depende mto do que vc está buscando ou de que tipo de vida (mais agitado ou mais calmo) vc gosta.
        Bom, espero que minha opinião te ajude.

        Abraços!

      • Ana Cecília dezembro 23, 2015 às 12:17 pm #

        Com certeza. Vou repensar todas as opções direitinho. Ajudou muito. Muito obrigada novamente pelas respostas. Um grande abraço, quem sabe não nos esbarramos em agosto.. rsrs

  3. Daiana janeiro 22, 2016 às 11:09 am #

    Muito bom esse seu post, confirma todas as informações que vi outras pessoas fala do sobre emprego na Irlanda.

    Gostaria de viver uma experiência como essa, porém o nível do meu inglês é zero.

    Com quanto tempo de aulas você acha que uma pessoa com zero de inglês consegue se comunicar basicamente a ponto de conseguir empregos como Au pair ou cleaner?

    Obrigada e parabéns pelo blog.
    Bjs

  4. Guilherme Ribeiro janeiro 24, 2016 às 4:51 pm #

    Olá, gosto muito de acompanhar suas matérias realmente são bastante esclarecedoras, também pelo fato de você estar na Irlanda, vivendo de verdade a realidade daí… Parabéns.
    Gostaria também de tirar uma dúvida, minha intenção era ir de vez embora do Brasil, sei que é extremamente difícil ou impossível, tenho amigos morando na Europa, mas por descendência, eu já não tenho essa sorte. Não ligo para trabalho, tipo limparia banheiro por um salário mínimo irlandês dançando rs aceito o que vier… Porém o investimento é alto, digamos ser o dinheiro “da minha vida”, fico desanimado em pensar em investir a grana toda para ter que voltar para o Brasil depois. Digamos que eu prolongue meu curso e fique os 2 anos permitidos como estudante e nesse tempo existe a possibilidade de um “Papai Noel” bem feitor dos empregos me oferecer uma vaga full time e existe uma possibilidade 0,001% de o empregador me conceder o visto de trabalho? Ou isso já é um sonho da minha parte? Desde já agradeço. Abraço🙂

  5. Maria Roriz janeiro 29, 2016 às 10:30 am #

    Olá Ana, bom dia! É muito bom ter blogs como o seu que ajuda e assiste as dúvidas e incertezas de pessoas que estão indo para o “desconhecido”, como eu. Obrigada. Eu tenho dupla nacionalidade (Brasil/Portugal), já moro na europa há 15 anos, em Portugal, sou casada com um português que recebeu uma proposta de trabalho na Irlanda, em Dublin. Em Portugal eu trabalho, tenho minha independência profissional e financeira, sou artista plástica e professora de artes. A minha grande dúvida e receio é não conseguir trabalhar na minha pintura.Não conseguiria fazer outra coisa e nem mesmo ficar dependente de marido. Tem alguma opinião ou informação que possa me ajudar? Muito obrigada! Abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: