Trabalho na Irlanda: é difícil conseguir emprego?

2 maio

Atualmente a Irlanda, e em especial sua capital Dublin, é um dos destinos preferidos pelos brasileiros para estudar inglês. O país oferece muitos atrativos como o fato de não exigir visto no Brasil, antes do estudante viajar.

Outra razão que faz os brasileiros escolherem a Irlanda é que o governo irlandês permite que o estudante trabalhe legalmente visando aperfeiçoar o idioma.

A lei irlandesa garante que estudantes brasileiros matriculados em cursos de inglês, com no mínimo 25 semanas de aula e carga horária de 15 horas semanais, podem trabalhar legalmente até 20 horas por semana, durante o período que eles frequentarem a escola, e até 40 horas semanais durante as férias escolares.

Por esse motivo, uma das perguntas mais frequentes que eu ouço é:. “É difícil arrumar trabalho na Irlanda?”

Apesar da Irlanda ser um país pequeno e com um mercado em geral restrito, oferece uma variedade de oportunidades de trabalho para o estudante estrangeiro.

As principais vagas estão no comércio e no setor de serviços. Há oferta de emprego em pubs, lojas de conveniência, hotéis, restaurantes e supermercados. O estudante poderá trabalhar como entregador de encomendas ou jornais, garçom ou barman, au pair (babá), atendente em lojas, jardineiro, pintor, entre outros.

A real é que quem quer trabalhar trabalha! Até quem não tem lá um inglês muito bom, se for esforçado e souber fazer um marketing pessoal (muito empregos são conquistados através de indicação de amigos!), consegue alguma coisa.

Mas não espere o emprego dos sonhos: afinal ninguém chega a general sem ser soldado! Lembre-se que ao chegar na Irlanda você provavelmente não terá experiência no tipo de emprego que estará disponível para você. Por isso é começar do zero mesmo, sendo humilde o suficiente para aprender algo que você nunca se imaginou fazendo no Brasil.

Eu cheguei aqui há 3 anos e nunca fiquei realmente sem trabalhar. Meu primeiro emprego foi de au pair, cuidando de um garotinho lindo, na época com 7 meses de idade, chamado Daniel – Até hoje sinto falta dele!

Esse é o Daniel, quando a gente se conheceu.

Esse é o Daniel, quando a gente se conheceu.

Depois de uns 5 meses trabalhando com essa família, o pai desse garotinho me conseguiu um emprego na rede de lojas de conveniência e posto de gasolina Topaz (tipo o Select da Shell aí no Brasil), na qual ele era gerente.

Trabalhei 4 meses nessa loja e chorava quase todos os dias. Foi o pior período na Irlanda para mim. Me tratavam mal, me colocavam para trabalhar nos piores horários, (de madrugada e em feriados como Natal), lavando carro no frio e “varrendo” neve. Mas apesar de todo o sofrimento, o aprendizado foi imenso. Foi com a grana desse trabalho que eu fui pra Escócia e pra Barcelona, na Espanha, em 2011.

Depois arrumei emprego de auxiliar de bar em uma balada. A função, na verdade, era recolher os copos, limpar cacos de copos quebrados e bebidas derramadas na pista e limpar o vômito , no banheiro feminino, de garotinhas de 19 anos que não sabem a hora de parar! (sim isso era realmente parte do trabalho.) Jornada: sexta, sábado, às vezes domingo, e  segunda, das 22h as 4h da manhã. Vida social pra que né, gente?

Ainda trabalhei por um ano como garçonete em um restaraurante italiano, onde queriam que eu fizesse horas extras de graça, mas onde, por outro lado, falei muito inglês e melhorei muito a minha fluência.

E teve até uma vez que fui entregar panfletos de uma pizzaria no farol. No final das 6 horas eu estava quase morta de tanto andar, mas valeu a pena pelo dinheiro.

Posto de gasolina e conveniêcnia Topaz: os piores 4 meses de Irlanda!

Posto de gasolina e conveniêcnia Topaz: os piores 4 meses de Irlanda!

Dei de ombros para quem veio com o papo: “mas você estudou quatro anos para ser jornalista, mais dois anos de pós, para trabalhar de babá em outro país”. Estou aqui, já fui para o Brasil duas vezes, viajei  para quatro países, quase dez cidades e nunca precisei ligar pro papito pra pedir dinheiro! Tenho muito orgulho disso!

Durante esses anos, fiz alguns frilas para revistas, inclusive uma irlandesa e hoje trabalho no departamento de Marketing e vendas de uma das principais escolas de inglês de Dublin. Aos poucos as coisas estão melhorando.

Mas, Ana, eu não quero trabalhar de babá, nem de faxineiro, nem de vendedor de sapatos!

Bom, aí complica um pouco!

Se você estiver procurando empregos na sua área, seja ela qual for: medicina, jornalismo, biologia, educação física ou direito, a situação do visto de estudante dificulta um pouco, pois as empresas preferem contratar funcionários de longo prazo (que não irão voltar para seus respectivos países após 6 meses ou 1 ano) e que podem trabalhar full time (40 horas semanais) durante todo o tempo.

Além disso, existe uma lei na União Europeia que garante que cidadãos europeus tenham preferência na hora de preencher uma vaga de emprego.

Ou seja, quando há uma vaga de trabalho disponível, o empregador vai selecionar primeiro cidadãos europeus. Se não aparece nenhum eurpoeu qualificado para a vaga,a empresa vai então abrir o processo seletivo para os não europeus com visto de trabalho (stamp 4). Os não europeus com visto de estudante (stamp 2) nem entram nessa lista.

Para conseguir um stamp 4 você precisa ter um contrato de trabalho com uma empresa estabelecida na Irlanda. E para ter um contrato de trabalho com uma empresa estalecida na Irlanda você precisa do stamp 4. Trata-se de uma sinuca de bico!

Se você tiver um currículo bom, as empresas até te chamam para entrevistas, mas quando você diz que o seu visto é stamp 2, suas chances caem drasticamente. Então amigão, ou você tem um passaporte Europeu ou f….

Mas existe uma esperança. Dependendo do quanto você domína o idioma inglês e da experiência que você traz do Brasil, é possível procurar empregos em alguns campos específicos. Áreas como TI (Tecnologia da Informação), Telemarketing e Webdesign demandam um grande número de profissionais e o governo está interessado em facilitar o acesso ao stamp 4, mas isso ainda está sendo implementado e vai demorar alguns anos para, de fato, beneficar os estudantes estrangeiros.

Aguardamos ansiosamente!

311 Respostas to “Trabalho na Irlanda: é difícil conseguir emprego?”

  1. Martina maio 24, 2013 às 9:34 pm #

    trabalho em dublin = faxineiro e babá.
    ser estrangeiro na irlanda não tá facil pra ninguém.
    bjs

    • Dimitri dezembro 9, 2014 às 7:41 pm #

      Olá Ana, pretendo ir para Dublin ano que vem e gostaria de trabalhar por lá!
      Você poderia me tirar uma dúvida: qual é o salário por hora nestes empregos que você citou , como garçom, faxineiro, atendfente,e etc. ?
      Obrigado.

      • Auricelio de A Oliveira dezembro 15, 2014 às 11:19 am #

        Ola gostaria saber se é ou não difícil para brasileiro trabalhar como motorista na Irlanda. Porque daqui a ano e meio para estudar e se possível trabalhar

        885210#

      • Marco janeiro 4, 2015 às 9:34 pm #

        Olá Ana

        Estava lendo seus comentário e me interessei em trabalhar na Irlanda.
        Consegui a minha cidadania mas o meu inglês e uma desastre, você acha que se eu encarar essa na Irlanda eu consigo um emprego?

      • Ana Paula Marques janeiro 5, 2015 às 5:01 pm #

        Recomendo que vc estude um pouco antes de vir, Marco. Facilita bastante na hora de conseguir um emprego, especialmente se vc estiver procurando um emprego que seja para trabalhar com público (marketing, comunicação, atendimento ao consumidor, etc). Boa sorte e mto sucesso pra vc em 2015!

      • Fabio janeiro 16, 2015 às 3:34 am #

        Boa noite Ana !
        Me ajudou com algumas informações, porém, tenho 43 anos e sempre atuei na área comercial, por isso gostaria de mais informações… rssssss; o caso é o seguinte, sou brasileiro com cidadania italiana, mas não falo inglês, mas estou saco cheio do Brasil. Gostaria de fazer um curso de línguas e viver por no mínimo 1 ano na Irlanda, conseguiria arrumar um rendimento razoável com a cidadania ?

      • valdirene emilio fevereiro 15, 2015 às 5:46 am #

        então Ana tambem estou indo para Dulblin ainda este ano, mas não sei falar inglês nada, nada! e é exatamente por isto que estou indo e quero ficar pelo menos por 1 ano esta é minha inteção, isso é logico se der tudo certo eu conseguir atender as minhas expectativas, fico mais. oque vc me diz? Obrigada, e Parabens pela sua Força e coragem pois tenho certeza que vc ira conseguir muito por ser esta mulher guerreira…

    • Luiz Junior outubro 6, 2015 às 8:54 pm #

      Seu email martina, por favor.

    • Brigite fevereiro 2, 2016 às 3:45 am #

      Oi gostaria de arrumar emprego de baba como faço p ir quanto vou gastar obg

    • Paula, amo o Spiker Rottweiler abril 8, 2016 às 7:08 am #

      queria um emprego la também ja fui para a Holanda mais por tempo curto

    • Elias andrade pimenta abril 26, 2016 às 7:37 pm #

      Eu sou elias eu topo qualquer serviço

  2. Eduardo maio 24, 2013 às 9:54 pm #

    Muito bom o texto. Parabéns!

  3. Tatiana maio 24, 2013 às 10:29 pm #

    amei, muita gente vem com ilusao (e algumas com prepotencia mesmo) e o texto eh bem claro e real. A parte da lei que diz sobre a preferencia aos europeus nao eh divulgada geralmente e as pessoas acabam achando que eh uma questao de esforco, de ter um bom cv ou estar falando bem a lingua… enfim, parabens, vou compartilhar!!!!

  4. Luna maio 25, 2013 às 12:48 am #

    Moro em Dublin há quase um ano e demorei mais do que esperava pra achar emprego. Hoje estou ok como floorstaff, apesar de me frustrar muito saber que sou capaz de mais dentro do club. Vejo gente falando que é impossível achar emprego na cidade. Olha: não é. Primeiro pq como em qualquer lugar do mundo, indicação conta muito e eles preferem contratar o filho do amigo que muitas vezes é folgado e incompetente. O que vamos fazer? A escolha é deles. Segundo pq muita gente chega com zero de inglês e espera ficar fluente e arrumar emprego no primeiro mês. Isso não acontece. Eu honestamente parei de sentir dó e comecei a achar falta de noção: um curso iniciante é mais barato no brasil, vc aprende a mesma coisa e não tem que lidar com a loucura de achar trabalho num lugar sem conseguir se comunicar.
    Então quando alguém me pede dicas, é isso. Não venha sem pelo menos um básico de inglês e converse com as pessoas. Fale com o bartender quando vc vai ao bar, pergunta se ele sabe de alguma vaga, peça dicas pra quem já trabalha e enche o saco mesmo. Leva currículo mil vezes, liga, faz eles lembrarem de vc. Uma hora vc comsegue e mesmo que não seja perfeito, é uma experiência no cv.

    • Ana Paula Marques maio 25, 2013 às 12:28 pm #

      Concordo com tudo que você disse, Luna!

      Tem que vir com pelo menos um inglês básico para conseguir se virar, se não é beeem difícil mesmo!

      Obrigada pelo comentário. Abraços! Ana

  5. Roberto Campos junho 28, 2013 às 12:56 pm #

    Ola Ana, achei seu texto muito objetivo e claro. Gostaria de poder conversar com voce por email, tenho 45 anos, sou consultor de tecnologia, e sempre tive vontade de trabalhar no exterior, meu ingles é bem regular, mas nada que um pouco mais de esforço permita melhorar. Meu nome é Roberto, rcampos100@uol.com.br Muito obrigado.

    • Ana Paula Marques junho 30, 2013 às 1:29 pm #

      Olá Roberto, obrigada pelo seu comentário!
      Fico muito feliz em saber que o texto é útil para você de alguma forma.
      Te enviei um email, se quiser bater um papo sobre essa questão de trabalho , me escreva!

      Abraços
      Ana

      • Tonny agosto 14, 2016 às 10:15 pm #

        Ana, a situação do roberto é bem parecida com a do meu marido…ele também é da mesma área de Ti. Me manda teu email para ele conversar um pouco. Precisamos demais de algúem disponível como você, disposta à ajudar e conversar. Muito obrigada. email: tonny.assuncao@hotmail.com

      • Ana Paula Marques agosto 15, 2016 às 6:35 am #

        Olá, obrigada pela mensagem. Você pode me mandar um email através do formulário aqui do blog.
        Vou ficar feliz em ajudar!
        Abraços!

  6. Monica julho 7, 2013 às 5:58 am #

    muito bom o texto, eu estou pensando em ir para dublin proximo ano, e seu blog está me ajudando bastante, vi que vc falou sobre vistos, vc atualmente tem qual visto ? que dica vc me daria, meu ingles é avançado, atualmente trabalho como recepcionista em um hostel, tu achas possivel eu conseguir o mesmo trampo ai ? pois tenho intenção de morar ai uns bons anos, vc me indicaria uma escola ? obrigada🙂

    • Ana Paula Marques julho 7, 2013 às 1:58 pm #

      Oi Monica, obrigada pelo seu comentário. No momento eu estou com visto de estudante. Mas de acordo com as regras de imigração, o alunos estrangeiro pode estudar inglês por 3 anos. A partir do quarto ano é preciso se matrícular em curso superior, uma pós graduação ou um master. Como o seu inglês já é bom, vc pode fazer curso profissionalizante (business, marketing ou turismo, por exemplo) ao invés de estudar inglês. Qto ao trabalho, acho que seria fácil para vc conseguir emprego em hostel ou até mesmo em hotel. Tem muitas vagas aqui e vc tem experiência. Uma dica é vc trazer uma carta de referência do seu empregador atual. Isso ajuda muito! Boa sorte e sucesso pra vc! Se vc tiver outras dúvidas me escreva. Abraços!

      • Monica julho 8, 2013 às 12:24 am #

        Entendi, bom saber disso, pois eu tenho intenção de ficar por aí um bom tempo, bom saber que terei q investir em um curso superior, então acho que irei estudar o primeiro ano para fazer o ielts. O que seria um curso master ? fazendo um profissionalizante no 4 ano de visto não dá ? tipo o negocio é se dedicar e tentar que uma empresa te dê visto de trabalho para poder ficar por ai ….sim eu havia pensado nessa carta já, assim farei valeu a dica😉 e vc que está no 3 ano de visto de estudante pretende ficar ficar ai ? no caso vc já teria q aplicar p um curso de pós isso né!!

      • Ana Paula Marques julho 10, 2013 às 11:07 am #

        Eu já estou aqui há 3 anos, ano que vem tenho que fazer um curso superior. Estou pensando em um master (mestrado) em Marketing. Mas meu namorado é irlandês e a gente mora juntos há quase 2 anos, por isso eu posso tentar um visto de trabalho. Já fiz o pedido do visto e a responda deve vir em Outubro. Estou esperando.
        Em breve vou fazer um post contando como faz para pedir esse visto.

        Abraços!
        Ana

      • Monica julho 10, 2013 às 2:10 pm #

        Que legal Ana, isso posta para que possamos ter essa informação tb !! De como aplicar e quem pode aplicar ! Obrigada, abraços Ana

      • Monica julho 16, 2013 às 12:21 am #

        Oi Ana, tdu bem !!! Queria pedir tua opinião sobre a escola NCBA College, obrigada.

      • Ana Paula Marques julho 16, 2013 às 6:55 am #

        Oi Monica, td bem?

        Eu só conheço a NCBA de nome, então sinceramente não acho que sou a melhor pessoa para emitir uma opinião.
        Eu sugiro que vc procure a escola no Facebook e pergunte a opinião de quem está estudando lá no momento.
        Desculpa não consiguir te ajudar mais.

        Obrigada!

  7. Ana Ligia julho 10, 2013 às 1:11 am #

    Olá Ana ! Estou planejando morar na Irlanda por pelo menos 1 ano para aprender ingles. Tenho cidadania europeia e ingles nivel básico, é facil conseguir emprego nesta condição? Qual tipo de emprego ? Você recomenda que eu procure o emprego antes de chegar a Irlanda ou procurar pessoalmente assim que chegar ? Obrigada !

    • Ana Paula Marques julho 10, 2013 às 10:43 am #

      Olá Ana Lígia, tudo bem?

      Eu recomendo sim que vc procure emprego antes de vir pra cá. É sempre bom já ter algumas entrevistas marcadas qdo chegar aqui. Que tipo de trabalho vc está interessada?
      Vc tem a vantagem de ter o passaporte europeu, não esqueça de mencionar isso quando vc se candidatar à uma vaga.
      No entanto vc disse que não tem um inglês muito avançado, o que pode te atrapalhar. Então eu sugiro “meeesmo” que vc estude inglês – pode ser em casa mesmo – para chegar com inglês um pouco melhor. Se vc vier sem inglês algum vai encontrar dificuldade na hora das entrevistas.

      Boa sorte na sua busca por emprego em Dublin e volte sempre para ler o blog.

      Abraços Ana

      • Ana Ligia julho 15, 2013 às 1:50 am #

        Obrigada pela resposta Ana ! Como a razão da viagem é melhorar meu ingles mas preciso trabalhar pelo menos para cobrir os gastos,estou meio “perdida” em relação a qual tipo de vaga direcionar meu curriculo.
        Considero meu ingles entre o nivel basico e intermediário…estudei inglês aqui no Brasil por 3 anos e fiz 1 mes de curso nos EUA ,acho que consigo participar de uma entrevista simples,rs
        Qual tipo de emprego vc recomendaria ? Sou agente de viagens,sei que nesta area com o inglês que tenho não conseguiria nada😦
        Mais uma vez obrigada !!!!

      • Ana Paula Marques julho 15, 2013 às 4:46 pm #

        Oi Ligia, acho difícil recomendar um tipo de emprego. Acredito que vc deve procurar algo que vc goste de fazer dentro das oportunidades que aparecerem…

        Tem muita vaga de babá aqui mas se vc não gostar de crianças não vai dar certo. Tem também boas oportunidades para vendedores mas se vc não tiver talento para vendas não vai funcionar.

        Então na minha opinião o ideal é procurar por algo que vc não faça só por obrigação.

        Espero ter ajudado. Abraços!

      • Vilhena agosto 7, 2013 às 8:55 pm #

        Oi Ana, moro aqui na Amazônia e pretendo fazer um curso de inglês na Irlanda junto com minha esposa, para montarmos uma agência de turismo aqui na região, na verdade nosso inglês é zero, porém não vamos precisar trabalhar uma vez que temos uma reserva de grana razoável, o que tá pegando é que temos um filho de 9 anos, você pode me da´uma luz como proceder nesse caso com criança. Pode mandar direto pro meu e-mail: vilhena@inpa.gov.br

        Fico no aguardo, grato

        Vilhena

      • Ana Paula Marques agosto 11, 2013 às 4:16 pm #

        Oi Vilhena, desculpa não responder o seu comentário antes, mas eu estava buscando informações para não te falar nenhuma besteira.

        O que eu achei no site da imigração irlandesa é o seguinte, “Como regra geral, estudantes não-europeus não tem o direito de trazer sua família com eles. Cônjuges e filhos devem solicitar autorização (visto) para viver na Irlanda por si próprios”.
        Em outras palavras, significa que não é porque você e sua esposa têm um visto de estudante que automaticamente o seu filho terá direito de viver na Irlanda. Vocês terão que solicitar um visto para ele também.
        Eu, honestamente, não sei como você faz para tirar um visto para uma criança, mas acredito que se vocês conseguirem matrícular o seu filho em uma escola irlandesa, vocês podem pedir um visto de estudante para ele também.
        Você vai achar mais informações sobre esse assunto no site da imigração, nestes links aqui ó: http://goo.gl/V8N7n0 e – http://goo.gl/2HSZWG

        Espero ter ajudado de alguma forma. Abraços!

  8. Rômulo Zagnoli julho 10, 2013 às 7:47 pm #

    Ana,
    vê-se bem que você dá muitos conselhos e informações na Escola de Inglês em que trabalha também. Estou certo?
    Muito obrigado pelo seu texto. Tenho a intenção de viajar para a Irlanda mas não tinha muitas das informações que gostaria.
    Estou conversando com uma agência de intercâmbio mas a maior parte das informações que você passou, tanto no texto quanto nos comentários, eles OU não sabem OU omitem.
    Muito obrigado mesmo.

    P.S.: Favoritei seu blog.

    • Ana Paula Marques julho 10, 2013 às 7:58 pm #

      Obrigada pelo seu comentário, Romulo! Fico muito feliz com feedbacks como o seu.

      Na escola, eu trabalho também com suporte ao aluno, os ajudando em todos os assuntos e depois de dois anos como aluna e mais um de trabalho já acumulei algum conhecimento no assunto😉

      Se tiver alguma dúvida que eu possa te ajudar será um prazer! Abraços!

      • Romulo Zagnoli julho 15, 2013 às 11:48 am #

        Ana,
        Sobre o mercado de trabalho, você comentou algo sobre loja de sapatos. É possível conseguir emprego em lojas, seja de roupas, sapatos ou qualquer outra coisa?

      • Ana Paula Marques julho 15, 2013 às 4:39 pm #

        Oi Rômulo, desde que vc tenha um inglês bom o suficiente para convencer o cliente a comprar o seu produto ou para entender o que ele está procurando, há sim vagas em lojas.

        Mas não adianta chegar aqui com ZERO inglês e colocar a culpa na econômia por vc não conseguir emprego.

        Abraços Ana!

      • Romulo Zagnoli julho 16, 2013 às 8:39 pm #

        Ana,
        Uma ultima pergunta.
        Desculpe o incomodo constante! 😊
        O governo Irlandês pede que o estudante entre no pais com 3000 Euros para comprovar que temos como nos sustentar durante o tempo mínimo de seis meses. Isso nos dá 500 Euros ao mês.
        Com 500 Euros ao mês é possível ter uma vida em Dublin durante esse período? Acredito que todos que nos lêem devem ter duvidas quanto ao custo de vida Irlandês.

      • Ana Paula Marques novembro 8, 2013 às 11:18 pm #

        Oi Rômulo,

        já viu o post sobre o custo de vida na Irlanda?

        https://sabaticandoemdublin.wordpress.com/2013/08/29/custo-de-vida-na-irlanda/

        Espero que vc goste! Abraços

      • sergio nogueira soares setembro 7, 2015 às 4:29 pm #

        Ana boa tarde!

        Sou Sérgio Nogueira. 50 anos. já morei nos USA em 2005, trabalhos como entrega de jornal, trabalho em restaurante e mcdonalds.Sou formado em ADM de empresas. Fiquei sabendo que na Irlanda estão acolhendo imigrantes da Síria; Gostaria de saber sobre a possibilidade de me encaixar nesta oportunidade. Tenho vontade de morar na Irlanda. Meu inglês é básico e tenho disponibilidade de trabalhos diversos. Abraços.
        sergiosoaresmg@hotmail.com

  9. Salmom julho 13, 2013 às 3:11 pm #

    Ana, Boa Tarde!
    Adorei o seu blog!
    Planejo fazer intercâmbio daqui 4 anos, ao término da minha faculdade. Já estou juntando dinheiro. meu receio é com meu inglês que é básico e tenho medo de não encontrar trabalho.
    você me recomendaria algum curso focando a conversação durante estes 4 anos que faltam pra eu me formar aqui no Brasil?
    Obrigado!

    • Ana Paula Marques julho 15, 2013 às 5:26 pm #

      Oi Salmon, obrigada pela visita!

      Olha, eu recomendo que vc estude antes de vir. Não importa se com professor particular, aula de conversação ou por conta própria em casa.

      O ideal é vir com algum inglês. Qto melhor inglês mais fácil conseguir um emprego legal. Boa sorte!

      • Salmom julho 15, 2013 às 5:34 pm #

        Ana,
        Obrigado pela resposta.
        como eu trabalho e estudo não tenho muito tempo livre para fazer curso, Então, pretendo estudar em casa mesmo.
        Obrigado pelas suas dicas!

  10. Leila Bahyer julho 21, 2013 às 5:24 am #

    Olá Ana! Parabéns pelo seu texto. Gostei muito da sua franqueza!
    Estou pretendendo ir para Dublin no ano que vem, por volta de março ou abril. Pesquiso todos os dias informações sobre o país e as oportunidades de trabalho. Sei que todos dizem que não é fácil conseguir emprego na sua área, mas pra quem já não consegue aqui no Brasil, acho que isso não é novidade. Afinal a carreira de musicista não é fácil por aqui. Sou cantora lírica. Não consegui encontrar muita coisa a respeito de música erudita. Será que vc poderia me ajudar? Sei lá, vc sabe se existem casas ou teatro onde acontecem montagens de óperas, ou recitais de cantores e corais profissionais? Puxa, agradeceria se pudesse dar qualquer dica. Adoraria trocar e-mails com vc, pra saber mais informações. Afinalnão consegui contato com nenhum brasileira que estivesse na Irlanda.
    Segue meu email: leilabahyer@hotmail.com. Também pode me adicionar no facebook se quiser.

    Abraço, Leila Bahyer

    • Ana Paula Marques julho 21, 2013 às 5:08 pm #

      Oi Leila, a sua área é bem específica e, para ser honesta com você, eu tenho bem pouco conhecimento sobre esse mundo.

      A minha dica para você é dar uma olhada em alguns site como:
      Opera Theatre Company – http://www.opera.ie/
      http://www.lyricoperaproductions.com/home.php
      http://www.dyoc.eu/
      http://www.drawingroomopera.com/

      Se você tiver algum conhecimento em inglês pode mandar email para eles perguntando se eles têm grupos e como fazer parte. Diga para eles exatamente o que você contou aqui, que pretende morar em Dublin e gostaria de fazer parte de algum grupo de música erudita. Acredito que eles poderão te ajudar melhor do que eu.

      Desculpe não conseguir te ajudar mais! Boa sorte!

      Abraços!

      Ana

  11. Ludmila julho 31, 2013 às 7:27 pm #

    Olá, Ana!
    Legal o seu texto. Eu estou pensando em ir pra Irlanda ficar um tempo, mas estou cheia de dúvidas. Vc foi como? Vc tinha algum vínculo com algum curso de inglês? Eu andei dando uma olhada nesses programas de intercâmbio que te dão a possibilidade de estudar e trabalhar, mas eles são mto caros! Por outro lado, como eu posso adquirir o direito de trabalhar? Eu só tenho passaporte brasileiro e apesar de ser formada em Letras, não estava pensando em procurar algo na minha área pq sei que deve ser bem mais difícil. Minha dúvida principal é: como eu devo buscar um trabalho lá? Será que eu devo aplicar para alguma vaga daqui do Brasil? Ou é melhor já estar lá? E nesse caso, eu tendo uma proposta de emprego eu consigo obter o visto ou para tentar uma oferta eu já preciso ter o visto de trabalho?
    Obrigada!

    • Ana Paula Marques julho 31, 2013 às 8:10 pm #

      Oi Ludmila,
      para vc poder trabalhar na Irlanda, vc tem que, obrigatóriamente, estar matrículada em um curso (inglês ou profissionalizante) de, pelo menos, 25 semanas de duração e 15 horas semanais.
      Os programas de intercâmbio realmente são caros, mas eles são a garantia de que vc poderá trabalhar legalmente.

      Não venha com a esperança de conseguir uma proposta de emprego que te dará o visto de trabalho pois isso é muuuuuuuuito difícil de acontecer. Não é assim que funciona.

      Primeiro vc tem que ter uma “permissão” para trabalhar, que no caso seria o visto de estudante, daí vc consegue um emprego.

      Se vc quiser vir, venha com um curso comprado ou vc terá problemas com a imigração.

      Abraços e boa sorte!

      • Ludmila agosto 2, 2013 às 5:20 pm #

        É, realmente, eu imagino que seja. É porque eu li num outro blog onde o rapaz dizia que era melhor aplicar daqui pra já ir pro país com o contrato certo, mas aí talvez dependa do tipo de emprego.
        Vc conhece algum curso que vc possa me indicar ou que não seja tão caro?
        Obrigada!

  12. Washington Silva agosto 2, 2013 às 3:46 am #

    Oi Ana Boa noite, gostei muito do texto estou estudando inglês com foco em conversação, estou pensando em ir para Irlanda ano que vem, quanto custa o curso de inglês já que é uns dos caminhos para conseguir um emprego e questão de moradia é fácil de conseguir mesmo não tendo um emprego fixo nesse período que a pessoa está estuando inglês na Irlanda, desde já agradeço pela atenção.

    • Ana Paula Marques agosto 7, 2013 às 4:06 pm #

      Olá Washington,

      Um curso de inglês de 25 semanas (1 ano de visto) custa entre Mil e 1. 500 Euros. Você vai achar cursos beeeem mais baratos que isso. Tem escola que cobra cerca de 500 Euros, mas essas escolas normalmente são de péssima qualidade e eu não recomendo você a estudar em uma escola muito barata.
      Eu tive uma péssima experiência com uma escola barata – Dá uma olhada no post aqui – https://sabaticandoemdublin.wordpress.com/2012/07/10/success-college-is-a-joke/#more-553

      Quanto à questão de moradia, você não precisa ter emprego para conseguir alugar uma casa. O que normalmente os “landlords” (proprietários das casas) pedem é uma carta de referência que comprove que você está estudando em Dublin. A sua escola poderá te dar essa carta.

      Abraços!
      Ana

  13. jorge ojeda agosto 3, 2013 às 7:02 pm #

    Oi boa tarde, Ana, gostei muito do seu blog….. Parabens!!!
    eu sou Jorge e queria estudar inglês e trabalhar pra lá, na Irlanda o mês que vem. Queria saber quanto custa a passagens, os gastos, em geral, entendeuh…
    E no meu caso do cv, é de primeiro emprego, mas assim não vou me dar braços a torcer, porque pensou em um Deus que td pode, e ai tenho só passaporte brasileiro…
    obrigado e espero uma resposta de vc, muito agradecido… boa sorte!
    e tbm pedir um favor seu, queria trocar email, tá bom é elchico_moda01@hotmail.com

  14. Alan agosto 7, 2013 às 6:29 am #

    Oi Ana,
    Muito legal as suas experiencias e dicas! Faz 3 anos que ensino inglês em cursinho (um cursinho forte, até). Não sou formado em letras (tenho cursos profissionalizantes de telemarketing, patologia, empreendedorismo, gosto de aprender diversas atividades), até tenho técnico de telecomunicações mas nem ligo pra isso rsrs.
    Gosto de idiomas, já fui T.I., já fui homem de área na indústria offshore… ja fiz panfletagem…
    Uma vez quase consegui uma vaga de recepcionista no hotel sheraton, com salário em torno de R$1.100,00. Pra quem tem inglês fluente, trabalhar em hostel é fácil? Quanto se paga mais ou menos, aí? E a pergunta que nao quer calar: Dá pra pagar aluguel + alimentação + contas aí com o salario de hotelaria?
    Obrigado!

    • Ana Paula Marques agosto 7, 2013 às 4:20 pm #

      Oi Alan,

      se o seu inglês é bom, acredito que você consiga emprego na área de hotelaria com facilidade.
      Se você tiver experiência nessa área no Brasil, melhor ainda. A minha dica é que você traga uma carta de recomendação/referência de algum lugar que você tenha trabalhado (um hotel ou hostel), especialmente se for uma rede internacional irá te ajudar muito.

      Quanto ao salário, o valor mínimo oficial é de 8.65 euros por hora. Mas todo mundo sabe que existem algumas empresas que pagam menos do que isso e tem gente que aceita com medo de não conseguir coisa melhor. Não sei se você deu uma olhada nesse outro post, mas talvez seja interessante para você. – https://sabaticandoemdublin.wordpress.com/2012/06/18/prefiro-minha-parte-em-dinheiro/

      Se você trabalhar 20 horas semanais (o que é permitido por lei), no final do mês você vai receber 692 Euros (sem descontar taxas). Dá sim pra se sustensar com esse salário.

      Em breve vou escrever um texto sobre o custo de vida em Dublin. Espero que ajude a sanar as suas dúvidas. Fique de olho no blog!

      Abraços, Ana

  15. Laura agosto 12, 2013 às 3:54 pm #

    Ana,
    Estou me formando em publicidade e propaganda em janeiro e gostaria de passar o próximo ano fora.
    nas agências da minha cidade só encontrei a possibilidade de estudar inglês e trabalhar, mas como já morei um ano nos estados unidos quando era menor e sigo praticando sempre que possível, meu nível de inglês é bom, então não sei se é o ideal, por não me acrescentar muito, mas também penso que poderia facilitar a busca de emprego.
    O que tu me recomendaria?

    Obrigada

  16. Nilo San agosto 14, 2013 às 11:38 pm #

    Oi Ana.
    Pretendo fazer intercambio para Irlanda- Dublin, queria saber se há emprego, pois todas as agencias de intercambio me diz que há muita vaga de emprego, sendo que vai depender de mim. Hoje no Brasil trabalho em um hotel onde sou garçom e meu primo é recepcionista, há muitas vagas de garçom em Dublin? Vai viajar eu e meu primo, ja estamos com uma renda adequada para nós equivalente a 7 mil Euros. Queria saber caso nós não conseguimos emprego durante o período do meu curso, se dar para eu e ele viver durante um ano? claro economizando né. Que agencia de intercambio você me sugere, pois a maioria que estou pesquisando falam que não é para eu ir para Irlanda devido que o inglês de lá, não é mesmo do inglês do Canadá e E.U.A, pois o Inglês americano são bons para negócios. E hoje o mercado de trabalho para estrangeiro aí em Dublin está bom? Pois as mesmas agência de emprego me diz que está um pouco quebrado devido a crise econômica Europeia. Creio que essas agências querem que nós ficamos com do Canadá, pois com certeza que a comissão do agenciador será melhor apesar do preço absurdo cobrado. Eu pretendo ir em Janeiro de 2015. Estando lá na Irlanda tenho chance de fazer um curso superior? Pois não tenho aqui no Brasil. Pretendo passar uns 03 ou 04 anos. Lembrando que meu Inglês é básico-intermediário, sendo que tenho intermediário em Italiano, isso ajuda bastante para encontrar emprego? Obrigado pela ajuda.
    É maravilhoso seu blog, pois esclarece muita as nossas dúvidas para quem pretende viajar para Irlanda. Parabéns.

    • Ana Paula Marques agosto 17, 2013 às 8:23 pm #

      Oi Nilo,

      esse negócio de “não vai pra Irlanda que o inglês não é igual” é bullshit.

      Uma vez que vc aprende inglês, seja na Irlanda, nos EUA, na África do Sul ou na Austrália, vc consegue se comunicar com qualquer pessoa que também fale inglês, sejam eles japoneses, alemães ou pasquitaneses. Apenas 20% do vocabulário é diferente. Americanos chamam berinjela de eggplant e os britânicos e irlandeses chamam de aubergine, por exemplo. Acho que isso é desculpa da agência mesmo para te vender um curso mais caro.

      Eu acho que 7 mil Euros é um valor razoável para um ano. Tem que se segurar, porque nos primeiros meses tudo é novidade e a gente acaba gastando muito com baladas e passeios. Economizando a grana dá! E trabalho tem, é só se esforçar para melhorar o inglês e não desistir quando as coisas paracerem difíceis. Mas eu não sei qual são as suas expectativas e até 2015, quando vc disse que vem, tudo pode estar bem diferente.

  17. Tabata Proença agosto 18, 2013 às 8:15 pm #

    Olá Ana, realmente de muito valia seu Post…
    Chego em Dublin no final de Outubro, meu inglês realmente é zero…
    Estou ciente das dificuldades e pronta para enfrenta-las, mas preciso de um emprego…
    Vc acha possível que em dois ou 3 meses de curso eu consiga me comunicar, o básico para participar de uma entrevista ??
    Obrigadaaaaa

    • Ana Paula Marques setembro 30, 2013 às 7:34 pm #

      Oi Tabata, desculpe a demora em responder o seu comentário.

      Se você se esforçar, estudar em casa nas horas vagas, procurar fazer amizades com outros estrangeiros.(não ande apenas com brasileiros!), dá sim para aprender o suficiente para uma entrevista de emprego.

      O primeiro mês é um pouco difícil porque você ainda não vai estar acostumada com o sotaque irlandês, mas você vai que em pouco tempo tudo se torna mais fácil.

      Abraços!

  18. Lorinei Dilkin agosto 29, 2013 às 11:52 pm #

    Ola ! Gostei muito mesmo !
    Tenho certeza que estes argumentos todos citados farao com que muitas pessoas , inclusive eu , que estao pensando em ir para Irlanda , conseguem ter uma visao de como que realmente sao as coisas !
    Um forte abraço Lorinei Dilkin

  19. Gisele Borba setembro 30, 2013 às 2:20 pm #

    Oi Ana, estou vendo uma oportunidade na Irlanda e tenho muitas duvidas a mais preocupante sem duvida é o dinheiro. Tenho um orçamento pra ir mas nada muito alto e tenho medo de não conseguir emprego. Não tenho nem um pouco de preguiça de trabalhar, até Pq estou indo pra trabalhar e estudar… Minha duvida é…. Se me dedicar, será q consigo guardar um dinheirinho de reserva para quando voltar para o Brasil não voltar com uma mão da frente e outra atras? Tenho uma filha aqui, então não gostaria de voltar ou estar lá sem garantir um dinheirinho por mês pelo menos… Caso esteja na Irlanda ainda, quero um contato seu para indicações de albergues ou empregos q conheça… Muito obrigado!

    • Ana Paula Marques setembro 30, 2013 às 2:29 pm #

      Oi Gisele,

      é muito complicado opiniar sobre esse tipo de questão. Se eu te digo que sim, que é possível juntar dinheiro e voltar pro Brasil feliz da vida e isso não acontecer pra você, você vai me odiar pra sempre.
      Então eu prefiro não criar espectativas em você. Mas eu acho que dá sim, desde que, como você disse, você não tenha medo. Não tenha medo de trabalhar, não tenha medo de errar, não tenha medo de passar vergonha, não tenha medo de tentar, não tenha medo de chorrar (pois muitas vezes da vontade de chorrar muito).
      Mas se você for batalhadora.
      Tudo depende de você corrar atrás dos seus sonhos e contar um pouquinho com a sorte.

      Mas o meu conselho é, se você tem o sonho de morar na Irlanda e aprender inglês venha.
      “Ninguém disse que a vida seria fácil, apenas que valeria a pena!”

      Boa sorte!
      Ana

  20. tabata setembro 30, 2013 às 3:19 pm #

    ola estou com vontade de ir ai tambem estudar e trabalhar sou professora aqui de educacao fisica gostaria de conversar mais pois aceito trabalho e tudo tenho o ingles basico se puder me mandar um email para conversarmos acharia melhor gostei muito da sua materia

    • Ana Paula Marques outubro 2, 2013 às 5:50 pm #

      oi Tabata,

      Educação física é uma área que, aqui na Irlanda, oferece oportunidades de trabalho para estrangeiros. Muitas academias são carentes de profissionais qualificados. A minha sugestão para você é trazer cartas de recomendação (em inglês) caso você tenha trabalhado em lugares bacanas no Brasil. Não adianta trazer carta da academia do bairro que não é possível achar nem no Google.

      Boa sorte!

      • Antonio Siqueira janeiro 4, 2014 às 8:31 pm #

        Ana Paula, você está tirando muita dúvida minha, além de afirmando coisas que já sabia. Muito obrigado. Vou aproveitar essa resposta que você deu a Tabata, e saber se na Irlanda a modalidade NATAÇÃO é praticada e tal. Sou técnico de natação e tenho uma escolinha para iniciação e treinamento. Acho que ajudaria e tenho boas recomendações. Aguardo resposta. Obrigado pela ajuda !

      • Ana Paula Marques janeiro 4, 2014 às 8:37 pm #

        Oi Antonio, fico feliz em poder ajudar de alguma forma.

        Olha só, uma coisa que eu acho que esqueci de dizer para a Tabata. É importante trazer o seu diploma traduzido, de preferência por um tradutor juramentado. facilita bastante na hora de procurar emprego. E sim, apesar do frio, muitas pessoas praticam natação por aqui.

        Boa sorte e sucesso pra vc!

  21. Eduardo Klafke setembro 30, 2013 às 7:06 pm #

    Olá, Ana! Tudo bem?

    Olha só, teria como me indicar sites para a busca de empregos? Tenho um inglês relativamente avançado, porém, estou com medo de ir praí e não conseguir trabalhar logo no início.

    Curti muito teu blog, tem umas dicas super bacanas. Abs!

  22. tabata outubro 2, 2013 às 6:49 pm #

    muito obrigado mais para validar meu diploma de educação física ai você sabe o que preciso??? E sobre educação física escolar aqui no Brasil dei aulas em escolas e de futebol e de natação essas experiências são validas ai?

  23. Thiagovfx outubro 9, 2013 às 4:45 pm #

    Olá Ana, que legal! Estou indo em Janeiro para a irlanda. Sou estudante de efeitos visuais para filmes e comerciais. Meu inglês é avançado, o que facilita um pouco. Irei tentar conseguir algo na área, mas também aberto a outras oportunidades, como você falou.. tem que começar de baixo. Mas não custa nada tentar.. como é uma área volta a informatica como você mencionou. Gostei muito do Blog. Parabénss!

    • Ana Paula Marques outubro 9, 2013 às 5:35 pm #

      Isso mesmo, Thiago. A gente deve querer sempre mais, sonhar grande!

      Boa sorte e muito sucesso pra vc! E continue acompanhando o blog.

      Abraços

  24. Larissa M Bury outubro 15, 2013 às 3:14 pm #

    Ana, encontrei seu blog hoje pesquisando sobre intercâmbios. Estava na eterna dúvida de decidir pra qual lugar eu poderia viajar, pensava em ir para os EUA. Porém, confesso que seu post me balançou um pouco…A Irlanda parece ser o lugar perfeito pra fazer o meu intercâmbio. Quero fazer uma viagem com o melhor custoxbenefício, quero trabalhar por lá, ficar um tempo fora, e não me importo de forma alguma com a área que vou trabalhar. Não sou fresca e acho que isso vai contar muito na hora de me jogar nos sub-empregos pra ao menos poder me manter enquanto estiver fora. Queria saber o que você acha sobre o clima daí, se você gosta da cidade, se é fácil arranjar um quarto pra alugar, ou seria melhor viver em residências?! Ainda não fuçei seu blog todo, por isso não sei se você já escreveu sobre isso. Se sim, me desculpe! rsrsrsrs Vou fuçar ele todinho agora, e também me inscrever!
    Muuuuuito obrigada!
    Beijos
    (larissabury@hotmail.com)

    • Ana Paula Marques outubro 15, 2013 às 9:55 pm #

      Oi Larissa,

      obrigada pela sua visita!
      Eu gosto muito de Dublin, apesar do frio…hahaha No começo o frio maltrata mesmo, mas a gente acaba acostumando. Ano passado fui passar o Natal e Ano Novo no Brasil e quase morri de calor. É tudo uma questão de adaptação, e de comprar muitos cachecóis.

      Olha só, seu eu tivesse que escolher entre os EUA e a Irlanda, não tenho nenhuma dúvida que eu escolheria a Irlanda. Não sei para onde nos EUA você está planejando ir, mas, na minha opinião, os Irlandeses são muito mais hospitaleiros que os americanos. E se você gosta de viajar, estar na Europa, pertinho de Paris, Berlim, Roma, faz muita diferença.

      No meu About eu conto os vários motivos porquê escolhi a ilha esmeralda.

      O único porém aqui é que, por ser um lugar tão bacana, tem brasileiro demais. Taí um ponto positivo para a “América”(De repente é igual, brasileiro tem às pencas em tudo quanto é lugar, né?)

      Enfim, não quero influenciar a sua decisão, mas caso você escolha a Irlanda, tenho certza que você não vai se decepcionar!

      Abraços e continue lendo o blog!😉

  25. Gilmar outubro 18, 2013 às 5:36 am #

    Olá Ana,
    em primeiro lugar obrigado por compartilhar sua experiência de vida no exterior conosco… isso com certeza irá ajudar muitas pessoas que pretendem fazer um intercâmbio, mas ainda não se decidiram sobre qual país, tempo de curso, etc.
    E em segundo lugar, eu gostaria de saber se existe algum limite máximo de idade para um estudante conseguir trabalho na Irlanda? Ouvi dizer alguma coisa entre 18 e 30 anos, e fiquei meio decepcionado porque já tenho 33 anos e me considero totalmente apto ao trabalho… Apesar de ser formado em TI (Tecnologia da Informação), sei que logo de início chegando na Irlanda, não vou conseguir nada na minha área, mas não me importo em começar por baixo trabalhando em outra área, pois meu principal objetivo será melhorar o meu inglês que por sinal encontra-se no nível pré-intermediário. Sendo assim, acredito que um ano de intercâmbio será o suficiente para me tornar fluente no inglês, então durante esse período seria muito bom poder estar trabalhando para ao menos poder ajudar nas despesas…
    Mais uma vez agradeço e aguardo sua resposta!!!

    Abraços ;D

    • Ana Paula Marques outubro 18, 2013 às 8:48 am #

      Olá Gilmar, obrigada pela visita!

      Não sei onde vc viu a informação de que existe idade máxima para estudante trabalhar na Irlanda, mas não tem nada a ver com a realidade. A idade média das pessoas que vêm estudar e trabalhar na Irlanda fica na faixa de 24 a 35 anos.

      Inclusive eu conheço um brasileiro, não sei exatamente a idade de dele, mas diria que ele tem mais de 45 anos, que em dois meses morando em Dublin conseguiu emprego e com inglês mediano. Como ele conseguiu isso? Com força de vontade!

      Um dia ele passou em frente a um bar que ainda não tinha aberto (estava em reformas) e se ofereceu para ajudar. Pintou as paredes, lixou e envernizou as mesas de madeira, instalou lâmpadas e tudo mais que o lugar estava precisando para ficar pronto.
      Com simpatia e vontade de trabalhar, conquistou a confiança do dono do estabelecimento e, depois que o bar foi aberto, ele conseguiu emprego de kitchen porter (ajudante de cozinha).

      Ele trabalha nesse bar até hoje e já conseguiu juntar dinheiro para trazer o filho para estudar aqui também.

      História inspiradora, não? Portanto não se abata com nenhuma história negativa que você ouvir por aí, muitas as informações que a gente lê não fazem o menor sentido.

      Boa sorte e sucesso para você, meu jovem!

  26. Jane outubro 22, 2013 às 7:07 pm #

    Oi Ana Paula! meu noivo e eu estamos planejando ir p Dublin em abril de 2014 e eu particularmente tenho mto receio qto à questão de trabalho, tenho lido q as coisas já não estão mais fáceis por aí como eram antes, há uma legião de estrangeiros chegando o tempo inteiro e as vagas estão cada vez mais escassas e exigindo mais dos candidatos, até mesmo as funções mais básicas. Só não fico mais receosa pq ele está tirando a cidadania portuguesa e vamos legalizar nossa união estável antes de viajarmos, sei q isso facilita o acesso ao visto de trabalho, que desobriga o imigrante a permanecer estudando e facilita acesso a trabalhos full time e com melhor remuneração. Posteriormente darei também entrada a meu processo de cidadania vinculada à dele. Vc já conseguiu o seu? foi difícil? abraços.

  27. Rebeca de Andrade outubro 28, 2013 às 1:53 am #

    Oi, Ana Paula! Gostaria de saber se há mercado para quem trabalha com moda ( figurino) ? Ah, adoro seu blog! Tira muitas dúvidas que eu tenho sobre a Irlanda!!
    Abraços!!

    • Ana Paula Marques outubro 29, 2013 às 9:14 pm #

      Oi Rebeca,
      Obrigada pela visita e pela confiança nas informações que eu publico no blog!!!

      Infelizmente eu não tenho conhecimento sobre todos os campos de trabalho na Irlanda.

      Mas tenha em mente que a Irlanda é um país bem pequeno, com um pouco mais de 6 milhões de habitantes e algumas áreas, quando mto específicas, oferecem um número bem reduzidos de vagas de trabalho.

      Mas tudo depende da sua qualificação, experiência e conhecimento do inglês.

      De qualquer forma, boa sorte!

  28. Elba Andrade outubro 30, 2013 às 2:22 am #

    OLA ANA
    ME CHAMO ELBA SOU FORMADA EM BIOMEDICINA SOU ESPECIALISTA EM CITOLOGIA (FAÇO DIAGNOSTICO DE CANCER DO COLO DO UTERO) MEU INGLES E BASICO…SERA QUE EXISTE A POSSIBILIDADE DE TRABALHAR NESSA AREA NA IRLANDA?
    ADOREI SEU BLOG…OBRIGADA ELBA

    • Ana Paula Marques novembro 8, 2013 às 11:25 pm #

      Oi Elba,

      sinceramente eu acho difícil, com o visto de estudante, vc conseguir trabalho em uma área tão especializada e específica.
      Conheço uma garota que está fazendo um estágio em um laboratório de pesquisa na Universidade Trinity College. Ela veio com uma bolsa de estudos do programa “Ciência sem Fronteiras” que tem parceria com a Trinity.
      Talvez esse programa também seja interessante para você.
      http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf

      • Juliana Moreno fevereiro 11, 2016 às 10:29 pm #

        Olá Ana, eu tenho a mesma formação da Elba, estou pensando em fazer um intercambio, e tentar algo em laboratório, pois tenho experiencia aqui no Brasil. Sera q vc poderia passar o contato dessa garota que faz estagio nessa universidade pra que eu possa tirar dúvidas?
        Adorei o post, muito esclarecedor, imagino o qto tenha sido dificil sua chegada aí, sei como é trabalhar aos fins de semana, e em horarios terríveis, eu tbm ja passei por isso, aqui no Brasil com formação superior e tudo mais.

  29. Ana Paula Marques novembro 8, 2013 às 11:20 pm #

    Oi Jonathan,
    dê uma olhada no post sobre o custo de vida na Irlanda.
    https://sabaticandoemdublin.wordpress.com/2013/08/29/custo-de-vida-na-irlanda/
    Acho que vai ajudar a tirar a sua dúvida.

    Abraços!

    • Jonathan Turetta julho 17, 2014 às 9:54 pm #

      Oi Ana, tudo bem? Te encaminhei um e-mail e acredito que você não tenha lido. Você poderia, por gentileza, excluir minhas participações nos comentários deste artigo?

      Obrigado!

  30. Mariana Monteiro Loureiro novembro 18, 2013 às 1:31 pm #

    Estou surpresa e feliz por ter encontrado uma pessoa tão disposta a orientar outras pessoas, com tanta boa vontade. Acho esse assunto um tanto complicado… Quem não quer melhorar de vida, ter mais oportunidades e conhecer coisas novas?
    Eu sempre tive esse sonho! Sempre quis sair do meu país, morar fora, principalmente na Europa. É sonho mesmo! Mas tenho medo, muito medo de passar humilhação, fome…
    Estou noiva e meu noivo tem amadurecido a ideia de sairmos do país e tentar a vida lá fora. Já é um ponto a favor, né.
    Você está a quanto tempo aí? Existe a possibilidade de viver pra sempre aí com o tipo de visto que você tem ou uma hora tem que voltar?
    Gostei da sua clareza pra falar sobre isso. Será que poderíamos conversar mais por email?

    Muito, muito obrigada pela sua atenção.

    Mariana Monteiro

    • Ana Paula Marques novembro 18, 2013 às 1:57 pm #

      Oi Mariana,

      Obrigada pela visita!

      Eu moro em Dublin há um pouco mais de 3 anos. Vim para estudar inglês por um ano e acabei ficando. Conheci uma pessoa muito especial, que hoje é meu namorado. Ele é irlandês e me ajudou muito em todas as fases difíceis.

      No momento, eu tenho Stamp 4, que é a permissão de trabalho (não preciso mais estudar se eu não quiser) e as coisas estão começando a melhorar.

      Para quem tem o visto de estudante e está estudando inglês, o máximo que pode ficar na Irlanda 3 são anos. Depois desses 3 anos, você obrigatóriamente tem que se matricular num curso de graduação ou pós-graduação.

      Vou contar tudo direitinho como funciona esse processo e como eu consegui meu Stamp 4, em breve em um post. Assine no final da página do blog para receber novos posts por email.

      Não desista do seu sonho!

  31. Vanessa novembro 25, 2013 às 10:01 pm #

    Olá, tenho muita vontade de realizar um intercâmbio, porém tenho medo e não tenho tanto dinheiro assim, se tivesse a certeza de que conseguiria um emprego rápido e desse para pagar as contas, talvez até fosse, o que fazer, qual a dica que vc pode me dar?

    • Ana Paula Marques dezembro 1, 2013 às 7:56 pm #

      Oi Vanessa,

      certeza que você vai arrumar emprego nem eu nem ninguém pode te dar. Menos ainda que você vai conseguir rápido.
      Hoje, andando no centro de Dublin, eu vi pelo menos umas 4 plaquinhas de anúncio em lojas e restaurante procurando gente para trabalhar. Essa época do ano (Natal, Ano Novo) é especialmente boa para arrumar emprego. O que eu quero dizer é que emprego tem, mas eu não tenho como te dizer em quanto tempo você vai conseguir um.
      Mas se o seu sonho é fazer um intercâmbio, batalhe para realizá-lo! Bjs

  32. João novembro 30, 2013 às 12:36 pm #

    Olá Ana Paula

    Agradeço pelo texto claro e direto. Gostaria de saber se quando chegou aí já conhecia alguém ou já tinha lugar para ficar. Estou pensando em passar 6~9 meses por aí estudando e, se possível, trabalhar para diminuir um pouco os custos. Estava pensando em ficar em um hostel, acha que vale a pena?

    • Ana Paula Marques dezembro 1, 2013 às 7:52 pm #

      Oi João, eu vim para a Irlanda sozinha, tinha um conhecido aqui na época, mas não vim contando com a ajuda dele não. No início eu fiquei na casa da escola que não era muito bacana (veja o post que eu conta como era), mas a experiência me ensinou muito. Eu acho que hostel é bom por um curto período de tempo, de até 3 semanas no máximo. Você acaba conhecendo gente do mundo todo…
      Mas seis ou nove meses dividindo quarto com até 10 pessoas não é legal. Por mais que hostels tenham lockers para você guardar seus pertences, ja ouvi caso de gente que tiveram coisas roubadas. Fora que você não pode desfazer as malas nunca. E se você for uma pessoa que gosta de tranquilidade, hostel não é exatamente um espaço calmo e quieto se quiser estudar, por exemplo, pois sempre vai ter gente entrando, saindo e fazendo festa.

      Espero ter ajudado. Abraços!

  33. lana lacerda dezembro 18, 2013 às 3:31 am #

    oi Ana, gostei do seu texto resumindo suas experiências na irlanda. tenho vontade de morar aí por um curto período que fosse. quero saber se vc providenciou vistos por agência de viagem (tipo aquelas de intercâmbio) ou foi por conta própria? como é possível arrumar um emprego simples aí, como babá por exemplo sem a ajuda de uma agência ou indicações? obrigada!

  34. Gilson Junior dezembro 18, 2013 às 3:32 am #

    Oi, Ana

    Eu estava com planos de ir com a minha namorada para Austrália, porém, houve mudanças nos nossos planos. Pesquisei muitas agências e os valores para passar 6 meses lá, são bem salgados. Optei por Dublin, em virtude de um ex prof de inglês meu, convidar para ir no meio do ano que vem (2014). Fiz uma simulação em um site de uma agência, para estudar 6 mêses em dublin na escola English Language Academy, custa em torno de R$3,800 reais. Você conhece essa escola? Meu nível de inglês é ”BASICÃO” e também acredito que não preciso estudar em uma escola TOP, pois já estarei vivenciando o inglês mais do que no Brasil. Óbvio que uma escola bem estruturada, conta muito. Sou o tipo de pessoa que aprendo na marra mesmo hehehe! Gostaria de saber os bairros mais em conta de morar e que não seja distante do centro da cidade. Na Austrália, o mais em conta é alugar quartos, em média $150 por semana. Queria saber se em Dublin é o mesmo sistema para moradia. Até o momento era isso. Quero parabeniza-la. Muito atenciosa com todos os que deixam perguntas para você!

    Sucesso em 2014!

    Aguardo teu retorno.

  35. YEN janeiro 17, 2014 às 4:52 am #

    OI ANA,
    Gostei demais do seu blog vc uma guerreira! sei o que é isso que vc viveu,pois eu sou africano ,de um pais chamado TOGO, e vivo no Brasil ,hà 10 anos! o inicio pra mim aqui foi pedreira tbm.morei 3 anos em Paris, e sei como é a réalidade na europa, como pensa o europeu a respeito dos estranjeiros que moram ou trabalham no seus paises…passei por tudo aquilo que vc passou, por isso digo que vc é uma grande batalhadora,e vencedora! Parabens!
    Sempre fui facinado por 3 paises na minha vida,:BRASIL,IRLANDA,CANADA:eu gostaria muito de ir trabalhar por alguns anos ai no norte da irlanda,pois eu adoro o frio…seria bom eu jà sair daqui,com um visto de trabalho,a convite de um a empresa.Sei que isso é MEGA-DIFICIL,mais depois da experiencia dificil de imigraçao no brasil e na frança, prefiro sair daqui dessa forma;Falo fluentement o ingles , e espagnol,e perfeitamente bem o francês! trabalhei no ramo hospitalar como motorista de ambulancia,e como motorista de caminhao! Quero saber se posso achar emprego como caminhoneiro nas regioes geladas da irlanda,ou como motorista de ambulancia? pode ver endereço de algumas empresas pra mim? obrigado !.

    • Sílvia Pires novembro 21, 2014 às 9:54 am #

      Olá. Estou a ler o seu comentário e não poderia deixar de lhe dizer algo. Eu sou Portuguesa, com familia no Brasil. Vivo na Suíça faz mais de 2 anos e em Fevereiro de 2015 vou para o Togo. Irei ficar lá 1 ano, porque pretendo fazer uma acção humanitária na minha área de estudos: Radiologia Médica e Aide-Soignante. Se você me fala-se um pouco do seu país eu ficaria muito feliz. Obrigada, Sílvia🙂

  36. Fernando Fernandes janeiro 26, 2014 às 9:52 pm #

    ola
    Ana tudo bem
    entao li seu texto e axei interessante pois passei 10 dias de ferias em dublim na irlanda e gostei muito do pais e estou interessado em morar no pais vc pode me indicar como faco pra eu alugar casa,e se e dificil conseguir visto ja que nao vou entrar no pais como estudante estou meio perdido.
    obrigado

  37. Ana Carolina Passos Couto janeiro 28, 2014 às 2:02 am #

    Olá, eu pretendo ir pra irlanda ano que vem, mas estou muito preocupada com a dificuldade de achar emprego lá, pois se eu não tiver como me sustentar sozinha vou acabar voltando para o Brasil porque meus pais não vão me mandar dinheiro.
    Eu não ligo se tiver que trabalhar em caixa de supermercado, loja de roupas, recepcionista, e é isso mesmo que vou procurar por lá. Para empregos mais simples como esses que eu citei, é fácil achar?

  38. MARIA DO CÉU RODRIGUES DE PAIVA janeiro 30, 2014 às 11:38 am #

    OLÁ EU SOU PORTUGUESA , MEU NOME É MARIA DO CÉU E GOSTARIA DE LHE PERGUNTAR SE PARA UMA CIDADÃ EUROPEIA COMO E COM O CURSO DE AUXILIAR DE AÇAO MÉDICA (GERIATRIA) SE SERIA DIFICIL ARRANJAR TRABALHO. O MEU INGLES É MUITO BOM (ENTENDIVEL) JÁ FUI EMIGRANTE NA HOLANDA E AGORA ESTOU NO LUXEMBURG MAS AQUI É PIOR 1000 VEZES PIOR QUE NA HOLANDA PARA ACHAR TRABALHO, É PRECISO SABER 3 LINGUAS FLUENTES E O MEU FRANÇES NAO É MUITO BOM, POR ISSO COMO TENHO UM INGLES BOM , PEDIA-LHE SE ME PUDESSE DAR ALGUMA INDICAÇAO NESTE SENTIDO FICAR-LHE MUITO GRATA. OBRIGADA.

  39. Marcelo Barbosa fevereiro 18, 2014 às 11:16 am #

    Parabéns, Eu precisava saber de tudo oq vc falou !
    Gostaria de saber como vc conseguiu ir ?
    estou estudando alguns planos para ir e quero o máximo de informações possíveis para não ser pego desprevenido !
    desde ja muito obrigado !

  40. Aline fevereiro 19, 2014 às 7:28 pm #

    Olá, estou gostando muito do blog, gostaria de saber se pode me ajudar. Minha intenção é ir para aprender inglês, pois o meu é básico do básico. Quero também trabalhar, mas irei com alguma reserva para me manter até meu inglês me dar um mínimo de conversação. Estou pensando em ir para ficar em casa de família. ( que o curso oferece por 1 mês e depois eu terei que procurar lugar para morar). Se for, serão 6 meses de estudo e o dobro de férias de estudo – acho que é isso, irei sozinha, sem conhecer ninguém, sem saber a língua. Aqui, sou formada em Adm e sem inglês não consigo nada bom. O que me aconselha?

  41. Rosana Pereira Bonfim fevereiro 21, 2014 às 10:54 pm #

    Oi Ana..eu sou brasileira casada com um espanhol….tenho residencia comunitaria, no meu caso seria mais facil conseguir um trabalho ai….estamos pensando em ir viver na irlanda (Galway ou Cork) Eu sei que meu marido nao tem problema mais pra mim ainda nao sei como sera…meu nivel de ingles é muito basico….eu esperaria conseguir trabalho pelo profissional que sou…de momento vivo na espanha e tenho muitas clientes irlandesas….elaa dissem que pelo meu nivel profissional eu nao ficaria V f trabalho em irlanda…..eu sou cabelereira e esteticista….vc cre que seria assim como dizem minhas clientes?…

    • Ana Paula Marques fevereiro 25, 2014 às 12:00 pm #

      Oi Rosana,
      como o seu marido é Europeu, você tem direito a aplicar para um visto de trabalho aqui na Irlanda, que aqui chama Stamp 4. Esse stamp te dará direito a trabalhar em tempo integral e também a abrir o seu negócio, caso essa seja a sua intenção.
      O processo para a obtenção do stamp 4 leva uns 6 meses, eu apliquei para o Stamp 4 ano passado e foi tranquilo. Assim que eu tiver um tempinho livre pretendo escrever um post aqui no blog sobre isso.
      Como você disse que o seu inglês é muito básico, acho que, no começo você deveria focar em clientes brasileiras, ou spanish speaker, caso você fale espanhol. Tem muitos tanto em Galway quanto em Cork, e assim que vc for ganhando confiança no inglês, vai expandindo o seu négocio para as clientes irlandesas também. Aqui não é muito comum, ainda, manicures ou cabeleiras que atendem em casa e as irlandesas adoram e se dispõem a pagar mais por essa facilidade.
      As irlandesas são realmente muito vaidosas e existe boas oportunidades de trabalho nessa área de beleza aqui na Irlanda, eu relamente acredito que não seria difícil para você arrumar trabalho não.

      Boa sorte!

      • Rosana Pereira Bonfim fevereiro 26, 2014 às 4:11 pm #

        Oi Ana..sou Rosana…poderia agregarme al whatsap si tienes…0034689935077

      • Ana Paula Marques março 6, 2014 às 10:30 am #

        Oi Rosana já te adicionei no Whatsapp mas vc não aparece como disponível. Abraços!

  42. carolina março 6, 2014 às 3:20 am #

    Boa noite, estou pensando em ir para Irlanda morar com uma amiga, é um pais caro para viver? não tenho inglês sou formada em hotelaria será que uns 2 meses consigo me vira no inglês? quanto gastaríamos em media para comer e dormir por esse período? e sobre trabalho? é melhor ir por agencia de viagens? pretendo fazer um curso de inglês.

    • Ana Paula Marques março 6, 2014 às 9:03 am #

      Oi Carolina, tem um post no blog extamente sobre custo de vida na Irlanda e todas esse perguntas que vc fez. Dá uma olhada nos post mais lidos ou na barra de busca que vc vai achar.
      Espero que as informações te ajude!

      Abraços Ana

      • carolina março 6, 2014 às 10:17 am #

        Obrigada. Mas e sobre valores Quanto precisamos levar? Vamos em duas.VC acha que devo ir com agência? Fale com sinceridade vale apena ir? E a crise? Vc acha que consigo me virar com uns 2 meses?

      • Ana Paula Marques março 6, 2014 às 10:42 am #

        Carolina, o ideal é que você venha com os 3 mil euros exigidos pelo governo irlandês mais uns 500 euros extras para o primeiro mês que você não vai poder mexer no dinheiro enquanto não chegar o extrato do banco. Quanto a agência, depende de qual agência vai contratar. Trabalho com intercâmbio há 2 anos e nesse período já vi 2 agências fecharem e deixarem os clientes na mão. Quase todas as escolas de Dublin oferecem opção de você comprar o curso sem agência e possuem funcionário que falam português para te ajudar.

        Pode ser uma boa opção para você!

      • carolina março 6, 2014 às 11:14 am #

        Obrigada. Mas que tipo de agencia curso que existe? Vc diz contatar direto a escola? Vc me indica alguma? E esse valor de 3 mil euros pode ser para duas pessoas Ou precisa comprovar cada uma? Então preciso de uns 10 mil reais fora a passagem?

      • Ana Paula Marques março 6, 2014 às 11:55 am #

        Sim vc pode contratar direto com a escola. Eu posso te recomendar algumas escolas dependendo de qto vc quer gastar. Escolas boas custam caro, tenha isso em mente.
        Os 3 mil euros é para cada uma.

        Abraços
        Ana

      • carolina março 6, 2014 às 1:04 pm #

        Nossa então fica bem caro né. Achei que seria mais barato que o Canadá, esta difícil sair do Brasil então. Mas esses 20 mil reais no caso se conseguirmos emprego conseguimos viver do salário? Eles pedem esse valor por segurança ou acabamos usando para sobreviver? Desde já agradeço sua paciência rsrsrsrs

  43. Carol março 6, 2014 às 4:28 pm #

    Olá, eu pretendo ir pra irlanda ano que vem, mas estou muito preocupada com a dificuldade de achar emprego lá, pois se eu não tiver como me sustentar sozinha vou acabar voltando para o Brasil porque meus pais não vão me mandar dinheiro. Tenho inglês nível avançado.
    Eu não ligo se tiver que trabalhar em caixa de supermercado, loja de roupas, babá, recepcionista, e é isso mesmo que vou procurar por lá. Para empregos mais simples como esses que eu citei, é fácil achar?

  44. Daniely Dias Benevides março 27, 2014 às 1:03 pm #

    Olá Ana, Gostei Muito Da Sua Experiência… Tenho 29 Anos E Estou Pensando Em Ir Para Ai Esse Ano Ainda. Meu Inglês é Básico E Eu Vou Com Meu Marido. Tem Algum E—Mail Que Eu Poderia Conversar Mais Com Voce???
    Meu E—MAiL é Daniely.Benevides@Hotmail.Com

  45. Lais Lima março 27, 2014 às 9:36 pm #

    Ola! Voce indica alguma agencia pra procurar emprego ou é tipo no jornal mesmo?

    bjs!

    • Ana Paula Marques março 27, 2014 às 10:26 pm #

      Oi Lais, tem muitas agências de recrutamento como a Noel e a Eden – da um google que vc acha – e também sites de empregos como:
      jobs.ie
      irishjobs.ie
      indeed.ie
      monster.ie

      Boa sorte!

  46. Carol março 28, 2014 às 3:43 am #

    Já perguntei aqui 2 vezes a mesma coisa e nada de me responderem ainda! Vou tentar perguntar de novo, última tentativa (me responde por favor!)
    Olá, eu pretendo ir pra irlanda ano que vem, mas estou muito preocupada com a dificuldade de achar emprego lá, pois se eu não tiver como me sustentar sozinha vou acabar voltando para o Brasil porque meus pais não vão me mandar dinheiro. Tenho inglês nível avançado.
    Eu não ligo se tiver que trabalhar em caixa de supermercado, loja de roupas, babá, recepcionista, e é isso mesmo que vou procurar por lá. Para empregos mais simples como esses que eu citei, é fácil achar?

    • Ana Paula Marques março 28, 2014 às 8:47 am #

      Carol, já perguntaram 10 vezes a mesma coisa que vc está perguntando e eu, educamente, respondi todas. Se vc ler o post e os comentários vai ter uma resposta. Mas vamos lá, como vc tem inglês avançado pode ser que seja mais fácil para você. Entretanto é difícil prever! Já vi pessoas com inglês excelente voltar antes do que tinham planejado pq não arrumaram trabalho.
      Mas o que eu acho que é que quem quer trabalhar de verdade acha emprego. Vc pode até não estar feliz, como muitas vezes eu não estava, com o seu trabalho, mas não importa, é um trabalho e é com esse $$$ que vc vai se manter por aqui e alcançar o seu objetivo maior que é melhorar o seu inglês.

      Bom é isso, espero que essa resposta te ajude! E desculpe a demore em te responder.

      Abraços!

      • Carol março 28, 2014 às 6:21 pm #

        Eu já tinha lido o post e os comentários, mas ainda não tinha tirado a dúvida exata que eu queria. Mas obrigada por responder, agora entendi.

  47. Caio março 29, 2014 às 3:59 pm #

    Primeiramente, parabéns pelo blog muito esclarecedor e objetivo. E o melhor imparcial, sem propaganda.
    Bom, uma dúvida só vou para Irlanda daqui 2 anos, e quando eu for jà estarei com 25 anos. Com essa idade é mais complicado arrumar emprego? Nunca estudei inglês, mas ja me matriculei em uma escola para estudar esses 2 anos antes d ir para Dublin. N ligo em trabalhar d faxineiro, subemprego é oq eu vou procurar.
    Alguma dica pra eu me preparar nesses 2 anos antes d ir?

    abraco.

    • Ana Paula Marques março 29, 2014 às 7:06 pm #

      Oi Caio, obrigada pela sua visita.

      A idade não influência muito na hora de procurar trabalho não, o mais importante é o inglês e se você tem alguma experiência.
      Acho importante estudar antes de vir para não chegar aqui completamente perdido. Eu já falava um pouco quando cheguei aqui, mas vejo que quem chega sem nada de inglês tem muito mais dificuldade.
      Para se preparar a minha dica é ouvir música e assistir filme – com legenda em inglês de preferência – e prestar atenção na letra e nos diálogos, ajuda muito a construir vocaculário e compreender os diferentes sotaques. E se você puder fazer um curso de inglês, melhor ainda!

      Abraços!
      Ana

  48. Fernanda março 29, 2014 às 5:25 pm #

    Oi Ana, parabéns pelo blog, muita coisa boa!!
    O post sobre trabalho é de 2013. Como está a situação de trabalho agora? Mudou muito?
    você acha mais fácil arrumar trabalho como au pair, morando com a família?
    Obrigada!

    • Ana Paula Marques março 29, 2014 às 7:02 pm #

      Oi Fernanda, você tem razão, o post já está um pouco desatualizado. A boa notícia é que de 2013 para cá a economia da Irlanda vem melhorando aos poucos, o que significa um mercado mais aquecido e mais oportunidades de emprego para todo mundo, até mesmo para os chamados “subempregos”, termo que eu não gosto muito pois acho que todo emprego é digno!
      Se tá mais fácil para arrumar emprego, quer dizer também que as famílias de classe média estão com mais dinheiro no bolso e podem voltar a contratar au pairs!
      Au pair é um cargo de confiança – afinal a gente não dá nossos filhos para qualquer um cuidar, não é mesmo? – por isso para arrumar um emprego de au pair quase sempre vale uma indicação. Então minha dica é que, quando vc estiver em Dublin, faça amizade com outras au pairs pois elas quase sempre sabem de outras famílias que estão procurando e podem te indicar para um trabalho.

      Boa sorte!

  49. Juliana abril 3, 2014 às 7:36 pm #

    Oi Ana! Primeiramente parabéns pelo texto. Estou querendo ir para Irlanda para estudar 6 meses. Pelo que eu entendi, não preciso de visto para entrar no país. Para tirar o visto de estudante + trabalho na Irlanda é complicado? É preciso comprovar muita grana em banco? Eu morei no Canadá, onde trabalhei como babá e garçonete e pretendo fazer o mesmo em Dublin, mas preciso de tempo para fazer um pé de meia. Tenho receio de ir e não conseguir o visto de um ano. Outra dúvida, você sabe me dizer quanto é o salário mínimo para trabalhar em serviços, como garçonete por exemplo? Ganha-se por hora? Rola gorjeta? Super obrigada e sucesso na sua jornada!

  50. Daniel Simplicio abril 5, 2014 às 1:30 am #

    Oi Ana! Parabéns pelas postagens bem informativas e toda a dedicação que você tem para poder ajudar os outros. Eu tenho uma pergunta que eu acredito não ser muito comum. Eu planejo ir para Dublin ainda esse ano e gostaria de saber se há vagas para homens trabalhar como au pair e, se sim, se seria difícil encontrar? Eu tenho certa experiência, pois já tomei conta de meus irmão quando pequeno. Desde já, obrigado e continue nos ajudando nessa jornada de altos e baixos.

  51. Graciele abril 9, 2014 às 2:51 am #

    Ola Ana, muito bom seu texto.
    Eu, estou querendo viajar, trabalhar e aperfeiçoar meu inglês, to querendo fazer algo novo, ter experiências novas.
    Eu to cursando a faculdade de inglês.
    Eu gostaria bastante de falar com vc, então ficaria muito agradecida se vc puder entrar em contato comigo.

    • Ana Paula Marques abril 11, 2014 às 12:21 pm #

      Oi Graciele, obrigada pela visita. Vou te mandar um email pra gente conversar. Bjs!

  52. Gabriela abril 11, 2014 às 7:12 pm #

    Muito bacana seu blog, Ana Paula, amei!!! rs. Eu e meu marido vamos para Dublin no início do mês de agosto deste ano estudar inglês, estamos estudando bastante para ter uma boa base. A minha dúvida é, sou formada em Letras, tenho pós em gramática e tenho experiência como assistente de vendas (tipo vendedora) em uma indústria há quase 4 anos, e tenho intenção de depois de um certo tempo morando aí em Dublin eu tente trabalhar na área de marketing ou vendas em escolas de curso de Inglês, será que é possível? Pensei em solicitar para meu chefe uma carta de recomendação, você acha que ajuda???

    Desde já, obrigada!!!

    Abraços!!!

    • Ana Paula Marques abril 17, 2014 às 12:14 pm #

      Oi Gaby, desculpe a demora em responder o seu comentário. O volume de comentários está aumentando bastante e eu não tenho tido tempo de responder todo mundo, desculpe.

      Então, no momento eu trabalho em uma escola de inglês. Além de vender cursos para alunos brasileiros, também dou suporte em todas as questões relacionadas ao intercâmbio. Eu nunca tinha trabalhado com vendas antes, mas consegui esse emprego e acabei gostando. A minha área de formação é jornalismo.
      Você como já tem experiência, tem todas as chances de conseguir um emprego em uma escola sim. O que ajuda bastante são os contatos que você faz aqui em Dublin. Então quando você já estiver aqui procure conhecer outros brasileiros que já trabalham nas escolas e peça ajuda, é muito mais fácil conseguir emprego se você tiver indicação de alguém que já trabalha na escola.
      Traga a carta do seu chefe também, e se ele fala inglês o indique como referência (as empresas aquim levam mto em conta as refeência) e deixe ele avisado que alguém aqui na Irlanda pode ligar para ele para pedir referências sobre você.

      Abraços e boa sorte!

      • gabymansur abril 17, 2014 às 12:30 pm #

        Muito obrigada, Ana!!!
        Valeu mesmo… vou fazer tudo que você me aconselhou rs… quem sabe dá certo néh?!
        Torça por mim. Abraços!!!

      • Ana Paula Marques abril 17, 2014 às 12:41 pm #

        Estou torcendo, Gaby!!!! Vai dar tudo certo. \o/

  53. Carina abril 17, 2014 às 1:06 am #

    Olá, Ana!
    Parabéns pelo seu blog! Sou médica e algumas agências de intercâmbio me informaram que a Irlanda, assim como o Canadá e a Austrália, são os países que mais acolhem estrangeiros para trabalho em diversas áreas. Preciso saber como funciona o processo de revalidação de diploma na Irlanda e como anda o mercado de trabalho na minha área. Você teria alguma informação ou sabe onde posso obter essas orientações ou mesmo conhece algum médico brasileiro que tenha ido e que possa me orientar? Um abraço e, mais uma vez, parabéns pela dedicação.

    • Ana Paula Marques abril 17, 2014 às 9:38 am #

      Oi Carina, obrigada pela sua mensagem.

      Realmente a Irlanda facilita bastante o acesso de alunos estrangeiros ao mercado de trabalho, mas para vagas mais específicas e que precisam de alta qualificação como é o caso da medicina, você dificilmente vai conseguir emprego apenas com um visto de estudante . Você precisa ter, obrigatóriamente, uma permissão de trabalho (stamp 4) ou passaporte Europeu.

      Pra ser honesta, eu não exatamente como funciona para validar o seu diploma, ou se você tem direito a pedir uma permissão de trabalho, desculpe não poder ajudar mais.
      Mas, por coincidência, eu vi que a imigração irlandesa postou alguma coisa sobre médicos não europeus que querem trabalhar na Irlanda, no site oficial. Veja o site: http://www.inis.gov.ie/en/INIS/Pages/WP10000012 (texto em inglês)

      Mais uma vez desculpe não conseguir te ajudar melhor. Estarei torcendo por você.

      Abraços!

    • gabymansur abril 17, 2014 às 11:34 am #

      Ana, desculpe me intrometer, mas tem um jeito de validar seu diploma na Irlanda, segue o link de um blog que explica todo o procedimento, acredito que será necessário para você:

      http://mundoa2.com/como-reconhecer-o-seu-diploma-na-irlanda/#more-2074

      Boa sorte!!!

      • Ana Paula Marques abril 17, 2014 às 11:54 am #

        Obrigada Gaby por dividir o seu conhecimento comigo e com os leitores do blog! Toda ajuda é bem-vinda!!!😉

      • gabymansur abril 17, 2014 às 12:02 pm #

        Imagina, é um prazer!!! Adoro seu blog rs… só não esquece de tirar minha dúvida …. tá acima da pergunta da Carina….. rs

  54. Carina abril 18, 2014 às 9:47 pm #

    Gaby e Ana, muito obrigada pela força! Valeu mesmo. Bjos e sucesso pra vcs!G

  55. Wvilson Wallace Carvalho Guimarães abril 22, 2014 às 11:45 pm #

    Ana Paula tudo bem? Gostaria enviar um e-mail a você, qual seu e-mail? conversar? obrigado. Grato.

  56. Wvilson Wallace Carvalho Guimarães abril 23, 2014 às 5:35 am #

    Ana Paula enviei um e-mail pra você. obrigado🙂 espero receber sua resposta. bjs.

  57. Julio Cruz abril 24, 2014 às 6:47 pm #

    Obrigado pelas dicas, muito bom o texto! Estou economizando para ir para a Irlanda no ano que vem. Inicialmente eu iria só estudar por 6 meses, mas depois surgiu a vontade de ficar pra viver aí mesmo. Só que comecei a pesquisar aqui e ali, coletando informações em blogs como o seu por exemplo, e o onde no começo era só animo e ansiedade, começou a nascer um certo “medinho”. Será uma boa ? Eu falo um bom inglês, me viro bem seu problemas e também não tenho qualquer problema em começar de baixo. O que mais me motiva ainda é o fato de eu querer viver essa experiência. Quero muito! Desde a minha adolescência eu sonhava em morar um tempo fora ou até morar de vez. Inicialmente a vontade era de ir pros Estados Unidos (nenhum estado específico), mas com o tempo fui me informando e me cresceu a vontade de ir pra Irlanda. E aí, o que eu faço ? Kkkk.. mais uma vez obrigado pelas dicas e boa sorte por aí!

  58. Paulo Alejandro abril 25, 2014 às 5:37 pm #

    Ana, sou professor de inglês no brasil na wizard, e já tive outras expêriecias abroad, tenho interesse em ensinar inglês aí onde o mercado de brasileiros indo estudar está cada vez maior e pelo fato de ter o português e o espanhol como língua intermediária “penso” ser uma vantagem. Mas não sei por onde começar, poderia me dar uma dica? já que você está no ramo. obrigado!

  59. renata mason maio 5, 2014 às 12:00 am #

    Ana ,meu nome é renata,e gostaria muito de ir morar com minha familia em dublin,mas me assustei um pouco com as coisas que vc postou,meu marido é cidadao italiano,moramos por 10 anos nos Estados Unidos,e nao nos acostumamos mas com o Brasil,la tarabalhei como nurse assistent e home health care,sera que consigo visto de trabalho pra este tipo de trabalho?obrigadoooo

    • Ana Paula Marques maio 6, 2014 às 12:55 pm #

      Oi Renata,

      Se o seu marido tem passaporte italiano e quiser morar na Irlanda, sim ele pode. Você vai ter que pedir uma permissão para morar aqui também, mas esse processo é demorado. Procure informações no site da imigração irlandesa sobre como aplicar para poder residir na Irlanda com um parceiro Europeu. Nesse link: http://inis.gov.ie/en/INIS/Pages/Immigration%20information

      Boa sorte para você e sua família!

      • Maria do Céu Rodrigues de Paiva maio 7, 2014 às 8:30 am #

        Já há algum tempo pedi uma informação mas não obtive resposta, por isso vou fazer de novo a pergunta : eu tenho 42 anos sou Portuguesa tenho o curso de assistente de enfermagem, tenho o nivel 2 de ingles e, o que queria saber é se na area da saúde teria dificuldade em arranjar emprego aí na Irlanda com a minha idade ou vale a pena arriscar ? Ficaria grata se me enviasse resposta. Obrigada

      • Ana Paula Marques maio 7, 2014 às 8:35 am #

        Oi Maria do céu desculpe não ter respondido o seu comentário antes.
        Como vc é portuguesa acredito que seja mais fácil para vc conseguir emprego aqui na Irlanda mas para ser honesta eu não sei bem como funciona na área da saúde. Se vc precisa uma graduação ou só um curso de assistente basta.
        Ter bom nível de inglês acredito que também seja importante.
        Espero ter ajudado! Obrigada!

  60. Maicon maio 5, 2014 às 5:13 am #

    Oi Ana! Primeiramente gostaria de te parabenizar pelo texto, muito objetivo, gostei muito! Bom, eu fui para a Inglaterra esse ano e gostei muito, pois sempre tinha pesquisado coisas sobre lá! Porém, de uns tempos pra cá, ando me interessando muito pela Irlanda, especialmente Dublin. Ando trabalhando muito para melhorar meu currículo para ser um bom “concorrente” quando eu “tentar a vida” por aí. Atualmente faço duas faculdades: Agronomia e Administração de Empresas. Ainda, faço ótimos cursos de francês e inglês, sendo que o de inglês, ano que vem, conseguirei título de graduado e especialista (Pós-graduação). Tenho 22 anos e terminarei tudo aos 24! Porém, logo que eu terminar meus estudos, quero ir direto para a Irlanda. Minha dúvida é se eu, mesmo sem experiência em trabalho com carteira assinada, conseguirei um emprego que seja “bom” com esses cursos que te falei. Eu trabalhei duas vezes como bolsista em laboratorios da área de agronomia, nada que seja realmente considerável. Tenho muita duvida se irei me dar bem por aí, em vista das áreas que escolhi. Creio que a area de administração seja mais interessante.. ainda mais que Dublin é uma cidade grande.. Também ouvi falar que muitos que se formam em uma area, acabam por trabalhar em outra ao viver por aí, é realmente verdade? Te agradeço desde já. Abraços.

    • Ana Paula Marques maio 6, 2014 às 12:48 pm #

      Oi Maicon,

      obrigada pela sua mensagem!

      Olha só, para trabalhar na Irlanda não basta inglês e experiência. Você vai precisar de um visto que te dê condições para isso. Com um visto de estudante você pode trabalhar só 20 horas semanais (meio período), o que limita muito as chances de conseguir empregos na sua área (agronomia ou administração). Você vai achar empregos em restaurantes, comércio, hoteis, pubs, etc.

      Se você quiser um bom emprego ou quiser fazer carreira aqui, você precisa ter um passaporte europeu ou uma permissão de trabalho (stamp 4). Dê uma olhada nos comentários que acho que você vai conseguir entender a situação.

      Boa sorte e sucesso para você!

  61. Caio maio 5, 2014 às 6:10 pm #

    Olá Ana! Adorei o texto!
    Estudei inglês por 6 anos aqui no Brasil e gostaria muito de poder me aperfeiçoar na Irlanda. Em média, quanto custa um curso de inglês ‘business’? E com a média de salário para os trabalhos “comuns” dá pra viver e guardar dinheiro pra pagar um curso superior após 3 anos estudando inglês?
    Sou formado em Sistemas de Informação e tenho bastante experiência, mas apesar de me garantir com o inglês, e não ter problema em trabalhar como atendente ou babá, seria um sonho conseguir um emprego na minha área.

    • Ana Paula Marques maio 6, 2014 às 12:43 pm #

      Oi Caio, obrigada pela sua mensagem. Um curso de Business English bom, custo, em média, entre 1800 e 2500 euros, para 6 meses de aulas (um ano de visto de estudante)

      Para trabalhos em restaurantes, pubs, hostels e hoteis, normalmente se paga o salário mínimo que é 8.65/hora
      Se você trabalhar 20 horas semanais enquanto estiver estudando (dentro das leis de imigração), no final do mês você vai receber em torno de 690 Euros. Depois quando você estriver de férias e puder trabalhar 40 horas por semana, daí sim eu acedito que você consiguirá guardar algum dinheiro. No começo é difícil.

      Acredito que se você tem experiência e tiver boas referências (traga cartas – em inglês – de ex-empregadores) você consegue sim emprego na sua área.

      Boa sorte! Abraços!
      Ana

  62. carol maio 8, 2014 às 7:36 pm #

    eu e meu filho estamos com cidadania portuguesa quase pronta…sou casada mais não no papel…qual forma mais facil do meu marido ir legal morar na irlanda?

    • Ana Paula Marques maio 18, 2014 às 11:05 pm #

      Oi Carol,

      desculpe a demora em responder o seu email.

      Quanto tempo você e o seu companheiro estão juntos?
      Se vocês tiverem como comprovar um relamento estável de mais de 2 anos, você pode pedir uma Stamp 4 para ele. O Stamp 4 é uma permissão de trabalho sem restrições, isso significa que ele poderá viver e trabalhar na Irlanda sem nenhum impedimento.

      Você encontra mais informações de como solicitar o Stamp 4 no site da Imigração. Dá uma olhada BLOGROLL do Sabaticando que você vai achar o link.

      Boa sorte!

  63. letice maio 12, 2014 às 2:31 pm #

    Muito bom texto, tudo verdade, moro na Suiça e nao é diferente. Tenho diploma superior do Brasil o qual é possivel validar aqui, Mas os processos sao longo e caros: cair de cara no trabalho, lavando, passando, me matando no frio, sofri muito, como vc e sei do que vc ta falando, Hoje sou garconete e sabe ta bom demais. O dinheiro como vc disse vale muito a pena. Trabalho com forca e orgulho. Mas decidir nao viver muito tempo na europa. Aprendi francês e é o suficiente para o que quero e o quero mesmo é contniuar trablahndo mais um pouco e economizando. Pra dizer a verdade economizo quase 80% do que ganho o que jamais ganharia no Brasil com minha formaçao superior. Tbm faco minha viajens para outros paises, divirto e vou ao Brasil passear com muito orgulho. Nao me falta um dinheirinho de viver sabe. Muita gente reclama, mas na verdade como vc disse quem quer trablhar trabalha. Temos que ser realista e aceitar. Vejo muita gente aqui reclamando. Enquanto eu tiver saude e força, meto a caro no que vier, desde que seja um trablho honesto, faço mesmo. Vcs querem saber? ta bom e ta bom demais. Vamos pra frente que atras tem gente. Boa sorte minha linda.

  64. pâmela marinho maio 16, 2014 às 2:52 am #

    Ola Ana muito esclarecedor o texto, você poderia nos da uma dica, eu e meu marido temos um filho de uma ano de idade, estamos fazendo planos de ir para a Irlanda para trabalhar, já estamos fazendo curso de inglês, qual curso mais você nos sugere fazer? o que mais está em alta ai no mercado de trabalho? obrigada, abraços..

    • Ana Paula Marques maio 18, 2014 às 11:01 pm #

      Oi Pâmela,

      acho complicado indicar um curso para você fazer, tudo depende do seu objetivo e do que você gosta de fazer.

      Se você já tiver um nível avançado em inglês, você poderá estudar business, marketing, turismo, fotografia ou até mesmo engenharia ou medicina… As possibilidades são imensas e a Irlanda possui excelente universidades.

      Boa sorte e sucesso para você!

  65. Carlos Eduardo maio 16, 2014 às 12:14 pm #

    Olá!
    Sou Brasileiro e tenho cidadania Alemã. Atualmente moro no Brasil e trabalho em uma empresa. Mas fui chamado para uma entrevista em uma empresa, no qual eles querem realmente ter certeza se tenho o Stamp 4. Porém , sendo Cidadão alemão, eu preciso desse Stamp 4 ? Poderia me ajudar por favor ?
    Muito Obrigado.

    • Carlos Eduardo maio 16, 2014 às 12:16 pm #

      Desculpe-me pela aparante falta de informação, tenho 23 anos e não tenho muito tempo a pesquisar devido a meu trabalho corrido aqui, com toda a educação eu peço ajuda.

      • Ana Paula Marques maio 16, 2014 às 12:32 pm #

        Carlos, respondi a sua primeira mensagem.
        Espero que esclareca a sua duvida.

        Obrigada

    • Ana Paula Marques maio 16, 2014 às 12:17 pm #

      Oi Carlos, vc não precisa de stamp4 não. O seu passaporte europeu te dá direito de viver e trabalhar na Irlanda. Eu sugiro que vc envie uma cópia do seu passaporte para a empresa que está querendo te contratar. Isso deve ser suficiente para a sua contratacao.

      Boa sorte!

  66. Jheniffer maio 18, 2014 às 10:32 pm #

    ooi Ana, tudo bom?
    Eu tenho muita vontade de morar fora, estudo inglês faz 3 anos, já me viro muito bem, estou começando a juntar dinheiro, mas ainda estou pesquisando pra onde eu vou, falando assim parece q tenho grana pra ir pra qualquer lugar, mas não, kkkk, por isso não me importo de começar lavando banheiro por exemplos, kk.
    Pelo o q eu pesquisei aqui a Irlanda é um país de boa pra ir né, trabalhar e estudar, vi tbm o Canada e Austrália, pode me dizer quais desses vc acha q é mais tranquilo de arrumar emprego? E precisa de mta grana pra ir? Quantos é o curso q vc se matricula? Pq assim, eu tenho mais vontade é de ir trabalhar do q estudar mesmo, kkk, pq trabalhando acho q vc já estuda o ingles, rs.
    E pq vc escolheu a Irlanda?

    • Ana Paula Marques maio 18, 2014 às 10:59 pm #

      Olá Jheniffer,

      eu não sei te dizer qual país é melhor para estudar e trabalhar pois nunca morei nem estudei na Australia ou no Canadá.

      Dá uma pesquisada na barra de busca do blog por “custo de vida” que você vai achar mais informações sobre quanto se gasta para viver aqui na Irlanda.

      Obrigada pela visita!

  67. Alan maio 19, 2014 às 6:59 pm #

    Olá Ana, parabéns pelo blog. É muito esclarecedor e auxilia muito na hora de decidir.
    Bem, estou planejando minha ida e nesse tópico de trabalho, ainda restou uma dúvida:
    Você diz que com a quantidade de horas permitidas para se trabalhar enquanto estuda, é possível conseguir a renda para se manter. É bom ter essa noticia. Por outro lado, fazendo as contas aqui, isso daria em torno de 3 h/dia contando que o estudante trabalhe nos finais de semana e 4 h/dia somente nos dias da semana. Sinceramente, acho difícil uma pessoa contratar uma babá por exemplo para ficar somente 3 h cuidando da criança. A nao ser que exista uma rigorosa fiscalização do governo sobre cada aluno/empregador, o que acho também muito difícil.
    Gostaria então de saber, se há um controle sobre essas horas que se pode trabalhar e como é feito esse controle?
    Os estudantes/empregadores realmente cumprem esse limite de horas?
    Como as pessoas que trabalham mais horas, por opção ou mesmo necessidade, conseguem lidar com isso? (esta última pergunta você não precisa responder se não quiser, mas agradeço se me responder por email).
    Obrigado

  68. Reisson maio 21, 2014 às 4:19 am #

    Olá Ana, parabéns pelo blog, tudo muito esclarecedor.
    Tenho umas dúvidas que se destacam entre outras…caso eu queira permanecer na Irlanda após o término do curso de inglês (digamos que de seis meses) como eu faço para continuar a morar na Irlanda?Eu tenho uma data certa para sair do país? Só consigo permanência através de trabalho? Eu teria que me inscrever em outra escola? Há a possibilidade de morar em outro país vizinho? Obrigado desde já, Ana!

  69. Kennedy Silva maio 26, 2014 às 11:11 pm #

    Olá Ana, então, eu e minha namorada e minha futura esposa estamos com a intenção de nos casar e tentar a vida fora, já pesquisamos vários países pra saber a situação de empregos, e hoje a gente viu o seu texto e ficamos interessados pelo país da Irlanda, pós e o único país que a gente ouviu falar bem sobre emprego e que não precisa de visto, nós não temos medo de emprego,gostaria de saber se você estar em Dublin ainda e como esta a situação por ai, pós a sua postagem e do ano passado,minha noiva tem o inglês fluente pós ela morou nos E.U.A alguns anos, mais ta foda ir pra la agora,por falta de renda etc… ai vamos tentar a vida em um país Europeu alguma dica ?

  70. Alan Kardec maio 30, 2014 às 7:56 pm #

    Ola Ana, fico grato pelas informações e à cima de tudo por sua franqueza. Na realidade as pessoas não se preocupam em dar informações a quem pretende ir para a Irlanda, do contrário, você alem de dar toda a informação necessária, ainda mostra a realidade de quem busca emprego ai com visto de estudante. Tenho certeza que é por este fator que você conseguiu progredir, pois, não tem preconceito em ajudar outros a chegarem até os objetivos. abraço querida e sou grato pelas valiosas informações e desejo sucesso.!

    Alan Kardec C.Morais

  71. Victor Ruas junho 6, 2014 às 6:12 am #

    Oi Ana, td bom???

    Estou me planejando de ir para a irlanda agora no começo de 2015. Não tenho passaporte europeu. Meu inglês é bom.. Consigo me comunicar muito bem mas não sou fluente propriamente dito.
    Tenho o equivalente a 35 mil reais… Isso é suficiente para quanto tempo vc acha???
    Sou formado em comunicação social radio e TV; e também em ADM. Existe mercado para alguma dessas áreas para estudantes???
    Trabalhei ambas as áreas, desde câmera man ate de dono de uma transportadora aqui no brasil.
    É muito difícil conseguir o visto stamp4 se vc trabalhar ai durante todo o período q estiver estudando inglês (3 anos) + o período de curso superior (4 anos?) ???
    Vc consegue o stamp4 por tempo de trabalho???
    Com o stamp4 eu posso ficar ai trabalhando por tempo indeterminado?? Pro resto da vida enquanto estiver trabalhando??

    Quero ir com a minha namorada… Qual o custo de vida mensal de um casal ai na irlanda??? Nos dois trabalhando conseguimos manter um apê + comida + algum lazer???
    Qual o salario médio de um estudante ai???
    O aluguel médio de um apê??
    O custo médio de alimentação para 2 pessoas???

    Desculpe te encher de perguntas… Mas é que vc transmite muita confianca e achei seu depoimento incrível. Parabéns pelo trabalho!!!!

    Grato

    • Ana Paula Marques junho 7, 2014 às 9:49 pm #

      Oi Victor, tudo bem?
      Vamos ver ser se eu consigo te ajudar com as suas dúvidas.

      35 mil Reais seria algo em torno de 11 mil Euros. Eu acredito que com essa quantia você contratar um bom curso de inglês, tirar o seu visto de estudante e viver tranquilo por uns 2 ou 3 anos. Caso você arrume um emprego o dinheiro não precisará ser gasto. Quanto ao trabalho, para a área de administração eu acredito que tenha mais empregos, mas depende de que áreas na área de adm você tem experiência. Quanto a radio e tv, acho mais díficil, tenho alguns amigos que atuam nessa área e estão parados, ou tentando trabalhar como self-employed (por conta própria) o que é difícil também.

      A única maneira de conseguir um stamp4, como eu expliquei no post, é se alguma empresa irlandesa estiver disposta a te contratar e pagar o processo do seu visto de trabalho, mas ela tem que comprovar que não existe nenhum irlandês/europeu capaz de ocupar a vaga que está sendo oferecida para você. Com um stamp 2, visto de estudante, fica muito mais difícil arrumar um trabalho full time (de tempo integral) e uma empresa grande, que esteja de te ajudar nesse processo do stamp 4. Em outras palavras, é complicado conseguir o stamp4 por tempo de trabalho como você citou.

      Você precisa viver e trabalhar na Irlanda por 5 anos consecutivos com o stamp 4, e depois desse período você pode aplicar para tirar a cidadania irlandesa se quiser. Mas o processo de cidadania também depende da decisão do governo e imigração irlandeses, ou seja, o processo é longo e burocratico.

      Em relação ao custo de vida, sugiro que você dê uma lida nessa post que eu escrevi há algum tempo atrás – https://sabaticandoemdublin.wordpress.com/2013/08/29/custo-de-vida-na-irlanda/

      Espero ter ajudado com as suas dúvidas! Abraços! Ana

  72. Rodrigo Magalhães junho 7, 2014 às 11:23 am #

    Oi Ana, bom dia!

    Quero ir a Irlanda no próximo mês, com o objetivo de estudar inglês e trabalhar, pretendo ficar os 6 meses, mas não queria pagar o curso todo antes, pois estou esperando uma nomeação em um concurso que passei aqui no Brasil, então a qualquer momento terei que voltar. Se eu pagar tudo, vou perder o dinheiro. Queria saber de você se chegando aí na Irlanda com visto de turista, eu posso me matricular em uma escola para o curso de 6 meses, ir pagando semanalmente, e depois pegar o visto de estudante para poder trabalhar 20h semanais?

    • Ana Paula Marques junho 7, 2014 às 10:27 pm #

      Oi Rodrigo,

      se você pretende apenas estudar inglês na Irlanda, infelizmente você não vai conseguir pagar o seu curso durante o andamento das aulas. Isso porque a imigração irlandesa exige que cursos de até 6 mil Euros estejam completamente pagos antes da data da viagem do estudante e por isso as escolas de inglês estão autorizadas a emitirem a documentação necessária para o visto de estudante apenas após os curso estar pago integralmente.

      Você até pode parcelar o curso (algumas escolas fazem isso e todas as agências de intercâmbio no Brasil também), mas você precisa terminar de pagar o curso antes da data da sua viagem, senão não consegue os documentos para viajar.

      Você também poderia vir como turista e pagar o curso aqui, mas aí você vai ter que pagar à vista se quiser os documentos para o visto. Mas acontece que se você passar pelo aeroporto sem a carta de matrícula, o seu passaporte será carimbado com turismo, daí quando você for pedir o visto de estudante, a imigração exigirá que você deixe o país (não precisa ir de novo pro Brasil, pode ir até algum país aqui perto) e voltar para que passe pela alfângeda e seu passaporte seja carimbado dessa vez como estudo!

      Se você decidir por fazer isso, você terá um gasto adicional com a viagem a outro país, o que por outro lado pode ser uma boa oportunidade para conhecer um país diferente.

      Mas pagar o curso semanalmente durante as aulas e conseguir o visto de estudante com permissão para trabalha 20 horas por semana com certeza você não vai conseguir.

      Espero ter conseguido explicar direito, caso tenha ficado confuso por favor me avise que eu tenho te explicar de alguma outra forma.

      Abraços, Ana!

  73. Graziela junho 11, 2014 às 6:06 pm #

    Meu marido morou 8 anos nos EUA e trabalhou em pizzarias, entregando jornal, para ter conhecimento do Ingles, quando deu certo, conseguiu emprego em uma cia de instalar piso em madeira. Foi onde conseguiu juntar alguma grana. Esse serviço de mao de obra para imigrantes é fácil de conseguir?

  74. Priscila Rocha junho 18, 2014 às 1:51 pm #

    Olá Ana Paula..
    Você tem Facebook, ou algum E-mail? quero conversar com você embarco ano que vem para Irlanda.Quero ir estudar e trabalhar.
    Estou super ansiosa, e com medo!
    Meu inglês é básico, esse emprego de aupair que você conseguiu foi por indicação?
    Espero que possamos conversar mais;
    Abraços
    Priscila Rocha

  75. Rita junho 20, 2014 às 1:40 pm #

    Olá Ana Paula!
    Acho que minhas dúvidas são iguais a maioria…..
    Tenho 30 anos, emprego estável, mas estou completamente desmotivada e frustrada…
    Com alguns últimos acontecimentos, pensei em morar fora por 1 ano…
    Pensei na Irlanda, Londres ou canadá. Londres me parece que tudo é + caro…e no Canadá li que não pode trabalhar….
    Não tenho $$ guardado. Venderia meu carro e usaria parte do meu FGTS para viajar. Talvez seja um pouco de loucura, mas acho que seria 1 ano mto válido para mim. Já estudei inglês por anossss, mas nunca mto empenhada. Então meu nível é intermediário…
    Não sei se faço o curso de inglês por 6 meses ou 1 ano….o que vc acha?
    E tb quero trabalhar. Vi nos posts acima o que falou sobre emprego. É procurar!
    Como tenho 30 anos, vc acha que eu aproveitaria? Irlanda é um lugar de muita “bagunça” e gente muito jovem?? Ou tb tem um pessoal + velho….?
    Que escola eu poderia estudar, q tenha um pessoal + maduro?
    E por fim, sobre moradia…vc conhece um caminho para eu encontrar apês para dividir com outras pessoas?!
    Quantas dúvidas, né!

    Obrigada!

    Um abraço,
    Rita

    • Ana Paula Marques julho 6, 2014 às 10:29 pm #

      Oi Rita, a sua história é muito parecida com a minha quando vim para a Irlanda. Eu tinha 28 anos, estava um pouco entediada com o trabalho no Brasil etive alguns problemas pessoais (fim de um namoro de 2 anos). Pedi demissão na editora onde trabalhava como jornalista, vendi meu carro e vim para Dublin. A experiência foi ótima para mim, tanto que estou aqui até hoje, já se passaram quase 4 anos.
      Eu aconselho você a fazer o curso de 6 meses, é o que todo mundo faz (6 meses de aula + 6 meses de férias e visto de uma ano). Estudar inglês por uma ano inteiro é muito tempo e vai chegar uma hora que você vai perder a motivação.
      Quanto a idade das pessoas, normalmente as escolas na Irlanda são para adultos (maiores de 18 anos). Existem cursos especiais (Summer Camps ou Juniors, por exemplo) para adolescentes, mas você não vai estudar com eles. A idade médias dos Brasileiros que vem para Dublin é 25-26 anos, mas cada vez mais tenho visto um pessoal mais velho chegando por aqui. Você vai ver que chegando aqui você vai encontrar bastante gente da sua, da nossa idade, fique tranquila quanto a isso!
      Para encontrar pessoas para dividir apê você pode procurar em site como o Daft.ie ou o Rent.ie ou uma comunidade no Facebook chamada “Classificados Dublin”. Você também pode procurar por pessoas para compartilhar apê na escola onde você for estudar. Sempre tem alunos, como você, procurando pessoas para dividir aluguel! Boa sorte e sucesso para você. Quem sabe a gente se encontre aqui em Dublin.

  76. Rafael junho 20, 2014 às 4:08 pm #

    chama .no whats gstei do seu texto me ajuda mt
    5571183939684

  77. alessandra rodrigues julho 4, 2014 às 12:14 am #

    Oi Ana tudo bem e gostaria muito de conversar com vce se puder me passar seu email.

  78. Vinicius julho 7, 2014 às 6:12 pm #

    Olá Ana, Tudo bem?

    Muito bacana sua história, parabéns pela sua determinação.

    Então, gostaria de saber como está o mercado de trabalho hoje na Irlanda (mais especifico na área de marketing) estou indo em Janeiro de 2015, pois eu tenho um bom nível de inglês e possuo cidadania portuguesa, escolhi a Irlanda devido a facilidade para minha esposa estuda e trabalhar(ela já poderia tentar o Stamp4 né?), pois ela tem um nível intermediário e precisava estudar mais um pouco.

    Como muitos aqui estou largando tudo no Brasil também, tenho um bom emprego e tenho uma vida estável, porém busco qualidade de vida e acredito que essa crise que estamos no Brasil não é apenas uma fase devido ao ano de eleição e copa do mundo e sim o inicio de uma grande bolha que está para estourar a tempos.

    Trabalho em uma multinacional e meu chefe é americano, ajuda se ele fizer uma carta de recomendação para trabalho?

    Mas uma dúvida, quero levar os meus cachorros, vc sabe o procedimento, escutei que os animais não precisam mais ficar na quarentena?

    Agradeço sua atenção..

    Bjos!

    • Ana Paula Marques julho 10, 2014 às 6:45 pm #

      Oi Vinicius,

      eu não sei dizer se está fácil ou não conseguir emprego em áreas específicas, o que eu posso te dizer é que se você tem experiência, por inglês e passaporte europeu as coisas serão mais fáceis para você. Sem experiência e sem inglês tudo fica muito mais difícil.

      A crise na Europa está cada dia mais suave, hoje está bem melhor do que quando eu cheguei em 2010 mas não significa que seja moleza arrumar emprego. Por isso aconselho você a trazer a carta do seu chefe americano, e se ele puder receber ligação e dar boas recomendações de você por telefone, melhor ainda.

      Boa sorte e sucesso para você!

  79. Daniel julho 8, 2014 às 2:30 pm #

    Ana , no meu caso estou pensando em ir no meio do ano que vem porem ja vou estar com dupla cidadania porque vou tirar cidadania portuguesa nesse caso é mais tranquilo arrumar emprego né ? Preciso correr atras de alguma outra documentação ?

    • Ana Paula Marques julho 10, 2014 às 6:51 pm #

      Oi Daniel,

      com passaporte europeu a vida é outra. Você não precisa de nenhum visto e não tem nenhuma restrição para trabalhar, mas isso não é garantia de emprego.
      Pra conseguir emprego você precisa de um bom currículo, experiência na área e quanto melhor o inglês, melhor!

  80. Ana Cristina julho 10, 2014 às 6:03 pm #

    ola Ana! muito bom seu blog parabéns. estou em duvidas sobre algumas questoes te enviei um email e agradeço muito se puder me responder. me chamo Ana Cristina obrigada desde ja!

    • Ana Paula Marques julho 10, 2014 às 6:59 pm #

      Oi Ana, obrigada pelo seu comentário. Vou dar uma olhada no email e te respondo em breve. Abraços!

  81. Letícia de Santana Soares Matos julho 10, 2014 às 9:07 pm #

    Olá Ana! Obrigada pelos comentários. Gostaria de saber quanto está um salário mínimo na Irlanda? Beijos

    • Ana Paula Marques julho 17, 2014 às 9:45 pm #

      Oi Letícia,

      desculpe a demora em responder a sua mensagem.

      O salário mínimo na Irlanda é por hora e não por mês como no Brasil.

      Hoje (2014) o salário mínimo é de €8.65 por hora trabalhada (para adultos, maiores de 18 anos, com experiência profissional).

      Abraços, Ana

  82. Jessica Mendes julho 11, 2014 às 6:45 pm #

    Ola Ana,
    Estou amando tudo que tenho lido no seu blog, você está de Parabéns, muito obrigada por dividir suas experiências.
    Estou indo para Dublin dentro de 3 meses, meu maior medo é de não conseguir emprego, porém não tenho medo nenhum de trabalho como estes que você cita, inclusive tenho feitos alguns aqui no Brasil para juntar uma grana rsrs
    Espero ter sorte
    bjoss

  83. donata emiliano julho 14, 2014 às 8:51 pm #

    Olá Ana, nossa adorei achar o seu blog!!! Estou pensando em ir para Dublin no ano que vem, mas tenho várias dúvidas….será que vc pode me passar o seu e.mail?? Obrigada, Donata

  84. Anna Mello julho 15, 2014 às 3:45 pm #

    Olá Ana! Me chamo Ana Laura e pretendo chegar em Dublin no meio do ano que vem com o meu namorado, adorei as dicas, e pelo que estamos vendo é difícil mas não impossível. O nosso maior receio é em relação a emprego mesmo, afinal, isso é o que determina se vamos conseguir nos manter por mais seis meses. Estou muito empolgada com a ideia de conseguir realizar o intercambio e pra um local onde realmente as pessoas aparentam gostar de estrangeiros.. Tenho muitas dúvidas e o seu blog vem me ajudando.. Você conseguiu viajar bem por ai? E, quanto a levar os 3 mil euros, eu não entendi muito bem, porque pra você conseguir mexer no dinheiro voce tem que tirar o seu ”cpf” e a conta no banco, e enquanto isso o seu dinheiro fica ”travado”? Quanto você aconselha pra levar no primeiro mês? É melhor ir por agencia ou tentar fechar direto com a escola? Sou técnica em Agenciamento de Viagens, você acha que eu conseguiria arrumar um emprego nessa área? Hotelaria, recreação, recepção ou agencias de turismo? Isso varia de acordo com o meu inglês? Atualmente estou começando o nível intermediário e pretendo estar no avançado até o meio do ano que vem.. Bom, nossa real intenção é aperfeiçoar o inglês, viver uma nova cultura/voda, conhecer pessoas de todo o mundo, conseguir se manter, e viajar viajar e viajar mais. Vamos fazer um bom plano para poder viajar ao máximo, e você acredita que a gente consiga tudo isso? E o intercambio, você acredita que tudo o que for investido será um investimento justo e satisfatório?

    Obrigada desde já,
    beijo!

    • Ana Paula Marques julho 17, 2014 às 9:38 pm #

      Oi Anna, tudo bem?

      na verdade é assim, primeiro você precisa tirar o PPS (o “cpf” como você falou) para conseguir abrir uma conta em um banco irlandês. Depois que você abrir a conta, você vai depositar os 3 mil Euros nessa conta e pedir um extrato bancário.

      Quando você tiver o extrato do banco em mãos, mostrando a quantia de 3 mil Euros, você vai até o escritório da imigração para se registrar e pegar o seu visto.

      Enquanto extrato da conta não chegar, você não pode gastar o dinheiro. Não é que o dinheiro fica bloqueado, não fica, ele fica disponível para você usar. Mas se você gastar o dinheiro, quando o extrato chegar não terão mais 3 mil na sua conta e a imigração poderá recusar o seu visto alegando que você não tem dinheiro suficiente para se manter durante a sua estadia em Dublin.

      Espero que tenha ficado mais claro agora.

      Eu particularmente acho mais seguro fechar com agência. Caso alguma coisa der errado você tem o PROCON e as leis de direito do consumidor no Brasil são muito melhores do que aqui na Irlanda. Mas você tem que pesquisar bem e contratar uma boa agência que te dê segurança.

      Eu trabalho com intercâmbio há 3 anos e já vi 3 agências brasileiras fecharem, então todo cuidado é pouco.

      Se você tiver mais alguma dúvida me avise, terei prazer em ajudar.

      Abraços

  85. Fernando Maia julho 16, 2014 às 8:46 pm #

    Olá, Ana Paula.

    Meu nome é Fernando, e estou lhe escrevendo pois morei nos EUA por 11 anos, e regressei ao Brasil a mais de 6 anos, mas não consigo me adaptar ao país.
    Tenho fluência em inglês e espanhól, pois era proprietário de caminhão no Estado da Flórida, e tinha que lidar com todos os clientes além dos managers from the warehouse and furniture stores as well.
    Gostaria que você me desse sua opinião e quem sabe algumas dicas para mim. Qual seria o passo a passo mais apropriado para que eu vá para a Irlanda do Norte para viver e trabalhar.
    Sou casado, e pai de três filhos (dois americanos).

    Abraços!

    • Ana Paula Marques julho 17, 2014 às 9:30 pm #

      Oi Fermando,

      as regras de imigração na Irlanda do Norte são bem diferentes das regras de imigração na República da Irlanda, uma vez que a Irlanda do Norte faz parte do Reino Unido e segue as regras deles.

      Para ser honesta com você eu não saberia te dar dicas do que é necessário para viver e trabalhar na Irlanda do Norte, mas você vai achar informações bem completas no site da imigração do UK nesse site: https://www.gov.uk/government/collections/immigration-rules

      Espero ter ajudado.

      Grande abraço, Ana!

  86. Ana julho 17, 2014 às 1:02 pm #

    Olá Ana Paula! Adorei as informações que você tem colocado em seu blog! Tudo muito direto, claro e objetivo! Amei!!! Me chamo Ana Carolina, tenho 33 anos e ao longo de 2014 tenho pesquisado muito sobre viagens.

    Gostaria muito de poder conversar mais contigo sobre trabalho na área da educação aí na Irlanda. Se for possível, você poderia me enviar um e-mail pra podermos falar mais sobre isso?

    Desde já agradeço a enorme ajuda que você nos dá, através de seus posts!!!

    Um grande abraço,
    Ana Carolina.

  87. Rosilene julho 17, 2014 às 5:18 pm #

    Oi Ana Paula, td bem, então minha filha esta aí em Dublin faz 3 meses e tem peliado pra conseguir um emprego, ela destribui curriculum e aceita qualquer tipo de trabalho, ela esta estudando e tem visto de estudante, sera que vc pode dar umas dicas pra ela, ela tem whats ai se puder adicionala eu agradeço muito e dar alguma dica pra ela conseguir trabalhar, 0021353899523842, me ajude por favor, obrigadaaa bjsss

    • Ana Paula Marques julho 17, 2014 às 9:24 pm #

      Oi Rosilene,

      procurar emprego em um país novo é difícil mesmo. Sua filha chegou há apenas 3 meses, ainda está se adaptando ao local. Não se desespere que é assim mesmo, uma hora ela vai conseguir alguma coisa.

      Ela está mandando currículo pela internet? Mandar currículo é bom, mas o melhor mesmo é sair andando pelas ruas e procurar por cafés, restaurantes, lojas, hoteis, lanchonetes. Esses lugares normalmente colocam anúncios nas vitrines das vagas em aberto.

      Então a minha dica é por o currículo debaixo do braço e bater perna, entrar nos lugares, pedir para falar com o gerente e vender o seu peixe. Por isso é tão importante conseguir falar um pouco de inglês para, pelo menos, conseguir explicar para a pessoa que está contratando as suas qualidades.

      Outra dica é que ela converse com outras pessoas que estão aqui em Dublin há mais tempo e já estão trabalhando. Muita gente consegue emprego por indicação. Os gerentes normalmente pedem que seus funcionários indiquem amigos/pessoas de confiança para vagas e se os amigos da sua filha souberem que ela está procurando emrego podem recomendá-la para algum trabalho que aparecer.

      Espero que essas dicas ajudem. Acho melhor postar aqui para que outros leitores também possam aproveitar as dicas.

      Boa sorte para a sua filha. Estarei torcendo para que ela encontre um trabalho logo.

      Abraços, Ana

  88. Gisele Borges julho 17, 2014 às 8:09 pm #

    Olá Ana Paula , estou realizando alguns orçamentos , e gostaria de saber qual a escola que você trabalha , pra ter acesso a valores e saber qual agência do Brasil trabalha em parceria com a sua escola , se puder enviar um email fico no aguardo para saber mais informações : xxx
    A minha busca para saber mais sobre a Irlanda , veio na tentativa realizada de Intercâmbio para o Canadá , e tive o visto negado . Motivo : não ter ligações forte com o Brasil que comprovassem o meu retorno . Enfim , isso tudo é muito frustrante , devido um valor alto no qual temos interesse de um investimento para o futuro e um crescimento pessoal, e nos deparamos com pessoas que também passa por essa situação . Tenho um amigo que vai pra Irlanda , e tive oportunidade de conversar , e ele comentou a respeito do visto que hoje é algo que não tem uma comprovação tão rígida quanto outros países , compreendi bem a questão da chegada e referente aos 3 mil euros ( levar um pouco a mais também ) , e isso não é uma dificuldade , pois vejo que o intercâmbio está ao alcance de qualquer pessoa que consegue um planejamento .
    Gostaria que pudesse passar todas as dicas para a minha situação , caso você veja algum impedimento , pois já deve ter conhecido pessoas com todos os tipos de dificuldades . A previsão da ida é até março/2015 . No Brasil trabalho no departamento de Vendas de uma indústria Ferragens , meu inglês é basico – avançado , e vou especializar um pouco antes da chegada . Também não tenho medo do trabalho , e acredito que essa vivência é algo maravilhoso , conhecimento e cultura é algo que levamos para qualquer lugar , e sabemos encarar diversas situações .
    Referente ao emprego de babá , gostaria de saber melhor como funciona , é uma agência de Au pair , ou é algo contratado informal ? Enfim , dúvidas são muitas , mas por aqui vamos conhecendo um pouco com alguém que já passou por tudo isso também .

    O seu blog é perfeito , vejo todos os dias todos os tópicos , e me encanto ainda mais !
    Muito obrigada🙂

    • Ana Paula Marques julho 17, 2014 às 8:50 pm #

      Oi Gisele,

      obrigada pelo seu comentário e pelo interesse em conhecer a escola onde eu trabalho.

      Amanhã mesmo eu te mando um email com as informações que você solicitou. Já anotei o seu endereço de email e por isso o tirei do seu comentário para evitar que spamers não vejam e comecem a te mandar mensagens indesejáveis.

      O que o seu amigo te falou é verdade, a imigração irlandesa é bem mais tranquila que a canadense, a australiana, a america e mesmo a britânica, por isso que aqui tem muitos compatriotas brasileiros.

      Aqui em Dublin tem várias agências de au pair, procure no Google pelo termo “au pair dublin agency” que você vai encontrar bastante coisa. Assim você já vai se familiarizando com os sites e quais os requisitos que as famílias irlandesas normalmente pedem.

      Boa sorte e mantenha contato!

      Abraços, Ana

  89. Fernando Maia julho 17, 2014 às 9:20 pm #

    Boa noite, Ana Paula.

    Eu não consegui visualizar nenhum contato ou feed back seu com relação as minhas dúvidas e possibilidades de emigrar para o país.

    De qualquer forma, deixo aqui meus cumprimentos pelo site bem construido e bem elaborado.

    Fique na Paz!

    • Ana Paula Marques julho 17, 2014 às 9:51 pm #

      Oi Fernando, eu respondi o seu comentário ali em cima. ▲

      Mas o que eu disse foi o seguinte: as regras de imigração na Irlanda do Norte são bem diferentes das regras de imigração na República da Irlanda, uma vez que a Irlanda do Norte faz parte do Reino Unido e segue as regras deles.

      Para ser honesta com você eu não saberia te dar dicas do que é necessário para viver e trabalhar na Irlanda do Norte, mas você vai achar informações bem completas no site da imigração do UK nesse site: https://www.gov.uk/government/collections/immigration-rules

      Ana

  90. Larissa julho 21, 2014 às 5:49 pm #

    Olá Ana,
    Eu e meu marido estamos querendo ir para Dublin por uma experiência… Poderíamos conversar por email?
    Tenho muitas dúvidas!

    Atenciosamente,
    Larissa
    Lari_omena@hotmail.com

  91. Pollianna Santos julho 23, 2014 às 6:02 pm #

    Eu adorei o artigo, penso em trabalhar um pouco tempo fora do país , não para juntar grana , mas para ter experiência mesmo, tenho vários amigos que vivem fora por esse mundo , moram fora por não querer mais morar aqui no Brasil e todos foram com o pé no chão , ai alguns falam sair daqui e trabalhar de babás , domesticas e afins para gringos , pior é trabalhar aqui nessas funções para brasileiros e ganhar uma merreca e também ser humilhado, nunca trabalhei nessas funções mas já vi cada coisa que os patrões faziam com seus empregados , mas já fui freelance em um casa noturna.
    Parabéns pelo artigo.

    • Ana Paula Marques julho 24, 2014 às 9:55 pm #

      É isso mesmo Polliana! Siga sempre o seu sonho!
      A experiência de vier no exterior é um grande aprendizado.

      Boa sorte para você e quem sabe a gente se encontra em Dublin um dia.

      Abraços
      Ana

  92. Laís julho 29, 2014 às 2:22 pm #

    Oi Ana, estou indo para Dublin em setembro e gostaria de conversar com você para obter algumas dicas. Tenho um inglês intermediário, e consigo me comunicar relativamente bem mas estou um pouco porque não conheço ninguém aí, ficaria muito grata se pudesse me passar seu contato. O meu é laishcr@yahoo.com.br. Abs

  93. valter julho 30, 2014 às 2:52 am #

    ola ana tudo bem com vc sou musico baterista ja trinta anos estou fazendo um curso de inglez e pretendo ir morar ae em dublin e viver demusica pois sei que ae e muito bom pra cultura musical vc teria alguma dica pra me dar muito obrigado

  94. Iangue agosto 5, 2014 às 2:30 pm #

    Bom dia Ana !!
    Estava pesquisando sobre Dublin porque decidi trabalhar e estudar fora para aperfeiçoar o inglês que estudo a mais ou menos 4 anos. Então para realmente ficar fluente será uma experiência incrível e eu não me importo com qual trabalho eu tenha que exercer.
    O receio que tenho é de não conseguir um emprego logo quando chegar e seria ótimo ter umas dicas de quem passou por essa experiência como você. Se puder falar por e-mail ou até mesmo enviar um ficarei muito grato. Até logo (= !!

  95. Rodrigues Vicente agosto 9, 2014 às 5:10 pm #

    Olá Ana Marques, Sou angolano, há tempos que penso em deixar de viver em Angola e estou a pensar em morar em países como Irlanda, Noruega … Só teho Ensino Médio concluído, tenho experienxia com informática e Criação Publicitária em corel Draw. Gostaria de saber o que me recomendas e quais as possibilidades de fazer faculdade aí e de conseguir emprego na área de informática ou (qualquer coisa, faço qualquer coisa). e também gostaria de saber dos preços praticados pelas escolas (Boas Escolas) de inglés aí e em quanto tempo é possível ter um conhecimento razoável da língua para se comunicar em um locl de serviço?

    Digo isto porque já tenho o nível de iniciante, já consigo saudar, pedir informações, dizer o que sinto.

    Obrigado

    Rodrigues

  96. Jonathan agosto 12, 2014 às 8:18 pm #

    Oi Ana, gostei muito do blog, estou me formando em Administração, tenho 1 ano de auxiliar administrativo, tenho chance no mercado irlandês?

  97. adri agosto 17, 2014 às 5:43 pm #

    Em qual desses sub-empregos dá pra ganhar melhor?

  98. Wesley setembro 4, 2014 às 1:59 am #

    quero fazer amizade com brasileiros que moram na Irlanda se alguém se interessar entra em contato comigo wesley.emiliano@hotmail.com. Se souberem de trabalho na Irlanda mesmo que seja lendo um jornal me passem o contato, agradeço desde já.

  99. Marcel santos outubro 5, 2014 às 1:19 pm #

    e se eu ir para dublin , depois de ter feito o curso de ingles , aproveitar e fazer uma faculdade consigo o stamp 4 ?

    • Ana Paula Marques outubro 5, 2014 às 1:40 pm #

      Não Marcel. Se vc fizer uma faculdade vc continuará com o Stamp 2 de estuda. Stamp 4 é um visto de trabalho.

      Abraços, Ana

  100. Patricia outubro 6, 2014 às 2:44 am #

    Oi, Ana! Tudo bem? Estou me preparando para um curso de Master em Dublin. Estou me preparando para ter o $$ do curso + custo mensal. vc pode me dizer +- quanto gastaria por mês contando aluguel (dividido com alguém), comida, lazer e etc? Nada mto exagerado…🙂 Uns 750 euros??

    Além disso, sabe me dizer se há mtooos brasileiros mesmos por aí?? Tenho receio apenas pq fui pra Londres esse ano e havia muuuitos brasileiros. Eles me passavam mta segurança, mas acabava não treinando tanto meu inglês como eu deveria.. rs

    Obrigada e parabéns pelo texto!!! Adorei!🙂

    Bjs

  101. Ana Paula Marques outubro 10, 2014 às 9:51 pm #

    Oi Patricia, obrigada pelo seu comentário.

    Então aqui em Dublin tem muito brasileiros sim, muito mesmo! Talvez não tenha tantos quanto em Londres, mas como Dubllin é bem menor que Londres a impressão é que tem muito mais. Eu não acho que isso seja um problemas, mas se prepare para encontrar brasileiro por todo lugar em Dublin.

    Quanto ao valor que você vai gastar, sugiro que você leia esse texto aqui: https://sabaticandoemdublin.wordpress.com/2013/08/29/custo-de-vida-na-irlanda/

    Boa sorte e sucesso pra você!

    Abraços,
    Ana

  102. Samuel Bove Filiaci outubro 23, 2014 às 2:05 pm #

    Olá,

    Estou no Brasil e tenho interesse em ir para Irlanda Trabalhar. Alguém poria me dar um auxilio.

    email: samuel.filiaci@gmail.com

    Obrigado desde já aqueles que entrarem em contato!

  103. Kaique outubro 28, 2014 às 5:01 pm #

    Parabéns Ana, pessoas como você fazem a diferença, respondendo as duvidas e ajudando as pessoas.

    Tenho uma duvida, é melhor ir já com o visto de estudante ou ir com o de turista e fechar um curso ai?

    Obrigado!

    • Ana Paula Marques outubro 28, 2014 às 6:53 pm #

      Oi Kaique eu particularmente acho melhor vir com o curso comprado e a carta da escola pois quando vc passar no controle de fronteira terá o seu passaporte carimbado como estudante. Se vc vier como turista, vão carimbar seu passaporte como turista e na hora de pegar o visto de estudante a imigração irá te obrigar a deixar o país (vc pode ir até qq país da Europa e voltar, não precisa voltar para o Brasil) só para passar pelo controle de fronteira e ter o passaporte carimbado novamente.
      Bom, essa é a minha opinião. Mas se vc estiver planejando fazer uma viagem a alguns outros país de qualquer forma, pode ser uma boa. Me avise caso vc ainda dúvidas sobre isso. Abraços!

  104. Crystian novembro 4, 2014 às 3:07 am #

    Oi, Ana! Eu e minha namorada gostaríamos de morar na Irlanda por tempo indeterminado. Não temos planos de voltar ao Brasil. Eu tenho curso superior na área da computação e ela está querendo fazer faculdade aí.O que você nos recomenda? Considera, esse, um cenário difícil para ser encarado? O que é necessário para nós?

    Agradecido.

    • Ana Paula Marques novembro 4, 2014 às 9:26 pm #

      Oi Crystian, obrigada pelo comentário. Vc ou a sua namorada tem passaporte europeu? Como vocês pretendem imigrar para a Irlanda? Eu recomendo que vocês pensem em como conseguir um visto, para poder viver e trabalhar na Irlanda pois viver ilegalmente em um país extrangeiro sim é um cenário difícil.
      Boa sorte e sucesso para vocês!

  105. Jorge novembro 10, 2014 às 9:24 pm #

    Ola Ana! li vários blogs sobre o tema e achei o seu bem objetivo e vc respondendo a todos com muito presteza, o que realmente faz a diferença e cabe a nós agradecer por ter pessoas tão legais como você. Tentei achar alguem com interesse semelhante ao meu, mas vi que minha necessidade é bastante distinta da maioria. Tenho 41 anos, casado e dois filhos, de 6 e 14 anos e, tenho o desejo de morar um tempo fora do brasil com toda a familia. Para isso, estou em busca do pais que melhor nos acolha e que nos permita estudar e trabalhar. Temos uma vida confortável no Brasil e recursos para comprar um imóvel, ainda que modesto, no lugar escolhido. Minha intenção não é ganhar muito dinheiro ou fazer pé de meia, mas é necessario trabalhar para nos sustentar e não consumir todas as nossas economias durante nossa estadia de aproximadamente uns dois anos. Meu nivel de ingles hoje é intermediario e a programação é toda a familia estudar ingles durante 2015 e irmos em 2016 com o visto de estudo e trabalho e, dependendo do nivel na lingua, fazer um curso profissionalizante ou iniciar com ingles. Preciso saber como funciona para meus filhos estudarem e se é possivel, com o tempo, conseguir cidadania. Enfim, se após alguns anos conseguirmos retornar ao Brasil, todos com ingles fluente, sem ter consumido nossas reservas e os meninos com dupla cidadania para não terem mais a restrição que nós temos, já seria mais que perfeito. Eu e minha esposa temos a humildade necessária para trabalhar em qualquer coisa, sabemos que nossa formação ou experiencia aqui inicialmente não serão relevantes, sabemos que não tem moleza, que estaremos zerando tudo e não temos medo do trabalho. Você acha a Irlanda um bom destino pra nós? É viavel concretizar nosso sonho aí? Independente de tua resposta, agradeço por tua atenção.

  106. Jonas Rodrigues dezembro 3, 2014 às 1:32 am #

    Boa noite Ana, gostei muito do seu texto, meu sonho é ir para Irlanda mais precisamente em Dublin, estive olhando os cursos aqui no Brasil e achei um absurdo, tem como eu comprar o curso diretamente na Irlanda mesmo eu estando aqui no Brasil ? me indica uma boa escola de Ingles que seja confiável ? e quanto a subempregos mesmo eu tenho um nível de inglês básico consigo alguma coisa.

  107. Dani Licht dezembro 4, 2014 às 12:49 pm #

    Olá..
    Estou me programando pra ir para a Irlanda ano que vem. Mas, a princípio, não queria ir pra Dublin. Pensei em Cork ou Galway. Mas ainda estou em dúvida sobre conseguir trabalho. Algumas pessoas já me falaram que tem tantas chances quanto em Dublin, outras já me falaram que é impossível conseguir alguma coisa. Então estou meio insegura. Você saberia me dizer algo sobre essas duas cidades? Obrigadaaa..

  108. Auricélio Oliveira dezembro 8, 2014 às 3:44 pm #

    Ola Ana meu é Auricélio sou motorista carreteiro tenho 40 anos tenho experiência em construção civil
    estudo inglês e estou no nível intermediário, pretende fazer um Intercâmbio partir do final do próximo ano em Dublin já com o nível avançado e fazer um curso de nível superior, nessa área é difícil encontrar emprego em Dublin?

  109. Pedro dezembro 18, 2014 às 1:38 pm #

    Ola Ana,
    se eu entendi bem voce tem passaporte europeu, ja que consegue trabalhar por bastante tempo por ae nao? Meu problema eh o visto. Eu nao tenh. VOce acha viavel, aconselhavel procurar trabalho com visto de turista ou estudante? Voce falou que estudante ja fica atras na fila, perde para quem tem stamp 4… Se for assim complica nao?
    Seu blog eh muito bom, obrigado!

    • Ana Paula Marques janeiro 15, 2015 às 10:15 pm #

      Oi Pedro, eu não tenho passaporte Europeu não! Eu tenho um visto de trabalho chamado Stamp 4 (O visto de estudo é um Stamp 2). Eu consegui esse visto de trabalho porque moro com meu namorado que é irlandês há 3 anos e, segundo a lei irlandesa, a gente tem o direito de ficar junto e para isso o governo tem que me conceder um visto que dê direito a trabalhar no país sem restrições.

      Espero ter conseguido tirar a sua dúvida. Caso você tenha outras perguntas, fique à vontade para me escrver. Abraços!

  110. shirley dezembro 19, 2014 às 12:41 am #

    Ola, gostei muito do seu blog, eu gostaria de obter informações sobre o campo de trabalho na área de Enfermagem (técnica ) ai na irlanda , estou indo para aperfeiçoar e aprender , inglês, que ganhar dinheiro sei que esta dificil em qualquer lugar do mundo…. se puder me ajudar agradeceria muito…tipo será qu posso trabalhar como cuidadora ai ? tem muita concorrencia ?

    beijos

    Shirley de Campinas – Brasil

  111. Matheus Rodrigues dezembro 19, 2014 às 2:22 am #

    olá adorei seu blog as nuvidas que tinha foram praticamente sanadas estou pensando em ir para aif azer um intercambio de 6 meses garantindo m,eus outros 6 meses para poder trabalhar, mas conseguir ficar mais de um ano pelo que estou lendo é quase impossivel né? qualquer coisa meu e-mail : matheust-bo@hotmail.com agradeço se puder me enviar uma resposta

    • Ana Paula Marques janeiro 15, 2015 às 10:20 pm #

      Oi Matheus, obrigada pelo seu comentário.

      Caso você queira ficar na Irlanda depois que o seu ano de intercâmbio acabe, você precisa contratar outro curso de inglês e renovar o seu visto de estudante. Você pode estudar inglês na Irlanda por, no máximo, 3 anos.

      Depois desses 3 anos, caso você queria renovar o visto, você terá que obrigatóriamente fazer um curso superior (Faculdade ou pós graduação).

      O governo entende que em 3 anos você consegue aprender inglês o suficiente para cursar uma faculdade e não precisa de um quarto ano para estudar inglês.

      Espero que essas informações te ajudem e sejam úteis para você!

      Continue acompanhando o blog.

      Abraços!

  112. Barbarela Dias dezembro 19, 2014 às 11:30 am #

    Oi, estou pensando em ir para a Irlanda e, minha maior preocupação era a questão de trabalho, até pq preciso pagar minhas despesas ai! rs E, o seu texto foi o melhor que achei nessa questão até agora!
    Hoje, sou estagiaria de uma multinacional muito forte na Europa, acha que isso ajuda na hora de um emprego por ai?? E, como por ai tem muitos pubs, tem bastante free para músicos??
    E, você tem alguma agencia de intercambio para indicar?

  113. priscila dezembro 25, 2014 às 3:53 am #

    Oi Ana, tudo bom? Parabens pelas informaçoes, sao muito esclarecedoras. Queria saber sua opiniao sobre como posso fazer o nivelamento do meu ingles, fiz varios cursos no Brasil e atualmente estou nivelada no intermediario. Vou pra Dublin estudar em março de 15, e a cada texto que leio tenho mais certeza da importancia de conseguir se comunicar bem a principio. Como voce sugere que possamis testar a habilidade com o idioma antes de viajar? Assisto a filmes, series e tudo mais e a dificuldade no entendimento ainda eh bem grande apesar de estudar ha bastante tempo…. da uma boa insegurança… qual sua opiniao?

    Abraços e parabens novamente.

    • Ana Paula Marques janeiro 15, 2015 às 10:27 pm #

      Olá Priscila, obrigada pela sua visita!

      Antes de você começar as aulas de inglês em uma escola de inglês aqui na Irlanda, você terá que fazer um teste de nível na própria escola.

      Cada escola adota seu próprio teste, que pode ser uma teste de multipla escolha (que inclui gramática, compreensão de texto e vocabulário) mais uma entrevista oral com um professor da escola.

      Caso você queira saber mais ou menos o seu nível, antes de fazer o teste da escola eu recomendo este aqui – http://www.lcci.org.uk/placementtests/

      Boa sorte e sucesso para você!

  114. Fernanda santos janeiro 6, 2015 às 8:06 pm #

    Oi Ana ,
    Tem limite de idade para ser estudante na irlanda?
    Bjo

    • Ana Paula Marques janeiro 6, 2015 às 8:09 pm #

      Oi Fernanda, não tem não. Conheço bastante gente, por voltas dos seus 60 anos, que escolheu a Irlanda para estudar inglês.

  115. Gabriel janeiro 7, 2015 às 11:01 am #

    Olá Ana, estou planejando fazer um intercâmbio de 6 meses na irlanda, porém gostaria de ir para uma cidade com poucos brasileiros. Qual lugar você recomenda?
    Beijos

  116. Luiz C S Rocha janeiro 9, 2015 às 2:32 am #

    Olá Ana Paula Marques tenho 45 anos e tenho um enorme desejo de ir para Irlanda, morar e trabalhar, tenho pós graduação, porém encararia qualquer desafio..
    pode entrar em contato comigo….

    Grato
    Luiz

  117. Rodrigo de Castro janeiro 15, 2015 às 4:55 pm #

    Olá Ana minha esposa, minha filha e eu vamos para a Irlanda em Julho, minha esposa e minha filha são cidadãs espanholas. Eu vou para estudar inglês, minha esposa já fala o inglês pré-intermediário sugeriram para ela trabalhar de babá tem como conseguir esse tipo de emprego aqui do Brasil já e já chegar tudo certo?

    outra pergunta que tenho é se nessas condições com familiares europeus eu tenho mais chance de conseguir o Stamp4? quais os requisitos deles? é muito chato conseguir?

    e também tenho algumas duvidas em relação a moradia por que vou com uma criança e vi que ai em dublin tem muita casa pra gente sozinha….me ajude plz rsrsrs

    obrigado….

    • Ana Paula Marques janeiro 15, 2015 às 10:47 pm #

      Olá Rodrigo,

      A sua esposa poderá entrar em contato com algumas famílias irlandesas para se candidatar a vagas de AuPair.

      Alguns sites poderão ajudá-la nessa tarefa. Que tal dar uma olhada nesses:
      http://www.aupairagency.ie/
      http://www.aupairireland.com/
      http://www.aupairinireland.ie/

      No entanto, pela minha experiência, as famílias preferem contratar as garotas após conhecê-las e entrevistá-las pessoalmente.

      Fiquem antento pois algumas agências de au pair cobram pelo serviço de indicar as candidadas às famílias.

      Como na Irlanda não há um programa oficial de au pair, não existe qualquer tipo de regulamentação para essa atividade. Em outras palavras, não existe um piso salarial para essa profissão e as leis trabalhista do país não se aplicam nem beneficiam as pessoas que trabalham como au pair.

      Por esse motivo também é impossível solicitar o Stamp 4 nesse caso.

      Boa sorte para você e sua esposa.

      Abraços,
      Ana

      • Rodrigo de Castro janeiro 16, 2015 às 1:29 am #

        Ana Muito obrigado por sua resposta.

        Quais as dicas que vc me da para conseguir o Stamp4? Minha esposa tem que estar em algum trabalho registrado? Quais as dicas que vc me da? Como vou entrar com assim que chegar quero tentar…

  118. Yago Rodrigues janeiro 15, 2015 às 9:51 pm #

    Olá seu texto foi muito útil pra mim e animador rsrs. Estou indo pra Dublin agora em Janeiro e gostara de saber se já no primeiro mês de intercâmbio eu consigo um emprego. Eu estou disposto a trabalhar de qualquer coisa, faxineiro, bar, entregador de panfleto, enfim… quero chegar já entregando currículo pois não estou indo com os três mil euros exigidos, mas confesso que estou com muito medo =(

    • Ana Paula Marques janeiro 15, 2015 às 10:10 pm #

      Oi Yago, obrigada pelo seu comentário.

      Por que você não está vindo com os 3 mil Euros exigidos?

      Você só vai conseguir arrumar emprego depois de estar com o seu visto permanente em mãos e para isso você precisará comprovar os 3 mil Euros na conta aberta em um banco irlandês.

      Se a sua ideia é trabalhar para juntar os 3 mil Euros, não é assim que funciona! Sem os 3 mil Euros, nada de visto! E sem visto, nada de trabalho!!!

      Se eu fosse você, nem pegaria o avião sem esse dinheiro. Você corre o risco de ser questionado sobre esse valor ainda no aeroporto e terá grandes dores de cabeça se não souber explicar porque não tem o dinheiro, podendo até ser deportado. Já pensou o prejuízo de pagar curso e passagem aérea e ser mandado de volta para o Brasil?

      Pense bem sobre isso e boa sorte para você!

      • Yago Rodrigues janeiro 15, 2015 às 10:26 pm #

        Aumento do euro, perca de emprego, estou levando dois mil, sei que devemos depositar esse dinheiro imprimir o comprovante ir na imigração enfim, os mil euros que me falta meu amigo que mora lá vai depositar na minha conta assim que meu visto sair eu já transfiro pra conta dele, acredito que quanto a isso não haja nenhum problema pois esse mesmo amigo fez dessa maneira. e sobre ser barrado na imigração será que pode acontecer mesmo com a documentação completa ? Obrigado pela atenção

  119. Sandra Rezende janeiro 15, 2015 às 9:58 pm #

    Oi tudo bem? Tenho 50 anos e pretendo mudar definitivamente do Brasil. Preciso saber de oportunidades de trabalho ou abertura de negócio na Irlanda.Obrigada pela atenção.

    • Ana Paula Marques janeiro 15, 2015 às 10:51 pm #

      Olá Sandra,

      obrigada pela sua visita.

      Você tem passaporte Europeu? Em caso negativo, como você pretende imigrar para a Irlanda?

      Abraços!

  120. Luiz janeiro 16, 2015 às 9:09 am #

    Tenho os 3 mil euros para viajar, todas as condiçöes viaveis par viajar, meu ingLës nao ~e dos melhores, mas entendo bem, qual o tipo de trabalho mais comum para quem tá chegando?

  121. Deborah M janeiro 19, 2015 às 7:52 pm #

    Olá ! Adorei o texto ! Estou decidida a fazer um curso de inglês em Dublin, já possuo inglês intermediário porém tenho muita vergonha de falar e nada melhor que um intercâmbio pra perder o medo. Porém vi que novas regras começaram a valer agora em 2015 para os estudantes que querem trabalhar nos 6 meses de férias. Trabalho há 8 anos com TI e queria algo na minha área, porém agora com essas novas regras fica bem difícil conseguir né ? Ana vc sabe me informar se tem algo nessa área com carga horária de 20 horas semanais ? Ou é melhor desistir de conseguir algo na área e tentar os tipos de emprego comuns para estudantes como cleaner ou au pair ?
    Se possível, me envie algumas dicas por favor.
    Obrigada

  122. Gil Soares janeiro 21, 2015 às 11:54 am #

    Ola Ana . Tudo bem? Você ainda está na Irlanda ? pois estou com planos de ir pra lá em dezembro desse ano e gostaria de conversar com alguém que já esteve por lá antes de tomar minha decição. Poderia me enviar seu email. gilliard-soares@hotmail.com.

    Desde já agradeço.

  123. Bruna fevereiro 1, 2015 às 1:39 pm #

    Oi Ana! Me manda um email, please?

    Qro muuuito conversar c vc sobre a irlanda e tirar algumas duvidas!🙂

  124. daniel fevereiro 4, 2015 às 9:56 pm #

    Oi Ana. Sabe alguma agência de empregos ai que a gente possa marcar uma entrevista daqui ?Eu e minha esposa temos profissão ela cuida de crianças aqui e eu sou eletricista.

  125. Carlos Queiroz fevereiro 6, 2015 às 10:00 pm #

    Olá pessoal….
    Então estou cansado do Brasil não consigo. Mais viver aqui, tenho um restaurante japonês e estou vendendo para ir morar na Europa e, um dos países q estava pesquisando seria Irlanda. …
    Porém não falo inglês só mente espanhol, tenho experiência de 17 como Sushiman alguém sabe me informar se existe bastante restaurantes japonês por aí?????
    Grato a todos. …

  126. Ísis wanessa de lima fevereiro 7, 2015 às 2:53 pm #

    Bom dia, gostaria muito de trabalha fora do Brasil,tenho um filho de 2 anos gostaria de leva, qualquer trabalho baba,camarela, faxineira, é um sonho que tenho . vcs podem mim ajuda.sou doada aqui no Brasil em técnica de radiologia, mais e uma área muito feixadato desenpredada.certa de suas atenções estou desposta a ir .

  127. Graziela Heck fevereiro 8, 2015 às 3:17 pm #

    Olá Ana… simplesmente adorei seu post. Eu já morei duas vezes fora do Brasil, nos EU fui AuPair e na Suécia fiz mestrado. Voltei p o Brasil em junho de 2013 e olha, fico me perguntando pq não vou p fora novamente. Esse ano as coisas aqui estão complicadas… estou trabalhando na minha área (comércio exterior) porém as coisas na nossa terrinha não estão indo tão bem… fico indignada com tanta coisa errada.
    Então, a questão é que eu to louca p fazer outro intercambio. Esse ano eu creio que não consigo, mas p o próximo ano eu acho q as coisas podem se concretizar.
    Eu não tenho medo de trabalhar ou enfrentar dificuldades, tenho um bom inglês tbm, além de já ter trabalhado com crianças anteriormente. Eu tenho meu emprego regular aqui no Brasil, mas tbm atendo clientes depois do horário e nos sábados fazendo unha, sobrancelha, cabelo e maquiagem (ser filha de cabeleireiros tem suas vantagens… rs). Só tenho um receio… já vou fazer 32 anos… =P
    O que vc me diz… total loucura da minha parte largar td por outro sonho louco? rs

    Bjos

  128. Larissa Gontscharow fevereiro 17, 2015 às 10:46 pm #

    Olá Ana. Adorei seu post!
    Eu e meu namorado pensamos em ir para a Irlanda para estudar e trabalhar por um ano, caso as coisas funcionem por aí podemos até pensar em ficar mais tempo. O meu inglês é bom, avançado, o meu namorado tem um basicão, mas está disposto a se esforçar.
    É rápido para a entrada no mercado de trabalho? Não temos de medo de trabalho nenhum. E quanto a moradia? O que você nos recomenda? Ficar um tempo com alguma host family e depois tentar outra coisa?
    Abraços.

  129. Carolina março 1, 2015 às 12:24 pm #

    Olá Ana,bom dia!
    Li quase todas as postagens e amei! Bom,gostaria de tirar uma dúvida…Entrando no país como turista,consigo algum subemprego? E acontece de conseguirmos uma proposta formal de emprego entrando como turista na Irlanda?Bom,falo apenas o básico do básico do inglês, mas vou estudar um pouco antes de arriscar a sorte,gostaria que tirasse minhas dúvidas.Agradeço desde já!

    • Ana Paula Marques março 1, 2015 às 2:12 pm #

      Oi Carolina, obrigada pelo seu comentário.
      Entrando na Irlanda como turista vc só pode ficar no paÍs por 90 dias (3 meses) e vc não pode trabalhar durante esse período. Caso vc encontre um emprego nesse tempo e comece a trabalhar, vc está fazendo algo ilegal, ou seja, contra as leis de imigração do país.
      Para poder trabalhar legalmente, você precisa ter visto de trabalho ou de estudo.

      Abraços!

  130. Natália Alves março 4, 2015 às 10:52 pm #

    Adorei ler a sua experiência… Fantástico….

  131. Allan Justino março 5, 2015 às 1:12 pm #

    Olá, tudo bem?
    Primeiramente gostaria de te parabenizar pelo site. Muito explicativo e confortante pafa nos que estamos pensando em fazer um intercâmbio.
    Gostaria que você me ajudasse….. Estou na dúvida entre Sydney e Dublin. Minha primeira opção era Sydney, porém o curso e os custos de vida lá são exorbitantes, em contra partida, existe muita oportunidade de emprego. Em Dublin, iria gastar metade do valor, mas muitas pessoas estão me desaconselhando pois não oportunidades de emprego ai. Vc concorda? Poderia me ajudar?
    Tenho Inglês pre intermediário e não tenho medo de trabalhar em hard work.

  132. Fernando março 5, 2015 às 8:08 pm #

    Ótimo texto. Esclareceu bastante para mim.
    Enfim, vou para Dublin em maio pra ficar um mês e já tenho um nível avançado de inglês, consigo me virar bem. Ou seja, vou mais para aperfeiçoar o inglês, pegar a vivência mesmo.
    Sou formado em engenharia ambiental, fiz uma especialização e, aqui, trabalho na área. Mas não me satisfaz. É tudo mto burocrático e sabemos que conseguir uma vaga de prestígio/salário bom é complicado.
    Vc tem alguma ideia do mercado ambiental daí? Sei que não conseguiria emprego na área assim de cara, demandaria mais tempo, visto, outros empregos e tal. Mas estou pensando em estender o tempo de curso para 6 meses, ficar um tempo a mais e tentar pelo menos. Acha plausível?
    Obrigado e abraços.

  133. maria antonieta dos santos março 11, 2015 às 10:06 am #

    Oi Ana amei seu blog, preciso de sua ajuda estou com planos de ir estudar e trabalhar ai em Dublin, tenho um inglês intermediário, não tenho curso superior, porem trabalho de qualquer coisa, como por exemplo: garçonete,baba,manicure, cabeleireira, bar girl,minha faculdade de Administração de empresas esta incompleta. Quero ir estudar inglês e depois se possivel fazer um curso superior.Porem não tenho ideia de quanto irei precisar inicialmente por pelo menos os seis primeiros meses, levando em conta de que não bebo e nem fumo e quase não saio pra baladas.
    E quanto aos cursos eu tenho que pagar adiantado pelos 6 meses ou posso pagar por cada mês?
    Obrigada desde já!
    Maria Antonieta

  134. joao Cunha março 23, 2015 às 12:19 pm #

    Bom dia Ana Marques, é muito bom dar e ajudar pessoas que estão aqui no desespero, procurar uma vida com dignidade, aqui não há hipotse. aproveito para lhe pedir tenho um amigo que tem um filho que trabalha na pt. faz fusões de fibra otica, a namorada está a viver a 200 kms de Dublim, quer ir viver para lá,sabe de empresas irlandesas para se candidatar-se.
    Muito obrigado
    jcunha

  135. Leandro março 23, 2015 às 2:16 pm #

    Ana
    Tenho uma amiga já a três anos ai.
    Ela me convidou pra tentar a vida ai.
    Estou muito intusiasmado porém não falo inglês, a ideia era estudar e trabalhar, o que me aconselha ? Visto de turista pra três meses e tento visto pra um ano depois ???
    Grato

  136. caike março 26, 2015 às 10:56 am #

    Ola Ana tudo bem ! eu sou formado em educacão fisica aqui no brasil.estava pensando em ta fazendo um ingles avancado na wizard aqui no brasil sera que conseguo emprego nessa minha area ?

  137. Jessica abril 2, 2015 às 4:30 pm #

    Oi Ana, adorei seu texto =)
    sera que vc pode me add no whats?
    11 941440392
    obrigada

  138. Cassio Silva abril 8, 2015 às 11:23 pm #

    Oi Ana tudo bem? gostei muito do seu post, mas confesso que fiquei meio confuso em relação a parte dos vistos…

    Pois eu tenho varios colegas que estao em dublin, usam o visto que permite trabalhar e estudar, e nao encontraram dificuldade alguma para achar emprego…

    Claro que acho que tudo depende do seu nivel de ingles também. Mas no geral, eles nao encontraram problemas para emprego, teve um apenas que demorou cerca de um mes para arrumar trampo, mas ele tinha pouco ou quase nada de ingles…ele entregava jornal nos onibus. Hoje esta bem empregado. Um deles trabalha no marketing da escola.

    Algo muito legal também, não sei se em 2011 havia essa possibilidade, mas hoje há, o estudante pode fazer estagio nao remunerado alem de cursos como adm,ti e gestão empresarial.

    Tenho um colega no youtube que fala muito em relação a empregos, podem procurar é Guilherme Reginatto. Ele inclusive demorou 5 dias para estar empregado e é recepcionista de um hotel.

    Talves a alguns anos atras poderia ser mais dificil mesmo, hoje pelo que estou procurando, parece que esta mais facil, pois a relação Brasil – Irlanda cresceu e vem crescendo cada vez mais desses anos pra cá.

    Voce ainda está na Irlanda? posso pegar seu e-mail, gostaria de poder conversar mais com vc e quem sabe tirar algumas duvidas.

    Parabens pelo post.

  139. Sureya Costa abril 16, 2015 às 12:01 am #

    Oi Ana, tudo bem? Adorei seu post! Parabéns!
    Atualmente, eu estou desempregada e procurando um trabalho fora do Brasil devido ao momento da economia e também tanto eu quanto meu namorado não queremos ficar no Brasil por diversos motivos. Eu tenho cidadania européia, tenho inglês avançado e sou formada em administração há quase dois anos. O problema é que minhas experiências anteriores na área financeira, foram em start-ups e não sei como isso é visto fora do país. Gostaria muito de trabalhar na minha área, mas confesso que estou aberta a novas possibilidades. Vc tem alguma dica de onde eu poderia conseguir um trabalho? Uma agência específica ou alguma área que facilite para quem tem cidadania portuguesa, com inglês avançado?

    Mais uma vez, parabéns pelo post!
    Muito Obrigada,
    Sureya

  140. Junior Sousa abril 17, 2015 às 2:03 am #

    Ana, prazer imenso em ler seu texto. Muito esclarecedor, Tenho plano de ir para Dublin ou cidades próxima para fazer cursos de Inglês, sei que poderei trabalhar 20 hrs no período de curso e 40 horas no período de férias, mas a questão é, o curso tem duração de 1 ano, e se eu quiser ficar mais tempo ou fazer outro curso de Inglês mais avançado, tem como? Posso renovar o visto né?! Além de trabalhar as 20 horas semanais pretendo também exercer uma função, a de cabeleireiro como autônomo, nada registrado, tipo Home care, ou com comida também pois cozinho muito bem ! O que acha? Meio precipitado? Enfim, seus conselhos me ajudarão bastante !
    Grato, Beijão!
    Meu e-mail: edelglacio12@hotmail.com Whats: +55 62 9133-0105 ( Junior )

  141. maykel campestrini abril 19, 2015 às 2:11 pm #

    Oi Ana.

    Sou Bombeiro Militar em Santa Catarina. Terias alguma informação sobre este serviço por ai?

  142. Vanessa abril 22, 2015 às 6:47 pm #

    Oi Ana boa Tarde, Morei na Australia por 3 anos e meio, me separei do meu marido e escolho voltar ja q o visto era de estudante… Acontece q nao consigo me adaptar com Brasil n more! Tenho cidadania Europeia preciso sair da qui..
    But tenho 2 filhos 6 e 8 anos vc acha q e impossivel ir sosinha para ai com 2 criancas e conseguir sobrevive?? Muito Obrigada

  143. Deborah maio 8, 2015 às 5:28 pm #

    Olá, uma dúvida. Suponhamos que eu permaneça um ano estudando ingles por agencia e tudo mais, daí depois volte para o Brasil. Se eu desejar retornar novamente no mesmo esquema (pra estudar ingles por um ano) existe algum impedimento talvez com relaçao ao visto oualgo parecido?
    Grata

  144. Diego maio 14, 2015 às 11:17 pm #

    Ana Boa noite estou querendo ir para Irlanda para fazer um curso basico pois nao falo nada de ingles estou pensando em ficar entre 6 meses a 1 ano estudando pois minha namorada foi esse mes e ela tem noçao de ingles vc acha viavel sera que depois de uns 2 meses consigo um emprego? o que vc me aconselha?desde ja agradeço

    • Ana Paula Marques maio 17, 2015 às 6:21 pm #

      Oi Diego,

      Em dois meses, se você for esforçado, você já começa a se comunicar bem e já dá para começar procurar emprego sim!
      Só aconselho a você em casa mesmo, o máximo que você conseguir antes de vir. Isso ajuda muito!

      Boa sorte e sucesso para você!

  145. Priscila maio 19, 2015 às 5:33 am #

    Oi, Ana. Tudo bom?

    Estou planejando fazer intercâmbio de 6 meses no próximo ano e já estava decidida a ir para o Canadá. Tinha descartado a Irlanda pela questão do sotaque e de ter muitos brasileiros, mas o custo de ir para o Canadá está me fazendo repensar…
    Vi comentários de que em Galway tem bem menos brasileiros do que em Dublin, você sabe se isso realmente procede?

    Quanto ao sotaque, meu medo é de demorar a me adaptar. Meu inglês é intermediário-avançado e, mesmo estudando por mais de 4 anos na cultura inglesa, ainda tenho dificuldade de entender o inglês britânico, imagina então o irlandês!! Você acha que essa adaptação pode demorar, atrapalhando assim o aprendizado e a busca por emprego?

    Falando de emprego… sei que você citou no post que era apenas uma questão de querer e ter disposição, mas isso foi em 2013. Nem cogito trabalhar na minha área (sou arquiteta), mas ainda tem muita vaga de babá ou garçonete por ai? O fato de não ter experiência alguma nessas áreas prejudica muito?

    Heheh, desculpa te encher de perguntas, mas fiquei empolgada quando vi que você continua respondendo, mesmo tanto tempo após a postagem! Obrigada pela atenção com todo mundo!

  146. Rebeka maio 27, 2015 às 10:01 pm #

    Ana, adorei o seu blog e este post foi muito útil!

    Meu inglês é básico e após ler os comentáriospensei em primeiro estudar (gostaria de 6 meses) e depois se me sentir mais segura e gostar da cidade solicitar o visto de trabalho.
    É possível fazer isso?
    Grata e parabéns pelo blog 🙂

  147. Braulio souza maio 30, 2015 às 12:17 am #

    Sou ator e tenho um inglês bem avançado. você sabe me informa como está o mundo da arte na Irlanda.

  148. Daiana maio 30, 2015 às 2:05 am #

    olá Ana, adorei ler seu post… Estou tirando cidadania portuguesa, e trabalho na aérea de ti, trabalhei em algumas empresas na minha cidade e agora tenho minha própria empresa na área de consultoria em tecnologia. Estoi me formando agora em tecnologia da informação. Estou pensando muito em arriscar e ir pra Irlanda, pra viver. Só tem dois poréns , não falo inglês fluente e tenho uma filha de 1 ano. Ela e uma das principais razões de eu querer sair daqui, pq mesmo minha empresa dando uma renda razoável, eu não teria capacidade de dá-la a educação que ela teria ai. Não me importaria de pegar o que aparecesse de cara pra ir vivendo, mais vc acredita q seria possível meu crescimento ai, e arriscar me mudar com minha filha tão pequena?

  149. Fabia maio 31, 2015 às 5:50 pm #

    Oi Ana tudo bem? Estou com uma dúvida, já fui para a Irlanda fazer curso de inglês e estudei por 2 anos, agora pretendo voltar. Pergunto: o prazo de 3 anos como estudante em curso de inglês recomeça, ou vai contar os 2 anos que já estudei, e depois de um ano precisarei fazer um técnico?

  150. Cesar Marques Santos junho 11, 2015 às 12:44 pm #

    Sou estudante de educação física estou no 5 semestre., quero muito estudar inglês na irlando,vc acha que eu consigo facil um trabalho de segurança pelo meu porte fisico

  151. Clara junho 23, 2015 às 6:05 am #

    eu adorei o texto! Estou pensando em ir pra irlanda para trabalhar e gostaria de saber como estão as coisas por aí. Gostaria de saber: quando você foi, quanto tempo demorou para encontrar um emprego?
    aguardo resposta..

    obrigada

  152. Ricardo julho 6, 2015 às 5:35 pm #

    Oi Ana, muito esclarecedor seu texto! E nossa, como você sofreu hein…
    Eu sou estudante de engenharia civil, e estudante da língua inglesa. Tenho intenção de ir para Irlanda após formado. Entretanto, li alguns posts a respeito de empregos na irlanda e percebi que a maioria das pessoas que vivem na Irlanda dizem praticamente a mesma coisa sobre oportunidades na área de TI, e estou pensando em mudar meu curso para engenharia de software ou da computação, o que você acha a respeito?
    Tenho 38 anos, e consigo cidadania italiana. A ultima pergunta que faço a você é : idade pode ser um empecilho na hora de tentar uma vaga de emprego?
    Obrigado, e sucesso.

  153. Max Leão julho 8, 2015 às 2:31 pm #

    Olá Ana, pretendo ir para Dublin em 2017 pois tenho um inglês bom mas gostaria de aperfeiçoa-lo , considero nível intermediário, tenho facilidade na conversação mas um pouco mais de dificuldade na gramática, aqui no Brasil trabalho como vendedor e considero-me simpático,seria fácil encontrar emprego como vendedor ou em hostel/hotel por aí? Estou na dúvida entre terminar o inglês e ir pra Dublin fazer uma pós ou de terminar o inglês aí, o que me aconselharia?! Ps.:Me formo em Administração este ano, Abraços,Max!!

  154. Angélica julho 13, 2015 às 3:23 am #

    Oi Ana! Eu e meu marido temos vontade de ir para Dublin,só que eu não sei falar inglês e ele muito pouco.Eu sou esteticista,faço depilação e limpeza de pele,mas também topo outros tipos de trabalho. Será que seria fácil conseguir emprego?A intenção é ir,trabalhar para suprir as necessidades e aprender o inglês. O que você acha?

  155. Fernanda julho 14, 2015 às 8:46 pm #

    Alguém sabe como funciona para arrumar emprego na Irlanda ou mesmo UE, como professor do correspondente ao Ensino Médio? Há concursos públicos ou as escolas são sempre particulares? Obrigada…………

    • Jorge Mauro julho 25, 2015 às 12:06 pm #

      Fernanda, se você não é europeia e nem tem passaporte europeu, se você não fala ingles em alto nível as chances de conseguir dar aulas no ensino médio é impossível. Voce teria que estudar – fazer um curso superior aqui, se graduar aqui, adquirir um passaporte europeu – ou virar cidada irlandesa para isso.

  156. Fabiana julho 22, 2015 às 3:55 pm #

    Tenho informações de um pessoal que já está lá que esse ano arrumar emprego não está nada fácil. Muito não conseguiram nada em voltam em 6 meses.

    A minha grande dúvida é, será que esses que dizem que não conseguem, estão dispostos a passar pelo que vc passou?

    Estou como projeto de estar aí em FEV/2016 e me preocupo com isso, pois estou pedindo demissão de um emprego ” legal ” vou vender meu carro e alguns pertences como eletrônicos, móveis etc.
    Eu e meu marido temos essa disposição de trabalhar no que aparecer, pois como citei acima, não temos quem nós bancar. O que eu acho que acontece com muitos brasileiros que vão fazer intercâmbio, principalmente os adolescentes é não ter disposição para encarar o que vier.

    • Jorge Mauro julho 25, 2015 às 12:03 pm #

      Fabiana, nem faça isso. A situação aqui esta dificilima. Eu e a minha esposa ja estamos pensando em nos mandar daqui e olha que ja estamos aqui a dois anos e trabalhamos.
      A maioria dos Brasileiros que chegam não estão conseguindo arrumar emprego porque o visto de 20 horas nao esta sendo sucifiente e ainda dizem que em outubro vai haver uma mudanca novamento nos vistos o que pode tirar a possibilidade de emprego. Eles nao estao mais querendo Brasileiros aqui.😦

  157. Letícia agosto 10, 2015 às 1:54 pm #

    Olá Ana, acabo de me formar, no Brasil, em letras port/inglês e estou na Irlanda há dois dias e quero arrumar emprego,mas principalmente, quero saber como posso conseguir visto permanente! Seria ótimo se entrasse em contato cmg pra me dar algumas dicas…assim como VC n me importo se tiver que trabalhar como babá, ou garçonete no início… Ninguém começa do topo,ne? Meu email é Lêe-lopes@hotmail. Obrigada

  158. URIEL agosto 10, 2015 às 3:15 pm #

    OLÁ ANA!

    SOU ESTUDANTE DE ENGENHARIA, TENHO 21 ANOS E INGLES INTERMEDIARIO,QUERO VIAJAR DAQUI 2 ANOS, OU MENOS, E PRETENDO NÃO MAIS VOLTAR, ACHO A IRLANDA LINDA, E NAO TENHO PREGUIÇA DE NENHUM TIPO DE TRABALHO. MAS TENHO ALGUMAS PERGUNTAS COMO..

    É MELHOR FICAR EM CASA DE FAMILIA OU ACOMODAÇÕES COM OUTROS ESTUDANTES E DEPOIS ACHAR ALGO POR CONTA?

    QUAL AGENCIA VOCE RECOMENDA?

    QUANTO DEVE SER O INVESTIMENTO PARA IR?

    VOCE ESTA RENOVANDO O VISTO OU JA TEM VISTO PERMANENTE?

  159. Lucas agosto 29, 2015 às 9:10 pm #

    Queria saber como faço para encontrar um emprego para a área de medicina aí na Irlanda,é mais fácil ou mais difícil do que nas outras áreas,qual é o salário nesta área para especialistas?!Obrigado.

  160. Daniel setembro 25, 2015 às 1:15 pm #

    Olá Ana gostei do texto mas gostaria que me ajudasse com a seguinte questao- sou moçambicano e o meu inglês é intermedio gostaria de puder fazer o nivel superior na irlande….o que é necessário pra tal?!abraço

  161. Luiz Junior outubro 6, 2015 às 9:29 pm #

    Acho que a Ana nos abandonou!
    Ana fala com a gente.

  162. Vanessa outubro 14, 2015 às 12:57 pm #

    Oi, Ana! Tudo bem?

    Gostaria de fazer um curso de business na IBAT, você sabe se para ter permissão de trabalho eu sou obrigada a estar matriculada em curso de inglês, ou este que eu tenho interesse já dá permissão?

    O curso tem duração de 10 semanas, meio período, mas gostaria de ficar no mínimo 8 meses ai.

    Agradeço muito!!!

    • Ana Paula Marques outubro 14, 2015 às 1:14 pm #

      Oi Vanessa, vc não precisa obrigatóriamente estudar inglês para tirar o visto e poder trabalhar. Você pode estudar business, marketing, o que for, mas o curso precisar ter pelo menos 25 semanas de duração.
      Ou seja, o curso de IBAT que tem 10 semanas de duração não te dá o visto. A IBAT tem outro curso business (mínimo 2 anos) que te dá direito ao visto. Manda um email para enquiry@ibat.ie que vc consegue mais informações.

      Boa sorte!

      • Vanessa outubro 14, 2015 às 2:07 pm #

        Oi, muito obrigada pela resposta!

        Os cursos de 2 anos são muito caros pro meu orçamento, talvez eu possa fazer o curso de inglês e esse de Mkt Digital para complementar as semanas necessárias para o visto, vou mandar um email para este contato que você me passou! Você conhece esta escola? É boa?

        Ah, como você conseguiu trabalhar em Marketing por ai? Seu visto ainda é de 20hs de trabalho?

        Muito obrigada mesmo pela atenção!!!

      • Ana Paula Marques outubro 14, 2015 às 3:30 pm #

        Infelizmente você não pode combinar dois cursos diferentes para totalizar 25 semanas. A imigração não permite isso. O curso de inglês ou o curso de marketing digital tem que ter pelo menos 25 semanas.
        Eu trabalho no marketing da IBAT College e sim, a escola é boa sim, tem uma estrutura (biblioteca, laboratórios de informática) excelente!
        Meu marido é irlandês e tenho stamp 4 (permissão para trabalhar) por ser esposa dele.

        Obrigada,
        Ana

  163. Juliana de Moraes outubro 21, 2015 às 6:08 pm #

    Oi Ana.
    Esse intercâmbio de 25 semanas vc sabe se é possível fazer somente por agência daqui do brasil? Ou eu consigo ir atrás disso sozinha? Já que não precisa de visto, como o país sabe que vou ficar 6 meses, já que o máximo sem visto na Europa é 3 meses. Já fui ai pair nos EUA me arrependi mato de ter voltado. Fui bem burra. Já estou com 32 anos e ainda penso em sair do país. Sou formada em turismo com vasta experiência em hotelaria. Daí acho que ainda tem um luz no fim do túnel. Rssss

  164. Juan outubro 26, 2015 às 9:37 am #

    Oi ana. Meu inglês é intermediário e tenho certificação. Tbm tenho curso profissionalizante de manutenção e redes de computadores. Inclusive já atuei como professor de inglês e informatica. Como Vc acha q está de vagas para essas áreas? Sendo meu interesse estudar inglês e trabalhar meio periodo para ajudar as despesas. Quanto custaria em média o curso de inglês mensalmente? Muito obrigado

  165. Klisman novembro 4, 2015 às 1:49 am #

    Olá Ana, eu e minha esposa estamos planejando ir a Dublin daqui a no máximo dois anos, somos donos de uma barbearia e salão de beleza respectivamente e gostaria se tens uma noção de como está esse mercado, será que é viável trabalharmos nossas áreas?! Obrigado desde já.

  166. Lucas novembro 25, 2015 às 2:41 pm #

    Sou garçom, trabalho em um restaurante famoso em Curitiba Paraná,em 2017 estarei indo para Dublin de uma vezpor toda fazer. intercâmbio ,e posteriormente indo para cork .fazê um curso mas específico e um bom .lugar para pegar influência no inglês.

  167. Jonathas dezembro 4, 2015 às 1:48 am #

    Ana, boa noite, gostei muito do seu blog, ajuda muito, principalmente para nos que estamos com frio na barriga de ir, pois igual eu não tenho um inglês muito bom, e tenho uma vontade louca de morar fora do pais sem a pretensão de voltar tao cedo. Qual visto vc acha que seria melhor? Um de estudante, pois desejo melhorar tudo ai, da lingua a carreira, sei que nao será fácil, mas isso não me assusta. Iria tentar a cidadania europeia quando chegasse ai, pois aqui no Brasil esta MUITO complicado e burocrático. Queria ir no ano que vem, como faz pra ja ir conversando com empresas ai? Pois gerencio um supermercado e trabalharia em qualquer lugar de um supermercado, em qualquer área. Poderia me ajudar? Te fiz tantas perguntas né. Rs mas muito obrigado

  168. Lily dezembro 20, 2015 às 8:08 pm #

    Ana… gostaria muito de tirar algumas duvidas com vc. Seria possivel vc mevpassar seu facebbok?

    • Helenice janeiro 10, 2016 às 1:16 am #

      Querida Ana seria difícil arrumar um emprego aí de cuidadora de idosos tenho curso certificado e referências me responda no inox por favor fhelenice9@Gmail.com MT obrigada

  169. Miriam fevereiro 11, 2016 às 11:41 am #

    Bom dia, Ana.
    O meu filho recebeu uma proposta de emprega na área de TI, para trabalhar ai na Irlanda.
    Só que estou um pouco apreensiva, se ele vai conseguir o visto e como é a parte de moradia. Se é fácil alugar um imóvel.
    A empresa não passou ainda nenhuma informação sobre o salário, você tem uma ideia da faixa salarial que estão pagando na função de desenvolvedor de aplicativos?
    Fico no aguardo.
    Abraços.

  170. Sarah fevereiro 12, 2016 às 2:05 am #

    Olá, Ana. Muito interessante o seu post. Eu estou fazendo faculdade de Letras (Inglês e Português) com a licenciatura também.. Meu inglês é avançado já. Vale de algo ter a licenciatura para arrumar algum trampo relacionado ao português por aí? Obrigada!

  171. Barbara fevereiro 14, 2016 às 1:03 pm #

    Não sei se VC pode me ajudar. Eu sou casada,tenho filhos e gostaria de tentar uma mudança radical.por todas as “facilidades” cheguei a conclusão que a Irlanda seria o lugar mais “fácil” para isso. No caso se alguém que mora na Irlanda,me arrumar um emprego qualquer que seja, eu consigo fazer essa mudança com a família? Ou teria de ir por etapas.passar uma fase sozinha e Dps de anos leva los pra lá?

  172. Carlos Winkelstein fevereiro 17, 2016 às 11:35 pm #

    Oi Ana, tudo bem? Muito bom e elucidativo seu texto.
    Sou biólogo, tenho 47 anos, falo um inglês básico para intermediário e possuo passaporte alemão. Sei q a minha área é bem restrita, mas gostaria de me mudar (eu e minha namorada) pra Irlanda, não necessariamente Dublin. Quais as chances devido a minha idade e área? Obrigado e parabéns de novo.

  173. Oderlândia Torres da Silva março 28, 2016 às 11:09 pm #

    Olá! Não sou estudante, mas gostaria de ter uma experiencia de vida em outro pais; consigo algo para ter essa experiencia? (trabalho, não ligo, baba, faxina, açougue, lavar pratos em restaurantes…) Pego tudo, o que gostaria era somente de viver essa experiencia. Quanto ao idioma não falo absolutamente nada, porem poderia estudar. Se possível gostaria de uma dica, e a Irlanda foi uma escolha aleatória. Obrigada pelo artigo!

  174. Nicoli Neres abril 14, 2016 às 7:10 pm #

    Ana, boa tarde. Lhe enviei direct via instagram, espero que não se importe. Beijos.

  175. Elias andrade pimenta abril 26, 2016 às 7:35 pm #

    Olá sou elias andrade eu gostaria de conheçer algum amigo brasileiro que possa me orientar, até mesmo conseguir um trabalho para mim em Dublin, eu topo qualquer serviço pessoal por favor ajude mim 981233253 whatssap

  176. Jeane maio 17, 2016 às 7:33 pm #

    Eiii gostei muito do seu texto, você saberia me dizer como é trabalhar com moda ai em Dublin, digo por a mão na massa mesmo em fábrica com costura, bordado, arremate… tks

  177. doralicio ferreira lisboa maio 19, 2016 às 10:19 pm #

    olaamigos ta muinto dificio mora no brasil como tas as coisas sobretrabalho sou pintor de acabamento fino sera quetenho chace ai?? eoutras profisao

  178. Ana Paula julho 8, 2016 às 5:56 pm #

    Obrigada pelas dicas. Eu tenho uma dúvida, tenho inglês fluente, falo 4 línguas fluentemente, tenho graduação e pós graduação, trabalho no Brasil como professora de inglês e de francês, mas quero mudar de área. Gostaria de fazer faculdade fora. Você acha que se fizer um programa de estudo e trabalho consigo prestar uma faculdade e renovar meu visto após os 8 meses?

Trackbacks/Pingbacks

  1. Empregos para estudantes em Dublin | Sabaticando em Dublin - setembro 26, 2015

    […] disso, o post mais lido e mais comentado do blog Sabaticando em Dublin trata exatamente desse assunto. Como o texto é de […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: