Tipos de acomodação estudantil em Dublin

12 abr

Uma das preocupações mais comuns entre alunos brasileiros que querem fazer intercâmbio em Dublin é: qual a melhor opção de acomodação estudantil?

Você está indo estudar em Dublin e precisa escolher onde ficar hospedado. As escolas de inglês e as agências de intercâmbio no Brasil normalmente oferecem serviços de acomodação no qual o aluno pode escolher entre ficar em um hotel, em um albergue, na casa de uma família irlandesa, ou em uma residência estudantil, durante parte de seus estudos.

Essas opções de acomodação são caras e por isso provisórias, até você  encontrar um apartmento ou casa para morar em definitivo. Se você pretende vir para a Irlanda por um período de 6 meses a um ano, o ideal é que você reserve pelo menos duas semanas de acomodação  para ter tempo suficiente de procurar um lugar para morar com calma.

Se você não souber direitinho a diferença entre essas opções, vai ficar bastante confuso na hora de escolher.

Qual é a melhor opção: casa de família, residência estudantil, albergue ou hotel?

Qualquer tipo de acomodação que você escolher terá pontos positivos e negativos. A escolha deve levar em conta suas necessidades (segurança, conforto, localização, privacidade, etc.) e quanto você está disposto a gastar.

Casa de família (host family)

A vantagem da host family é que o aluno terá a oportunidade de vivenciar o dia-a-dia de uma família irlandesa, a cultura e os costumes, além de praticar inglês o tempo todo que estiver em casa.

Host family

Outro ponto positivo é que esse tipo de acomodação normalmente inclui todas as contas (luz, internet, aquecimento, etc.) e oferecem meia pensão, com café da manhã e jantar. Ou seja , você paga um valor fechado pelo aluguel, geralmente semanal, e não precisa se preocupar com nenhuma despesa extra.

Detalhe importante, tenha em mente que os irlandeses tem hábitos alimentares diferentes dos brasileiros e você terá que se adaptar a essa nova alimentação. Veja aqui o que os irlandeses comem!

A grande maioria das famílias irlandesas que recebem alunos estrageiros é bastante acolhedora e trata os alunos como se fossem parte da família mesmo, cuidam da comida, ajudam com os estudos, assistem televisão juntos, levam para passear nos finais de semana, etc.

É claro que, infelizmente, você pode dar o azar de cruzar com uma família não muito legal.

Algumas – poucas, ainda bem! – famílias só recebem alunos porque estão interessadas na grana que vão ganhar pela hospedadem e não se importam muito com a experiência que o aluno está vivenciando enquanto morando com eles.

Alguns estudantes relatam histórias de famílias que controlam o tempo que eles ficam no banho, a hora que eles chegam em casa, quanto tempo eles ficam na internet, essas coisas. Então, se você é uma pessoa muito independente, que não gosta de dar muita satisfação, talvez casa de família não seja a opção indicada para você.

Escolas e agências de intercâmbio, boas, fazem um controle de qualidade rigoroso de seleção das famílias hospedeiras, por isso se você tiver o infortúnio de ser hospedado por uma família mala, converse com a sua escola e peça que te mudem. Simples assim!

Casas Dublin

Área residencial de Dublin, famílias moram longe do centro onde encontram mais tranquilidade

Outro porém das famílias é que elas quase sempre moram longe do centro de Dublin e as escolas, em contrapartida, ficam localizadas em regiões centrais. No fim, o que você economiza com refeições e contas, acaba gastando com transporte.

Valores (em média, por semana) :

Quarto individual –  de 180 a 240 Euros

Quarto compartilhado – de 160 a 210 Euros

Residência estudantil

As residências estudantis funcionam mais ou menos como repúblicas universitárias, com a diferença de serem mantidas e administradas pela própria escola ou por uma empresa terceirizada.

De modo geral, as residências estudantis são casas ou apartamentos totalmente mobiliados e equipados com máquina de lavar roupa, wifi e chuveiro elétrico.

O tipo de serviço oferecido e as regras de cada residência podem variar muito. Há residências estudantis que oferecem café da manhã e outras nas quais os estudantes tem de providenciar e preparar todas as refeições por conta própria.

Algumas fornecem roupa de cama, produtos de limpeza, como sabão em pó e detergente (além de papel higiênico), e um funcionário da escola/agência faz a faxina semanalmente. Na residência estudantil onde morei logo que eu cheguei em Dublin não tinha nada disso e os alunos tinham que se revezar na limpeza.

Parte da galera que morou comigo na residência estudantil da Success College

Parte da galera que morou comigo na residência estudantil da Success College

As grandes vantagens da residência estudantil é que as casas, normalmente, estão localizadas em região central e bem próximas à escola e o intercambista tem total autonomia sobre seus horários e rotina.

A lado negativo é que, se você estudar em uma escola com muito brasileiros, provavelmente vai morar só com brasileiros, o que atrapalha um pouco na hora de praticar o inglês.

Eu sempre falo isso e não custa repetir: você recebe pelo que voce paga ou, em outras palavras, o barato sai caro! Ou seja, se você escolher uma acomodação barata, você vai receber um service precário. De novo o meu exemplo pessoal: na residência da escola onde eu morava, eramos um total de 18 alunos (todos brasileiros!)  e apenas um chuveiro elétrico para todo mundo.

Valores (em média, por semana) :

Quarto individual – de 150 a 190 Euros

Quarto compartilhado – de 130 a 160 Euros

Albergue (Hostel)

Alguns alunos brasileiros, que nunca viajaram ao exterior antes, contratam hostel achando que vão se hospedar em um hotel mais barato, porque não tem a menor ideia do que é um albergue.

Hostel realmente é o tipo de acomodação mais barato que você vai encontrar, mas não espere os serviços de um hotel! Quando você reserva um hostel, na verdade você está reservando apenas uma cama, ou melhor, um beliche.

No hostel os quartos e os banheiros são compartilhados pelos hospedes. Os dormitórios, como são chamados os quartos em um albergue, podem ser separados por sexo: um só para os rapezes e outro só para as garotas, ou misto: com homens e mulheres dividindo o mesmo dormitório.

Quanto mais gente no dormitório, mais barato é. Existem hostels em Dublin que cobram apenas 10 euros por noite por um quarto misto com 10 camas.

Quase todos os albergues possuem café da manhã continental (pães, chá, café, suco de frutas e cereal) inclusos em suas diárias. Alguns também oferecem serviço de lavanderia pago à parte, bem como utensílios como secador de cabelo e toalha de banho.

Albergue é muito bacana pois é onde você tem mais oportunidade de conhecer pessoas de varias partes do mundo e de praticar bastante o seu inglês. Os funcionários dos hostels geralmente são muito prestativos e dispostos a dar dicas e sugestões de  bons lugares para comer, fazer compras ou visitar. Aproveite para conversar com eles.

 

Entretanto, se você gosta de privacidade e sossego, esquece, hostel não é  para você! Como a maioria dos hospedes são turistas, toda hora é hora para farra e bagunça, e as pessoas não tem horário para ir dormir. Esteja preparado para festas quase todas as noites.

Estudar em um hostel é praticamente impossível. Sempre tem um grupo de turistas chegando ou saindo, rindo e falando alto. E, como a rotatividade pessoas nesses locais é alta e você vai estar dividindo o quarto com desconhecidos, você não pode dar bobeira com os seus pertences. Fique sempre atento ao seu computador, câmera fotográfica, celular e outros objetos de valor.

Valores (em média, por semana) :

Dormitório misto com 6 camas – de  130 a 150 Euros

Dormitório misto com 10 camas – de  100 a 130 Euros

Hotel

Hotel todo mundo sabe mais ou menos como é né? Hotel é a opção mais cara entre as citadas e, por isso mesmo, a menos recomendada.

Turistas hospedados em hotel dificilmente interagem com outros hospedes, então o nível de diversão e as chances de praticar inglês se você ficar hospedado em um hotel são quase nulas.

Blooms Hotel em Dublin

Blooms Hotel em Dublin

As duas únicas grandes vantagens de se hospedar em um hotel é a privacidade – dá pra andar pelado pelo quarto se quiser – e a segurança. Fora esses, eu não vejo motivo nenhum para escolher um hotel. Ah, esqueci de dizer que na maioria dos hoteis em Dublin o sinal do wifi é excelente!

Então se você tem dinheiro sobrando e quer ficar o tempo todo no Skype falando com o Brasil, um hotelzinho é o que há pra você #not

Valores (em média, por semana) :

Quarto individual – de 420 a 1.000 Euros (por pessoa, não por quarto)

Quarto duplo – de 280 a 800 Euros (por pessoa, não por quarto)

Gráfico acomodação

Clique na imagem para ampliar

 

Reservando acomodação por conta própria

Agora se você não quiser contratar acomodação com agência de intercâmbio nem com a escolar onde você vai estudar. Se você preferir fazer tudo por conta própria, também dá.

As vezes sai mais até barato, porque você não paga os valores a mais que a escola/agência cobra só para fazer a reserva por você.

Veja algumas opções:

Host Families

Homestay.com

Homestay Booking

 

Hostels

Abigail’s Hostel

Avalon Hostel

Barnacles Temple Bar

Four Court Hostel

Generator Dublin

 

Residência estudantil (aluguel de curto prazo – apartamentos inteiros ou quartos)

EazyCity Apartments

StayCity Apartments

CityBase Apartments

Dublin City Apartments

 

Hotels

Blooms Hotel

The Harding Hotel

 

Me conte nos comentários qual tipo de acomodação vocês acham é que a ideal para os estudantes. Até o próximo post!

 

10 Respostas to “Tipos de acomodação estudantil em Dublin”

  1. Widio Joffre abril 13, 2014 às 12:17 pm #

    Muito bom o post! Parabéns.
    Com certeza foi bem esclarecedor para quem pretende passar um tempo por essas bandas. Mais uma vez “obrigado”.

    • Widio Joffre abril 13, 2014 às 12:33 pm #

      AAAAAaaaa… Quase esquecia kkk… Vc falou de Wi Fi. Falou que no Hotel é de boa qualidade.
      Não sei se já escrever algo sobre isso, mas em geral, como é o sinal de internet em Dublin?

      • Ana Paula Marques abril 17, 2014 às 9:52 am #

        Oi Widio,

        desculpe a demora em responder a sua mensagem. Olha, fique tranquilo que a velocidade da Internet aqui dá de mil na do Brasil – que dá até vergonha de chamar de banda larga.
        Em Dublin, a maioria dos ônibus, todos os trens e o Luas (metrô de superfície) tem sinal wifi e as principais ruas do centro de Dublin também. Excelentes para os superconectados como eu, não é?

  2. Lucy abril 25, 2014 às 12:16 am #

    oi ana paula, tudo bem??
    to adorando seu blog, e queria conversar com alguem q ta em dublin pra pedir umas dicas. tem como a gente se falar por email???
    bjss

  3. Widio Joffre abril 26, 2014 às 12:52 am #

    Ana Paula?
    Obrigado por sempre responder as perguntas. Suas ajudas me ajudaram bastante a tomar decisões. Hoje eu fechei meu intercâmbio em Dublin e dia 23 ou 24 de Agosto 2014 eu estou chegando por aí😉

    Gostaria então de falar OBRIGADO mais um vez e fazer duas novas perguntas kkkk…
    Ps: Não sei se esse seria o espaço correto, mas minha dúvida pode ser de outras pessoas.

    * sobre o sistema de saúde governamental! É algo de qualidade? Vc conhece alguém que já usou ? Digo isso pensando em não fazer um seguro de saúde particular, já que para entrar na Irlanda iremos precisar do governamental?

    * vc me respondeu sobre o sistema de bilkes um vez! mas hoje surgiu outra dúvida kkkk…
    O programa de aluguel de bilkes na Irlanda (esqueci o nome agora) tem pontos com bike em toda Dublin ou apenas no centro.

    Abraço e mais um vez, obrigado .

    • Ana Paula Marques abril 26, 2014 às 10:47 am #

      Oi Widio,

      o seguro saúde governamental é um seguro bem simples, que cobre só emergências em hospital público. E hospital público eu acho que é igual em todo mundo, cheio, pouco médicos, longas esperas. Mas se você tiver um problema grave, ou precisar de uma cirurgia, por exemplo, você será muito bem cuidado.
      Conheço pessoas que fizeram tratamento de cancêr e outras que tiveram bebê em hopitais/maternidade públicos e foram muito bem atendidas. A não ser que você precise de cuidados médicos constantes, eu não vejo necessidade de ter um seguro particular não.
      Moro na Irlanda há quase quatro anos e nunca precisei usar meu seguro, só precisei ir o GP duas vezes e só.

      Quanto ao Dublin bike, por enquanto os pontos onde você pode pegar e devolvar a bike ficam localizados mais no centro mesmo. Existe um planejamento e orçamento para investir no Dublin bike e levar os pontos para o subúrbio de Dublin, mas eu não sei exatamente quanto tempo vai demorar para isso acontecer.

      Dá uma olhada no mapa com os pontos onde você pode pegar a bike – http://www.dublinbikes.ie/All-Stations/Station-map
      Nesse site você vai encontrar todas as informações sobre o Dublin Bike.

      Abraços!
      Ana

      • Widio Joffre abril 26, 2014 às 7:29 pm #

        Obrigo, mais uma vez kkkk… Ajudou muito!

        Abraço e bom final semana.

  4. Dani abril 26, 2014 às 12:29 pm #

    Comoo ta a situacao de trabalho em dublin? Ainda eh possivel ir prai e conseguir dinheiro pra se manter?
    Obrigada e parabens pelo blog! Mt bom!

  5. Chady Youssef maio 22, 2014 às 2:28 pm #

    Que legal Ana, seus textos são fantásticos e muito bem explicados. Cheguei aqui pesquisando muito como sair do Brasil, pois tenho muita vontade de morar em outro lugar. Já tenho morei fora, mas no meu caso foi diferente pq tinha muitos e não tive problemas. Sou casado e tenho um filho que completará 2 anos em julho, eu minha esposa não aguentamos mais ficar por aqui por todos os problemas que o país enfrenta. Estive pesquisando muito sobre a Noruega, Suécia e Alemanha, mas parece que por lá as coisas são um pouco mais complicadas. Vou tentar ser mais direto e não me alongar demais. Tem como eu e minha esposa tirarmos visto de estudante e nos mantermos aí? E outra pergunta não importante, se por acaso nós dois conseguirmos meu filho também precisaria de um visto? Obrigado pela atenção.

  6. Guilherme agosto 6, 2015 às 8:10 pm #

    Oi Ana, gostei bastante do texto!

    Eu particularmente indico o Airbnb para comprar a hospedagem das duas primeiras semanas. Quando fui para Dublin comprei um quarto individual para ficar as duas primeiras semanas por 1200 reais (~ 160 euros por semana) com café da manhã incluso e fiquei na casa de uma família irlandesa em Dublin 9 (o mesmo tipo de acomodação comprada pela escola sairia em 250 euros por semana). Fui muito bem recebido!

    Também existe a opção de ficar em quartos compartilhados por um preço mais em conta e é menos bagunçado que hostel, já que estaremos hospedados na casa de alguém.

    Agora o site do Airbnb tem versão em português, pode-se pagar em reais e quem comprar a acomodação pelo link http://intercambiobarato.zz.mu/aff/airbnb ganha 87 reais de desconto na primeira compra.

    Espero ajudar alguns indecisos,
    Guilherme

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: