Festivais e pubs

4 ago

Quase duas semanas em Dublin e já conheci alguns lugares interessantes por aqui.

No primeiro final de semana, fui a um festival de verão em Dun Laoghaire (se pronuncia Dã Líri). Dun Laoghaire é uma região, a cerca de 40 minutos do centro de Dublin, de carro ou ônibus, de onde partem as balsas para a França e para a Inglaterra.

Estava um dia ensolarado e com temperatura amena. O “dlr Festival World Cultures”, como o nome diz, é um festival multicultural que reuniu artistas de diversas partes do mundo durante três dias: sexta, sábado e domingo.

Assisti apresentações musicais do sábado, entre elas as do Najib Soudani Group, do Marrocos, e do Alalé, grupo de Galway (Irlanda), com membros espanhóis e Irish.

Passei uma tarde muito agradável em companhia dos colegas espanhóis.

Festival Cultural de verão Dún Laoghaire

Numa cidade onde existem mais de mil pubs, desde os mais tradicionais até os mais modernos – a exemplo do The Church, instalado na antiga igreja de Santa Maria da Irlanda – , é óbvio que eu tinha que ir conhecer esses recintos de culto à cerveja logo de saída.

Fui dar umas voltas na famosa Temple Bar, área histórica restaurada recentemente e que hoje concentra os mais descolados bares, pubs e baladas da cidade.

Temple Bar Dublin

O bacana da Templo Bar é que você pode sair de um pub para outro e dali para uma balada e depois pra outro pub,  infinitamente. Caso nenhuma das atrações noturnas da região te agrade, você volta pra casa sem ter gastado nada.

Diferente de São Paulo, onde você tem que “pagar só para sorrir” em muitos lugares, em Dublin você pode ficar horas em um bar apenas apreciando a música sem nenhum garçom te incomodar.

Fiz isso no dia em que estive lá. Entrei em quase todos os pubs e baladas só para conhecer, mas com a variedade de opções é humanamente impossível não gostar de nada.

Quem estiver em Dublin em busca de diversão não pode deixar de conhecer a região do Temple Bar e também Dun Laoghaire!

5 Respostas to “Festivais e pubs”

  1. Vanessa Fontes agosto 4, 2010 às 1:41 am #

    Invejo você. Sempre tive vontade de ir morar fora e viver um tempo sem saber o que vem no dia seguinte. Boa sorte!! Vou acompanhar a aventura por aqui!!!

    • Eve Cathcart agosto 9, 2010 às 3:39 am #

      Curti seu blog bem dahora! eu to chegando dia 25 de agosto nao vejo a hora de sair por ai explorando dublin rs

  2. Uelyn - MalaPronta.com agosto 16, 2010 às 9:13 pm #

    Olá =)

    Nossa gostaria que aqui no Brasil você pudesse apenas visitar os barzinhos hehe como vc disse pagamos até para sorrir.

    curta muita sua viagem, Dublin é um lugar lindo =)

    Beijoss
    Uelyn

Trackbacks/Pingbacks

  1. Coisas inusitadas que se vê em Dublin « - agosto 7, 2010

    […] primeira vez que peguei ônibus em Dublin foi quando fui ao Festival em Dun Laogharie. Estava meio perdida por ainda não conhecer nada direito e, de repente, o ônibus estacionou. O […]

  2. Arthur’s Day e Culture Night « - setembro 23, 2010

    […] A maioria dos pubs de Dublin, não cobram nenhum tipo de taxa (já comentei sobre isso em post anterior) de admissão, mas no Arthur’s Day as coisas mudam. Incoerente […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: