Não quero voltar para casa tão cedo!

2 nov

Puxa vida, já estamos em novembro!  Já faz quase quatro meses que estou em Dublin. A vida corre bastante depressa quando vivida intensamente, né não?

Dei uma desacelerada nas postagens, especialmente depois que passei a viver mais a vida offline. Logo que cheguei aqui, ficava muito tempo na Internet falando com os amigos e familiares no Brasil, mas aos poucos, involuntariamente, o contato foi ficando mais espaçado também.

Conforme fui encontrando meu espaço no “meu novo país”, fui me sentindo mais à vontade, conheci pessoas especiais, fiz  novos amigos, descobri meus lugares preferidos em Dublin, descolei um trabalho para fazer uma graninha e, quando menos percebi, estava completamente integrada a nova vida.

Tenho muitas saudades do Brasil, especialmente dos meus pais, meus irmãos e minha afilhada e dos amigos mais próximos, mas estou adorando toda essa intensidade de emoções que tenho sentido. Não quero voltar para casa tão cedo!

Festa OktoberfestCerveja e salsichão alemães na Oktorberfest de Dublin

Salsicha Alemã na Oktoberfest

Vou tentar resumir o que aconteceu por aqui desde o último post . O mais importante foi que eu consegui um trabalho!

Sou nanny de um baby de nove meses. Não moro na casa da família e o trabalho não é full time, por isso não posso ser chamada de au pair. Cuido do bebê duas vezes por semana, das 8 horas da manhã até as 4 horas da tarde. Ele se chama Daniel, é lindo, tem uns olhos castanhos enooormes e é muito amável. Não dá trabalho nenhum, a não ser quando quer puxar os cabos de força da tomada!

A grana não é lá essas coisas, só dá mesmo para pagar as compras semanais e a cerveja do final de semana. Mas estou em busca de uma colocação melhor.

Por falar em cerveja, entre os dias 30 de setembro e 10 de outubro rolou a Oktoberfest de Dublin. Nos mesmos moldes da famosa festa de Munique, na Alemanha, porém menor, o evento estava lotado de gente bonita. Tinha comida e música típica alemã e muita diversão. A Oktoberfest foi uma das baladas mais animadas de Dublin, até agora.

O canecão de cerveja da foto acima custava €15.00 mas, se devolvesse ele vazio no final da noite, a organização devolvia €5.00. Como o pessoal ficava muito alcoolizado e acabava esquecendo-os por lá, teve gente que fez uma graninha devolvendo canecos.

Bom, vou parar por aqui pois o post está ficando muito extenso. Prometo voltar em breve para contar da minha viagem para Galway no último feriado bancário e sobre o Halloween, que aconteceu no final de semana passado.

Aguardem!

Uma resposta to “Não quero voltar para casa tão cedo!”

  1. Pri Fernandes novembro 5, 2010 às 11:53 pm #

    Deve ser uma saudade diferente quando se esta em Dublin, doída mas com aquele gosto de que vale a pena… Beijo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: