Escolas de inglês sob investigação de fraude

30 abr

Os requisitos da imigração irlandesa para a emissão do visto de estudante são bem claros:

Para ter direito ao visto de estudante de um ano de duração e poder trabalhar legalmente na Irlanda, o aluno não-europeu precisa, obrigatoriamente, estar matriculado em um curso de pelo menos 25 semanas (6 meses) e 15 horas semanais. O curso  também precisa ser, necessariamente, durante o dia (desde 2011, não-europeus não podem frequentar aulas à noite).

Todas as escolas de inglês na Irlanda sabem essas regras de trás para frente e sabem também que, enquanto estiverem frequentando as aulas, alunos não-europeu só podem trabalhar 20 horas semanais (meio período).

Até porque é uma coisa óbvia: não é saudável para nenhum aluno trabalhar 40 horas por semana (período integral) e ter que frequentar a escola por mais 15 horas. Quantas horas sobram para dormir ou se divertir ou simplesmente descansar sem fazer nada?

 

Alunos da BCT, em Dublin

 

A imigração e o ministério da educação entendem que, se você se propôs a vir para a Irlanda para estudar, a sua prioridade deve ser frequentar as aulas.

O trabalho é permitido como mais uma oportunidade para os alunos estrangeiros aperfeiçoarem suas habilidades no idioma inglês, praticando com cidadãos locais e como uma forma de ajudar a bancar as despesas com os estudos, mas não deve ser a sua atividade principal.

Por isso a imigração irlandesa exige que o aluno, que quiser viver na Irlanda por um ano e ou deseje  extender o visto pelo segundo ano, tenha 80% de presença no curso em que está matriculado.

Os alunos também conhecem essas regras de cor, antes mesmo de chegar aqui. Mas é claro que existem alunos que conseguem emprego para trabalhar 40 horas semanais, mesmo durante o período do curso, especialmente em restaurantes, pubs e hoteis que não registram seus funcionários …

Daí o que acontece é que quando os alunos começam a trabalhar eles simplesmente param de frequentar as aulas.

Eu não estou aqui para julgar se isso é certo ou errado, só estou aqui contando para o que acontece, ok?

Escolas picaretas

Algumas escolas, interessadas apenas em pegar o dinheiro dos alunos e nem aí pra ensinar inglês, não se importam se o aluno está frequentando as aulas ou não. Ao contrário, elas ficavam felizes quando você paga um montão de dinheiro por um curso e desaparece. Assim você deixa um lugar disponível na sala de aula para um aluno novo que está chegando.

A imigração exige as escolas notifiquem os alunos que param de frenquentar as aulas, alertando-os que eles não estão cumprindo os 80% de presença exigido. Se após três notificações os alunos não justificarem a ausência das aulas, a escola deverá comunicar a imigração e terminar o contrato de prestação de serviço com o aluno.

No entanto, as escolas picaretas sabem que, alunos que estão trabalhando estão mais disposto à permanecer no país por mais um ano e renovar o visto de estudante. Então quando esse aluno que não frequentou 80% das aulas precisa comprar um novo curso a fim de renovar o visto de estudante,  a escola picareta simplesmente falsifica o documento que ela manda para a imigração com a taxa de frequência do aluno.

Acontece que, desde o ano passado, a imigração vem caçando essas escolas que só vendem visto e, pelo menos quatro delas, já foram proibidas de emitir visto para alunos estrangeiros.

 

Eden College, uma das maiores escolas de inglês de Dublin, enccerra atividades

 

Denunciadas por um grande jornal irlandês, essas escolas admitiram para um jornalista disfarçado que, se necessário, aumentariam as frequências dos alunos”, para ajudá-los.

Apesar de poderem continuar com as aulas normalmente, mas por não poderem fornecer a documentação necessária para que os alunos entrem com o pedido de visto de estudante, algumas das escolas denunciadas, como a Eden College e a Kavanagh College, resolveram encerrar as atividades.

 

sorry-we-are-closed

 

Nessa brincadeira, centenas de alunos brasileiros ficarão impedidos de continuar com o processo de pedido de visto e os que ainda não chegaram por aqui  ficarão impossibilitados de entrar no país.

Alunos matriculados em escolas que possuíam a acreditação do Acels estão sendo instruídos a não pagar qualquer quantia ou se inscrever com uma outra escola sem primeiro contactar o escritório da imigração em Dublin. Os alunos que estavam com o curso em andamento poderão ser encaminhados para outras escolas acreditadas a fim de completar o curso.

 

Comunicado no site da Eden College sobre o encerramento das atividades

Comunicado no site da Eden College sobre o encerramento das atividades

 

Eu sinto muito pelos alunos que investiram em um sonho e agora estão vivendo um pesadelo. Mas, na minha opinião, esse endurecimento da imigração, a longo prazo, será bom para todo mundo.

Será bom para selecionar as escolas sérias, ou pelo menos para fazer com que as escolas picaretas entrem na linha, se não quiserem fechar as portas. E será bom também para os alunos que estão chegando e que realmente estão interessados em estudar.

Muita gente chega aqui com a esperança de estudar numa escola bacana, que propicie uma experiência inesquecível, mas o que encontram são escolas de fachada, com professores ruins, desmotivados e mal-pagos. Assim também não há quem queira ir pra aula também, né?

No entanto vai ficar cada vez mais difícil para os estudantes trabalharem 40 horas semanais, especialmente, durante os seis meses de aula.

O que vocês acham?  A imigração deve mesmo proibir as escolas suspeitas de fraude de emitir visto? Deixe o seu comentário!

 

12 Respostas to “Escolas de inglês sob investigação de fraude”

  1. Albédio maio 4, 2014 às 2:13 pm #

    Ana Paula, gostaria se possível de ter contato por email para maiores informações sobre intercambio em Dublin

    • Ana Paula Marques maio 6, 2014 às 12:32 pm #

      Oi Albédio,
      você pode me escrever através do formulário de contato na home do blog.

      Abraços!
      Ana

  2. Albédio maio 4, 2014 às 2:18 pm #

    Segue meu email

  3. Albédio maio 4, 2014 às 2:18 pm #

    marcioalbedio@gmail.com

  4. Sabrina Cypreste maio 15, 2014 às 8:19 pm #

    Nana, tenho tentado acompanhar daqui as notícias sobre a investigação e concordo com você, no final, são os estudantes bem intencionados que serão beneficiados, mas isso seria outro assunto. De qualquer forma, minha duvida aqui é a seguinte: já sabia do site da ACELS e ele foi fundamental para escolher a minha escola, contudo, só fui conhecer o site da Internationalisation Register muito depois, e descobri que na “Lista atual de programas incluídos no Internacionalização Register / Estrutura de Registro” a minha escola encontra-se apenas na planilha EL-ACELS, e não encontrei uma explicação para essa diferenciação, mas de qualquer maneira, ela está lá sem nenhum tipo de observação em vermelho. Você sabe me dizer pq essa diferenciação?

    • Ana Paula Marques maio 15, 2014 às 8:35 pm #

      Oi Sabrina, para falar a verdade eu não sei não, pq isso é algo novo. Vou me informar, daí conversamos! Abraços

  5. grace maio 16, 2014 às 9:17 am #

    disgraceful!!!

  6. Aline junho 30, 2014 às 12:42 am #

    Olá, eu e minha namorada pretendemos ir para a Irlanda no inicio de 2015, neste momento estamos pesquisando através de duas agências (worldstudy e angusti, você conhece?) e as escolas oferecidas são ATC e Dorset, você conhece estas escolas? Elas estão no ACELS e tb já procuramos no google e youtube e parecem ser boas… Mas nada como o comentário de alguém que esteja aí né… Ahh outra coisa, outra duvida que temos ir para Dublin ou Bray, o que você diria? Agradecemos muuuuito se você puder nos ajudar a respeito!!

    • Aline junho 30, 2014 às 12:44 am #

      Só corrigindo, somos eu e meu namorado que pretendemos ir…rsrsrs

  7. Auricélio Oliveira dezembro 11, 2014 às 12:20 am #

    Muito boa suas informações.
    E quanto as escolas boas qualidades e que está dentro das leis irlandesas como saber quais?

  8. MILENA MACHADO janeiro 20, 2015 às 4:27 pm #

    Olá Ana Paula, tudo bem? Tenho lido bastante seu blog e você realmente está de parabéns por ser tão clara e ajudar tanto a nós que queremos passar por essa experiência. Eu tenho conversado com um agente da Ned Training Centre e essa me pareceu ser uma opção segura. Você já ouviu falar algo bom ou ruim? rss Obrigada.

  9. Patrícia Cula junho 5, 2015 às 3:38 pm #

    Estou pensando em estudar inglês em Dublin, só que estou em dúvida se posso ir por conta própria ou pela agência de intercâmbio, você por de ajudar? obrigada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: